12 de jan de 2012

Docinho de nozes


Docinho de nozes


              Esta é uma nova postagem, mas também é um complemento de uma outra postagem, Docinhos nozes fingidas, e aqui vou mostrar como modelar docinhos usando as cascas das nozes previamente preparadas.
              A massa de docinhos que eu fiz para mostrar este passo a passo, foi feita com avelãs, que era o que eu tinha em casa, mas é claro que pode ser feita com nozes, castanhas de caju, castanha do Pará e até avelãs.
             Como as cascas das nozes são rígidas, ao contrario da formas de pvc e de acetato, pensei que fosse encontrar dificuldades para desmoldar os doces. Mas foi muito fácil e rápido.
             E o que é melhor, posso guardar cascas de 10 nozes, 20 metades, em um simples frasco de plástico. Eu guardei as minhas em uma embalagem vazia de fermento em pó.

              Uma lembrança de infância: minha tia Teka costumava fazer tartaruguinhas com as cascas de nozes. Ela simplesmente amassava o papel fino que embalava os pães, preenchia as cascas com as bolinhas de papel amassado, puxando uma ponta para fazer a cabeça e os membros. Depois pintava dois olhinhos com caneta.
               A tia Teka era muito criativa. Ô saudades!!!!!!!!!!!



              Ingredientes:

              - 1 lata de leite condensado;
              - 1 gema;
              - 150 g de nozes ou avelãs torradas e despeladas;
              - 2 colheres (das de sopa) de farinha de trigo.

              Triture as avelãs, no liquidificador até formar uma farinha.
              Coloque em uma panela com os outros ingredientes.
              Use de preferência, uma panela de fundo grosso e faça o doce em fogo baixíssimo.
              Leve ao fogo, mexendo sempre até formar uma bola de massa.
              Se, mesmo com a panela de fundo grosso, começar a grudar no fundo, continue mexendo, mas sem raspar o fundo, para não formar pelotinhas.
              Passe a mexer puxando a massa e continue até dar ponto.
              Se você retirar a massa do fogo antes do tempo, o doce vai ficar mole e não poderá ser modelado.
              E se você quiser fazer profissionalmente, vale a pena comprar uma chapa difusora de calor para colocar entre a panela e a chama do fogão.
              Você pode fazer uma "noz" inteira ou metades de nozes.
              Na imagem que encabeça o post, as 3 nozes da frente são metades e as outras 3 inteiras.
              Passe a massa de doces para um prato untado e deixe esfriar.
              Depois de preparar as cascas das nozes como ensinado em Docinho nozes fingidas, pegue uma colher, das de sobremesa, de doce e coloque em açúcar.

Docinho de nozes


              Modele uma bolinha e pressione dentro de uma metade de noz.
              Para fazer só meia noz, acomode a massa, pressionando para preencher bem a casca.
              Com uma faca, remova o excesso de massa.
              Puxe delicadamente o doce, desmoldando da casca.
              Se o doce tiver sido cozido até o ponto de brigadeiro firme, ela vai ser facilmente modelado e se soltar sem perder a forma.
              E não vai precisar de filme plástico, como ensinado na postagem nozes fingidas, basta trabalhar com açúcar para o doce não grudar nem nas mãos, nem na casca de noz.
             Para fazer  uma noz inteira, pegue uma porção um pouquinho maior de massa de doce, modele uma bolinha, com o auxilio de açúcar refinado, para não grudar nas mãos, nem nas cascas.
             Pressione o doce na primeira metade da noz. Como você abriu as nozes em casa, procure guardar os pares que combinam entre si, para fazer um doce perfeito.
             Pressione a segunda metade da noz (a segunda casca), apertando até que as duas cascas encostem uma  na outra.
             Naturalmente que o excesso de massa vai sair pelas laterais.
             Retire este excesso de massa.
             Retire uma das casquinhas de noz.
             Desmolde o doce delicadamente.

              Se higienizadas e guardadas corretamente, você poderá usar as cascas, que iriam parar no lixo, por muito tempo.
              É só caprichar na higienização das cascas.

Para ver outras receitas de docinhos acesse o Índice 3.




Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


Nenhum comentário:

Sua opinião sobre o nosso espaço é muito importante.
Por isso sinta-se à vontade para registrá-la. Ou use esse espaço para tirar dúvidas ou deixar sugestões.
Seja sempre bem-vindo(a).