19 de jul de 2017

Broinha de fubá



Broinha de fubá 1

                Sempre gostei de broinha de fubá.
                Acho que é uma das receitas de forte apelo emocional, já que meus pais costumavam lanchar broinha de milho com refrigerante de laranja depois que colocavam seus filhos para dormir, já no começo de minha adolescência.
                Lembro que a última novela era proibida para nós (até que fizéssemos 12 anos) e algumas vezes papai comprava broinhas de fubá e refrigerante de laranja para eles lancharem enquanto assistiam à tv, quando sozinhos.
                Me lembro também de uma vez quando tive autorização para ficar acordada e compartilhar deste lanche e ver a novela. Me senti tão adulta!!!!!!
                É claro que no café da manhã elas também tinham presença garantida, pela leveza e sabor.
                Como a vida era mais simples e leve nesta fase!!!!!


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


12 de jul de 2017

Bolo cremoso de fubá



Bolo cremoso de fubá 1

                Bolos de fubá podem ficar ressecados com mais facilidade do que os feitos com outras farinhas.
                É claro que existem maneiras de deixar a massa mais úmida.
                Até que de vez em quando eu gosto de um bolinho de fubá mais seco. Com café quentinho fica ótimo.
                Mas em geral prefiro as massas mais úmidas.
                Esta massa feita com polenta doce como base é espetacular.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


5 de jul de 2017

Feijão com abóbora



Feijão com abóbora 1

                "Ninguém sabe tanto que não possa aprender e nem sabe tão pouco que não possa ensinar".
                Como isso é verdadeiro!!!!!
                Sou carioca e como tal, feijão preto sempre esteve presente em nossas mesas. Todo santo dia e dia santo também!
                Desde que aprendi a prepará-lo, coloco pelo menos um pedacinho de carne seca e toucinho fumeiro (bacon) para temperar. Você pode dizer que isso é feijoada, mas um pedacinho só faz uma feijoada????
                 E sempre amei, quando tinha abóbora cozida, amassar a abóbora e misturá-la ao feijão. Mas lá em casa sempre cozinhamos a abóbora descascada e em separado.
                 Ai me casei e descobri que minha sogra costumava cozinhar a abóbora com casca dentro do feijão. Acabei incorporando este hábito, já que meu (ex) marido gosta muito de comer a abóbora no feijão, incluindo a casca, que sempre deixei para ele.
                 Anos depois, quando meu irmão Auli casou, aprendi com minha cunhada Martinha a colocar algumas folhinhas de manjericão para aumentar o sabor.
                 Outros anos mais, e minha mãe aprende com uma amiga a colocar suco de maçã com laranja na feijoada para cortar a gordura e torná-la mais leve e mais digestiva.
                 Juntando todos estes novos aprendizados, meu feijãozinho de todos os dias foi ficando cada vez melhor.
                 Hoje eu estou morando em outro estado e o feijão preto foi substituído pelo carioquinha preparado apenas com linguiça calabresa, mas para matar a saudade...


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


28 de jun de 2017

Carne seca artesanal



Carne seca caseira 1
               
                É sempre bom saber como preparar em casa alguns ingredientes que usamos sempre.
                Comprar produtos processados industrialmente é muito prático, mas saber processá-los em casa também é.
                É o caso da carne seca.
                Hoje moro em uma cidade onde não é muito fácil encontrá-la em mantas, o que permite que escolhamos melhor o pedaço a comprar. As que já vem empacotadas são sujeitas a surpresas nem sempre agradáveis.
                Então resolvi pesquisar e descobri que é muito fácil prepará-las em casa, em pequenas quantidades. E é o tipo de coisa que você pensa: por que nunca fiz isso antes?????
                Talvez porque, morando no Rio de Janeiro, em qualquer feira-livre, que são diárias, você encontra carne seca de qualidade e variedade. Então nunca precisei prepará-las em casa.
                Enfim, eis aqui o resultado da minha experiência. Espero que ajude a muitos.
                A propósito: a diferença entre a carne de sol, a carne seca e o charque basicamente é a quantidade de sal e o tempo de cura (secagem da carne).
                É claro que a carne processada industrialmente deve levar outros tipos de conservantes, mas a preparada artesanalmente é basicamente isso: carne e sal.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


27 de jun de 2017

Armazém Fina Estampa



Armazém Fina Estampa 1



                O Receitas de todos nós é meu/nosso caderno de receitas virtual.
                A intenção é compartilhar boas receitas de família e levá-las sempre conosco.
                Por isso não costumo divulgar serviços ou sites, nem adicionar propaganda.
                Mas, família é família e a exemplo do que faço divulgando os trabalhos de minha prima Marisa e minha cunhada Fernanda, boleiras de mão cheia (vejam nos gadgets à esquerda), venho agora divulgar o site de meu filho Márion, que adquiriu uma franquia no ramo de camisetas.
                Há um grande número de estampas para escolher, todos os tamanhos e também a possibilidade de encomendar estampas personalizadas, seja apenas 1 ou um conjunto para abrilhantar qualquer evento público, familiar ou entre amigos.
                Visite o site Armazém Fina Estampa e acesse a página no Facebook e confira as ofertas.
                Ele terá todo prazer em atender ao seu pedido e prestar qualquer informação.
                Gratíssima pela atenção, Gisele.








Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


21 de jun de 2017

Arroz doce caramelizado



Arroz doce caramelizado 1

                 Esta receita me foi passada pelo meu amigo querido Bruno, que por sua vez achou a receita na internet e gostou muito.
                 De cara a receita me chamou a atenção pela cor, um caramelo lindo.
                 Depois a ideia de colocar açúcar caramelizado no arroz doce é perfeita porque deixa o doce menos doce e menos enjoativo e mais aceito por quem não é muito fã do doce.
                 A receita original você pode ver aqui.
                 Obrigada, Bruno. Deus te abençoe!


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros