5 de jun de 2013

Leite, farinha e amido de arroz


Leite, farinha e amido de arroz


                Tenho orado muito pedindo à Deus que mude muitas coisas em mim, inclusive meus hábitos alimentares.
                Nada radical, não quero deixar de comer alimentos que gosto, como carnes em geral e doces, mas quero mudanças em minha vida.
                Um dos hábitos difíceis de perder e que já consegui, foi o de comer alimentos ultraquentes.
                Arroz e feijão, por exemplo, eu colocava em um copinho assim que ficavam prontos.
                Esse hábito é péssimo porque, além de não mastigarmos corretamente, ainda comemos mais do que o necessário. E com certeza deve haver outras contraindicações.
                Mas estou meio perplexa com a quantidade de informações que estou absorvendo e dos novos hábitos que estou incorporando ao meu dia a dia.

                Farinha e gordura de coco são dois ingredientes que eu já conhecia desde a minha infância, mas que só incorporei aos meus hábitos recentemente.
                E agora a farinha, o amido e o leite de arroz.
                O leite de arroz eu nunca havia pensado em fazer.
                Resolvi testar fazer o amido e quando bati o arroz no liquidificador fiquei surpresa com a leveza do leite.
                Não devo substituir o leite de vaca.
                Não tenho intolerância à lactose e gosto muito de leite bem gelado, puro ou com achocolatado.
                 Mas em bolos, pães e outras preparações...




Leite de arroz 1


                Leite de arroz:

                - 2 xícaras de arroz integral ou branco cru, lavado e escolhido;
                - 4 xícaras de água filtrada;
                - água para cobrir o arroz.

                Lave 2 copos de arroz e cubra com água filtrada.
                Deixe de molho por 6 horas.
                Reserve os outros 4 copos de água para usar depois.

Leite de arroz 2

                Escorra o arroz, coloque em uma panela e acrescente os 4 copos de água reservados.
                Aqueça o arroz até que fique em uma temperatura pouca coisa mais quente do que a temperatura de mamadeira, calor suportável ao toque.
                Desligue o fogo e tampe a panela.
                Deixe descansar uns 5'.
                Bata no liquidificador e coe usando um pano de sacaria.
                Use o resíduo que ficou no pano para fazer cuscuz ou pudim.
                Dois copos, tipo requeijão, de arroz rendem um litro de leite.
                Guarde na geladeira por 2 a 3 dias.
                Para melhorar o sabor é possível misturá-lo com leite de oleaginosas e se usar avelãs ainda estará acrescentando cálcio ao leite. Misture a mesma quantidade de leite de avelãs e de leite de arroz.
                Se quiser, acrescente meia fava de baunilha ao arroz na hora de levá-lo ao fogo.
                Retire a fava antes de bater o arroz.




Amido de arroz

                Amido de arroz:

                - 3 copos de arroz branco ou integral;
                - 5 copos de água.

                Lave bem o arroz e deixe de molho por uma noite.

Amido de arroz

                Bata no liquidificador.
                Coe sobre um pano de sacaria e coloque o líquido obtido em um recipiente de vidro.
                Deixe decantar por algumas horas.


Amido de arroz 3

                Depois de 12h decantando há uma camada de cerca de 2cm de polvilho no fundo do pote, mas a água ainda esta turva. Pode decantar por mais 8h ou mais.
                O resíduo que ficou no pano, coloque em uma peneira e deixe secar por algumas horas e bata para fazer um pudim de arroz.
                Depois que o amido se depositar no fundo do recipiente, escorra a água e passe o amido para uma peneira forrada com um pano de sacaria.
                Deixe descansar por algumas horas e solte os torrões.
                Passe estes torrões por uma peneira, esfregando para que o amido vire um pozinho.
                O arroz não contém muito amido, por isso acho que só valeu pela experiência.
                Se precisar de amido, fécula ou polvilho sem glúten e não achar nos mercados, é melhor fazer de batata, aipim ou milho.




Farinha de arroz

                Farinha de arroz:

                Já fiz uma farinha de arroz, batendo tanto o integral, quanto o branco, no liquidificador sem deixar de molho.
                Desta vez resolvi testar a farinha deixando o arroz de molho por uma noite.
                Usei 3 copos de arroz.

Farinha de arroz

                Lave muito bem o arroz escolhido e cubra com bastante água.
                Deixe de molho por uma noite.
                Escorra e deixe secar sobre uma peneira, por algumas horas.
                Seque com um pano de sacaria.
                Bata no liquidificador e peneire, tornando a liquidificar todo resíduo que ficou na peneirinha.
                Use peneira de trama bem fina.


Para ver outras receitas sem glúten, curiosidades e técnicas acesse o Índice 1.
Para ver outras receitas de bebidas e genéricos acesse o Índice 3.





Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


6 comentários:

  1. Pois é a gente vai desenvolvendo habitos prejudiciais a saúde, tbem estou repensando e tentando trocar minha alimentação.
    Vim conhecer e já estou te seguindo......
    www.portodasreliquias.com

    ResponderExcluir
  2. @Denise Lemos:l É verdade, Denise.
    Não sou nem um pouquinho radical, mas estou sentindo que, ao satisfazer minha curiosidade preparando certos pratos, meus hábitos estão mudando lenta, mas significativamente.
    Acho que é a melhor mudança, talvez a única que permanece, porque vem naturalmente.
    Seja sempre bem-vinda, Denise.
    Visitarei teu site em breve. Beijos.:l

    ResponderExcluir
  3. Gi,

    Eu, por exemplo, não gosto de leite, quase nao como arroz, feijão... obrigada pela dica.

    Bjs

    ResponderExcluir
  4. @Sissym:l Oi, querida Si.
    É bom achar uma forma mais agradável ao nosso paladar do que as rotineiras, né?
    Assim, nos alimentamos com mais prazer.
    Beijão, linda. :l

    ResponderExcluir
  5. Muito obrigada pelas receitas. Foi o único lugar em que realmente encontrei um passo a passo disso! Muito obrigada mesmo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Orquidea.
      Eu que agradeço o teu carinho em comentar.
      Gosto muito de encontrar passo a passo completos, seja de artesanato, seja de receitas culinárias. Então quando sou eu quem ensina, também acho importante compartilhar de modo completo.
      Mais uma vez obrigada e seja sempre bem-vinda. 🌹

      Excluir

Sua opinião sobre o nosso espaço é muito importante.
Por isso sinta-se à vontade para registrá-la. Ou use esse espaço para tirar dúvidas ou deixar sugestões.
Seja sempre bem-vindo(a).