2 de jan de 2013

Palmiers


Palmiers


              Esta é outra receita que faz muito sucesso. Durante alguns meses fiz muitos tipos de pães e biscoitos que minha mãe levava para vender no escritório em que ela trabalhava e os palmiers e pães de mel eram os líderes absolutos de vendas.
              Eu fazia a massa folhada em casa e gostava de abri-la bem fininha, o que resultava em um palmier que realmente desmanchava na boca. E eu tinha o cuidado de embalá-los em bandejinhas de isopor e filme plástico, o que garantia a qualidade do produto.
              Fazia varias bandejinhas por dia.
              Se você quer ter uma renda extra, é uma boa pedida!
              Se você só curte fazer uma boa culinária e encantar familiares e amigos é uma ótima pedida!
              E se você curte fazer presentes diferentes, é uma excelente pedida!


Palmiers


              Ingredientes:

              - massa folhada;
              - açúcar cristal.

               É claro que você pode comprar a massa industrializada, mas não é a mesma coisa.
              Abra a massa folhada em uma espessura bem fina, tendo o cuidado de já deixá-la no formato retangular.

Palmiers

              A sobras de massa folhada não podem se amassadas uma segunda vez e reabertas, porque elas perdem a capacidade de folhar. Por isso é importante já abrir o mais próximo possível do formato retangular.
             Marque levemente o centro da massa, com um palito. Levemente mesmo, só queremos uma sombra de risco para ajudar na hora de enrolar.
              Espalhe açúcar cristal por toda a massa e enrole, as duas extremidades, em direção ao centro. Junte os dois rolinhos bem no centro.
              Corte fatias de 1 a 1,5 cm e deite-as em uma assadeira, sem untar.
              As primeiras fatias eu cortei assim que enrolei, com a massa já bem maleável por causa do calor.
              Achei que ficaram grossas demais e ficou difícil cortá-las.
              Coloquei a massa, já enrolada, no congelador, por 30' e ai, sim, pude cortá-la sem dificuldades em fatias mais finas, o que resulta em um palmier mais delicado e saboroso.
              Antes de levá-los ao forno, torne a levar à geladeira.
              Leve ao forno alto, preaquecido e, quando estiverem douradas por baixo, vire-as com auxilio de uma espátula, para dourarem do outro lado.
              Quando dourarem dos dois lados, retire do forno e passe, imediatamente, para uma bandeja. O açúcar, quando esfria, faz com que os palmiers grudem na assadeira, o que vai fazer com que eles se quebrem. Retirando-os quentes da assadeira, não há mais este perigo.
              Deixe esfriar e embale.
              Se tiver que cortar as laterais e quiser aproveitar estas pontas, pincele gema de ovo e polvilhe açúcar cristal. Leve para assar e sirva.
             Ou coloque as aparas umas sobre as outras, mantendo as mesmas posições em que estavam ao serem cortadas e passe o rolo só para formar uma nova placa (veja em Massa folhada).



Massa folhada
 
              Massa folhada:

              - 500 g de farinha de trigo;
              - 2 gemas;
              - 2 colheres (das de sopa) de margarina;
              - 1 colher (das de chá) de sal;
              - 1 copo (tipo requeijão -200ml) de água gelada;
              - 300 g de margarina para folhar ou margarina em tablete ou manteiga.

              Amasse a farinha com as gemas, o sal, as 2 colheres de margarina e o sal.
              Dê liga com a água gelada.

               1-Sove a massa, com as mãos espalmadas, até formar uma massa lisa.
               Não aperte a massa entre os dedos porque isso vai deixá-la elástica.
               Sove-a fazendo movimentos de "empurrar e puxar" a massa com a parte mais "gordinha" da palma da mão. Deixe a massa descansar por 1 hora na geladeira.


Massa folhada
   
               2- Abra a massa com um rolo, deixando-a retangular.
               3- Espalhe 1/5 da margarina em metade da massa. Dobre a massa, da direita para a esquerda, conforme mostram as setinhas da foto.
               4, 5 e 6 - Dobre 1/3 da massa, da ponta em direção ao centro, conforme mostra a seta, e repita o movimento.
               7- Leve à geladeira por 1 h. Repita todo este processo mais 4 vezes, até terminar toda a margarina.
               Sempre que for abrir a massa novamente, tome o cuidado de colocar a dobra para o lado direito. Repare na foto abaixo para reconhecer o lado que deve ficar à direita.

              Quando fazemos a primeira dobra, depois de dar o formato retangular à massa, o lado direito fica "arredondado".
              E depois de feitas as duas dobras seguintes, o lado direito permanece arredondado e regular e o lado esquerdo, que corresponde ao lado da abertura fica irregular.

    Para ver outras receitas de biscoitos e petit-four acesse o Índice 7.

Receitas de todos nós


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


2 comentários:

Sua opinião sobre o nosso espaço é muito importante.
Por isso sinta-se à vontade para registrá-la. Ou use esse espaço para tirar dúvidas ou deixar sugestões.
Seja sempre bem-vindo(a).