9 de abr de 2015

Ouriço de castanha de caju



Ouriço de castanha de caju 1

                Mais um docinho que não pode faltar em qualquer festa.
                O ouriço pode ser feito com nozes, castanha do Pará ou castanha de caju.
                Na verdade, pode ser feito com qualquer oleaginosa.
                Aqui está uma receita com castanha de caju e leite condensado.
                Em outra oportunidade farei uma receita do tempo de nossas avós: com calda de açúcar e sem leite condensado.
                Uma tão boa, quanto a outra!



Ouriço de castanha de caju 2

                Ingredientes:

                - 1 caixinha de leite condensado;
                - 1 gema;
                - 1 colher (das de sopa) de manteiga;
                - 1 xícara (das de chá) de farinha de castanha de caju.

                Misture todos os ingredientes e leve ao fogo, mexendo sempre, até soltar do fundo da panela.

Ouriço de castanha de caju 3

                Use panela de fundo grosso e fogo baixíssimo.
                E de preferência, colher de bambu ou de pau.
                Para testar o ponto separe um copo com água e coloque uma colherinha da massa.
                Se a água permanecer cristalina e a massa concentrada em um local, sem esparramar pelo fundo do copo, está no ponto de enrolar.
                Passe a massa para um prato untado e deixe esfriar.
                Unte as mãos e modele as bolinhas.


                Calda para caramelar:

                - 3 xícaras (das de chá) de açúcar cristal;
                - 2 xícaras (das de chá) de água;
                - 3 colheres (das de sopa) de vinagre de maçã;
                - 200 g de xerém de castanha de caju.

                Xerém é a castanha bem picadinha e é mais fácil encontrar xerém de castanha de caju, mas qualquer oleaginosa pode ser triturada como xerém.
                Coloque em uma panela, os três primeiros ingredientes misture bem leve ao fogo e deixe ferver até o ponto de caramelo (não mexer durante o tempo de fervura).


Ouriço de castanha de caju 4


                Quando atingir o ponto de caramelar a calda vai estar da cor de guaraná.
                Mergulhe cada docinho  na calda batendo na borda da panela delicadamente para escorrer o excesso de calda, passe pelo xerém e coloque em superfície forrada com papel manteiga untado.
                Passe rápido pelo xerém porque a calda endurece logo.
                Os docinhos devem estar em temperatura ambiente para passar na calda.
                Caramelize os doces no dia da festa ou no máximo 24 h antes.
                A calda começa a dissolver depois deste tempo.

Para ver outras receitas de bombons e docinhos para festas acesse o Índice 3.






Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


Nenhum comentário:

Sua opinião sobre o nosso espaço é muito importante.
Por isso sinta-se à vontade para registrá-la. Ou use esse espaço para tirar dúvidas ou deixar sugestões.
Seja sempre bem-vindo(a).