8 de nov de 2011

Avatar

Chanclich


              Chanclich é um queijo-aperitivo feito a partir de coalhada seca ou ricota.
              A receita original, árabe, é feita com leite de ovelha ou de cabra, mas pode ser feita com o leite disponível na região.
              Colecionei algumas receitas ao longo dos anos e vou colocá-las aqui.
              Mas pesquisando imagens na internet, achei uma receita original, de familia e quem me acompanha sabe o valor que eu dou às receitas e aos momentos em familia, e não resisti: tive que trazê-la para cá. É a última receita desta postagem.
               A autora da receita é Neyd M M Montingel.
               E a postagem original da receita pode ser vista em FarmPoint.
               Se você quiser fabricar a receita original da Neyd, vale muito a pena acessar o link porque ela responde a muitas dúvidas nos comentarios. Eu transcrevi a receita porque quero achá-la fácil e muitas vezes acabo deletando os meus favoritos, rsrsrsrs.
               Aliás, com esta receita aconteceu isto. Tive que fazer a pesquisa para achar a receita original, usando uma imagem que eu tinha guardado no Picasa. Ainda bem que o Google permite carregar imagem para pesquisar!!!!


              Receita 1:

              - 2 l de leite;
              - 2 colheres (das de sopa) de iogurte natural ou coalho para iogurte.

              Ferva o leite, retire do fogo para abaixar a fervura, e torne a levar ao fogo para ferver uma segunda vez.
              Deixe amornar.
              Misture o iogurte ou o coalho, tampe e envolva em uma toalha de mesa grande.
              Deixe em lugar protegido por uma noite, sem mexer.
              Coloque um saco branco de sacaria dentro de outro e despeje este iogurte dentro, deixando o soro cair em uma bacia. Guarde este soro para outras preparações (bolos, pães, sucos...).
              Quando a maior parte do soro já estiver na bacia, pendure o saco em um varal, com um balde por baixo, e deixe entre 1 a 2 dias, para fazer uma coalhada seca.
              Unte as mãos com azeite e modele bolinhas, passando-as em ervas secas, pimentas secas ou em zattar, que você pode encontrar em emporios árabes.



              Receita 2:

              - 200g de queijo cremoso;
              - 200g de queijo fundido;
              - 200g de queijo meia cura;
              - 200g de queijo parmesão ralado;
              - 1 colher (das de sobremesa) de suco de limão;
              - 1/2 xícara (das de chá) de castanha do Pará picada;
              - raspas de gengibre e de casca de limão;
              - 3 a 4 colheres (das de sopa) de maionese;
              - 1 a 2 colheres (das de sopa) de creme de leite;
              - castanha de caju trituradas, sementes de gergelim ou sementes de girassol.

              Misture os 7ºª ingredientes, acrescentando a maionese e o creme de leite, aos poucos, até dar ponto para enrolar.
              Faça as bolinhas e passe nas castanhas ou sementes.



              Receita 3:

              - 500g de ricota processada;
              - 3 colheres (das de sopa) de zatar;
              - sal, pimenta siria e pimenta-do-reino a gosto;
              - 1 colher (das de chá) de pimenta calabresa seca;
              - um fio de azeite;
              - nozes moidas ou gergelim;
              - zattar ou alho deisdratado ou ervas secas.

              Misture a ricota, a primeira medida de zatar, o sal, as pimentas, o azeite e as nozes moidas ou gergelim.
              Modele as bolinhas, passe-as em zattar ou alho ou ervas secas, embrulhe-as em filme plástico e leve para gelar.
              Se preferir, coloque as bolinhas em vidros esterelizados e complete com azeite.



              Receita 4:

              - 3 l de leite;
              - 1 colher (das de sopa) de sal;
              - 2 colheres (das de sopa) de iogurte natural;
              - azeite;
              - 2 galhos de alecrim;
              - 1 pimenta dedo-de-moça;
              - 3 galhos de tomilho;
              - 2 dentes de alho laminado;
              - 2 folhas de louro;
              - sal a gosto.

              Ferva o leite, deixe amornar e misture o sal e o iogurte. Deixe coalhar por uma noite.
              Coloque em um pano de sacaria, dentro de um escorredor de massas, e deixe sorar por 72h.
              Modele bolinhas e coloque-as em um vidro esterelizado.
              Coloque o alecrim, a pimenta, o tomilho, o alho laminado, o louro e sal a gosto.
              Cubra tudo com azeite.



               Receita 5, tradicional:

              - 10l de leite de cabra pasteurizado, aquecido a 35º;
              - 5 gotas de coalho;
              - sal;
              - 1 colher (das de sopa) de pimenta calabresa em flocos;
              - zattar em pó, com sementes de gergelim;
              - bandeja grande de louça ou plástico;
              - saco de algodão muito limpo;
              - tule para cobrir o queijo enquanto é curado.

              Misture o coalho ao leite morno, coloque em pote de plástico ou de vidro com tampa e deixe descansar por 24h.
              Retire a coalhada, que deve estar com o soro de cor esverdeada, com auxilio de uma escumadeira.



              Passe a coalhada para o saco de algodão, previamente fervido e mergulhado no soro da coalhada.
              Amarre a boca do saco e pendure em lugar ventilado e deixe entre 24 e 36h, ou até a massa ficar firme, macia e seca.
              Passe para uma tigela grande, acrescente sal, amasse com as mãos e prove.
              Acrescente a pimenta calabresa, sove mais um pouco e deixe descansar por 2h.
              Faça bolas um pouco menores do que bolas de tênis. Elas irão diminuir durante o processo de cura.
              Coloque as bolinhas na bandeja e deixe por 24h.


              Passe no zattar, envolvendo as bolinhas completamente.
              Recoloque na bandeja, cubra com o tule para evitar insetos.


              Estes queijos devem receber sol direto por 30', 3 vezes por semana e por 3 semanas.Na falta de sol, use um ventilador, livre de poeira.
              Após os 30' de exposição ao sol, retire o azeite que se forma no fundo da bandeja e guarde para temperar carnes.
             Depois de 30 dias do inicio da fabricação, os queijos estão prontos para consumo.
             Devem estar menores, com uma camada de mofo esverdeado e um forte odor.
             Embale um a um, em filme plástico ou papél aluminio.
             Mais detalhes leia Chanclich - Queijo árabe picante.

Para ver outras receitas de queijos acesse o Índice 4.


0 comentários:

Postar um comentário

Sinta-se à vontade para comentar.
Se quiser usar os emoticons, isolados ou formando frases, basta copiar o código ao lado do emoticon escolhido ( :a , por exemplo).
Não se esqueça de colocar os dois pontos (:) antes de cada letra, senão os códigos não funcionarão.
Por exemplo:
Sejam bem-vindos!
S e j a m b e m - v i n d o s !
:S :e :j :a :m :b :e :m - :v :i :n :d :o :s !
Depois de publicado o emoticon(s) aparecerá(ão).

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p   :q   :r   :s   :t   :u   :v   :w   :x   :y   :z