14 de out de 2015

Tabule 3M, da Marine



Tabule da Marine 1

                Esta receita é da Marine, mas, para variar, quem posta sou eu.
                Na verdade, ela publicou esta receita em seu extinto blog Filosofia de Banheiro & Cia II, em 25 de fevereiro de 2012.
                Na ocasião ela fazia um curso de técnico em nutrição, na Etec.
                Por que ela mesma não publica aqui?
                Porque ela gosta da parte de produção e não tem muita paciência para montar as imagens, não, apesar de ser muito criativa na cozinha.
                Além disso, esta semana ela faz aniversário, no dia 16, e este é um presente para ela.
                Feliz aniversário, lindona!
                Mamãe te ama muito.
                E agora a introdução dela no Filosofia.
                Ah! Lá no Filo ela nem colocava parágrafos, rsrsrsrs.
                Vamos respeitar, né?
                Mas é mais um motivo para eu assumir as publicações por aqui.
                E por que 3M?
                Por ela mesma e seus irmãos, Marsele e Márion, minhas bençãos e tesouros. Batizar a sua receita de 3M mostra que o amor que os meus 3 lindões sempre sentiram um pelo outro era e é intenso!!!!
                Obrigada, Senhor, por estes tesouros que o Senhor confiou a mim!
                E obrigada pela vida do meu pai, Auli Senior, que hoje completa mais um ano de vida, começando um novo ano!!!!
                Deus os abençoe, meus amores!

"Olá galerinha gente boa que curte esse espaço insano...
Ontem a gente teve a primeira aula prática na Etec e posso afirmar que foi um sucesso!
A fessora de Planejamento Alimentar está ensinando sobre nutrição da gestante e essa semana em especial ela ensinou sobre os desconfortos na gestação e quais formas de preveni-los ou diminui-los através da alimentação.
O meu grupo ficou com a parte de gestantes que tem Pré- eclâmpsia e Diabetes, eu pensei que era para fazer uma única receita para ambas doenças (rsrsrs) e não uma receita para cada, então quebrei a cabeça, pentelhei a minha mãe (que é quase uma nutricionista... que não segue muito o que diz, mas saca muito do assunto), fiquei até 3 da madruga, mas consegui!!! E não só consegui, como também adaptei uma receita tradicional, que foi um mega sucesso na aula.
Por isso, estou colocando-a aqui para que vocês possam se deliciar com essa dica super nutritiva, fácil de fazer e barata (a receita é para 10 pessoas e eu gastei menos de R$ 8,00). Lá vai:





Tabule da Marine 2

                Ingredientes:

                - 300g de trigo para quibe;
                - 2 tomates médios;
                - 1 pepino;
                - cheiro verde;
                - hortelã e limão a gosto (eu coloquei 1 limão e 1/2);
                - 100g de xerém de castanha de caju (castanha picada);
                - 1 cebola pequena;
                - 2 cenouras pequenas ou 1 média.

                Coloque o trigo para quibe de molho em 2 litros de água quente por 30 min (até que dobre de tamanho).
                Escorra em uma peneira ou escorredor de massas forrado com um pano de sacaria, jogue água fria (para esfriar mais rápido o trigo) e escorra bem, torcendo o trigo com o pano para sair toda a água.

Tabule da Marine 3

                Pique o tomate, a cebola, o cheiro verde e a hortelã e reserve.
                Rale a cenoura e o pepino (se quiser pode apenas picar o pepino, eu prefiro ralado pois muita gente não gosta de comer as sementinhas do pepino e assim ralado elas somem) e misture ao trigo hidratado.
                Misture os outros ingredientes e tempere com o suco de limão à gosto.

Pronto! Já pode comer...

Você pode deixar por até 2 dias na geladeira, mais do que isso o trigo começa a soltar água e fica um troço meio esquisito.
Bon Appetite!

Ah, essa receita por ter quase 0 (zero) de sódio (pois a cebola tem sódio) é indicada para quem tem pressão alta (mas coma com moderação), e também contém potássio, que ajuda a eliminar o sódio do organismo e o pepino que é rico em água, o que auxilia a diminuir a retenção de líquidos (muito comum em quem ingere muito sal);
E para quem tem diabetes ou tendência a diabetes, o trigo para quibe além de ser rico em fibras, é um carboidrato complexo (de digestão mais lenta) que ajuda a manter os níveis glicêmicos mais estáveis (sem muitos picos de elevação e queda), além de manter a pessoa saciada por mais tempo. E o xerém de caju ajuda na cicatrização, por ser um alimento construtor (que constrói os tecidos e células do nosso organismo), além de ser fonte de proteína, repondo a proteína que a pessoa com hipertensão perde através da urina.
Ah, e o limão no lugar do vinagre ajuda a diminuir o enjoo e a azia que as gestantes sentem principalmente no primeiro trimestre de gestação (o vinagre costuma aumentar a azia).

Espero que tenham gostado das dicas... Até a próxima..."
Para ver outras receitas com legumes ou grãos acesse o Índice 4.






Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


Nenhum comentário:

Sua opinião sobre o nosso espaço é muito importante.
Por isso sinta-se à vontade para registrá-la. Ou use esse espaço para tirar dúvidas ou deixar sugestões.
Seja sempre bem-vindo(a).