6 de out de 2010

Glacê real



Glacê real 1

                Cresci vendo a minha avó materna cobrindo e decorando bolos com este glacê.
                Ela sempre nos dava uma porção deste glacê enquanto ainda estava trabalhando e o glacê ainda estava cremoso.
                Éramos muitas formiguinhas rondando a mesa e esta era a forma que ela encontrou para que a deixássemos trabalhar.
                Difícil dizer de qual gostávamos mais, se o glacê ainda cremoso ou já durinho depois de secar por algumas horas.
                Pensando bem, para que escolher??????



Glacê real 2

              Ingredientes:

              - 1 clara;
              - suco de 1 limão;
              - 500 g de açúcar de confeiteiro;
              - opcional: 1/2 colher (das de sobremesa) de ácido cítrico.

             O ácido cítrico, em geral, é o substituto do suco de limão, mas gosto muito de fazer o glacê só com o suco.
             Mas o ácido cítrico deixa o glacê mais sequinho.
             Então eu optei por incluir 1/2 colher de ácido cítrico.
             Para colorir pode-se usar corante em gel (1), corante líquido (2) ou corante em pó (3).

Glacê real 2

            
             Peneire os ingredientes secos porque tanto o açúcar de confeiteiro, quanto o ácido cítrico costumam empedrar.
             Acrescente a clara de ovo, o suco de limão e bata por 8' a 10'.
             Pode colocar corante a gosto ou separar porções do glacê e tingi-las separadamente, de acordo com a necessidade.
             O glacê deve ficar pastoso o suficiente para passar com facilidade pelo bico de confeitar e firme o suficiente para não perder a forma modelada pelo bico de confeitar.
             Se ficar muito mole, acrescente mais açúcar.
             Se ficar muito firme acrescente mais suco de limão ou água filtrada, às colheradas.
             Enquanto você trabalha com o saco de confeitar, mantenha a tigela com o restante do glacê coberta com pano de prato úmido, porque o glacê resseca em contato com o ar.
             Ou guarde em potes bem fechados.



Glacê real 3

                Se você estiver fazendo o glacê para fazer flores ou decorações usando manga de confeitar, separe o glacê em porções de acordo com as cores que vai precisar.

Glacê real 4

                Aqui eu comecei a usar corante líquido e como não cheguei no tom desejado, completei com corante em pó, para não perder o ponto do glacê.
                Coloquei os glacês coloridos em mangas de confeiteiro, com bico pitanga, bico folha e bico perlê, este último para fazer o miolo das flores.
                Esta é a florzinha mais fácil.

florzinha 1

                Basta pressionar a manga de confeitar perpendicularmente na área a ser coberta com as flores e pressionar até alcançar o tamanho desejado.
                Também é possível fazer sobre papel manteiga e deixar secar por 24 h. Depois é só aplicar no doce com uma colinha culinária ou com um pouco de glacê.
                As mangas de confeiteiro que não estiverem sendo usadas também devem ser protegidas com um paninho de prato umedecido para que o glacê não seque, entupindo o bico.
                Faça os miolos e as folhinhas.


florzinha 2


 
               Glacê real para flores:
               Receitas de mãe

               - 6 claras;
               - 2 colheres (das de café, bem cheias) de ácido cítrico;
               - 600 g de açúcar de confeiteiro peneirado.

              Na batedeira, em velocidade baixa, bata as claras e vá acrescentando o açúcar.
              Aumente a velocidade e junte o ácido cítrico.
              As flores devem secar por 24 h e podem ser guardadas por 6 meses.
              Para fazer rosas, a posição do bico para as pétalas é com a parte fina para cima em relação ao armador.
              Depois de secas, guarde as flores em caixas de papelão bem fechadas.

Para ver outras receitas de bolos, caldas, recheios e coberturas acesse o Índice 2.




Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


10 comentários:

  1. amei vou tentar:I

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tente, sim, que é muito fácil de fazer e de corrigir se não der ponto de primeira. Em cidades de clima mais úmido é preciso colocar um pouco mais de açúcar e só.
      Sucesso e muito obrigada pelo comentário.

      Excluir
  2. mais depois o glacê nao dereti nao? pq ja vi mt glacê dereter ou fica com a cosistencia mole depois de algum tepinho.:S

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rsrsrsrsrsrsrs
      Derrete não, Renata.
      Cresci vendo minha avó materna preparando este glacê.
      O que acontece em muitos casos, é que a clara pode ser um pouco maior do que o padrão ou se colocou suco de limão demais e o glacê fica mole.
      Também pode acontecer do clima da cidade ser muito úmido (isso atrapalha, sem dúvida) ou o bolo foi colocado na geladeira ou perto de água. Aí, mesmo o glacê no ponto certo vai derreter.
      Para evitar isso, se a cidade onde você mora for muito úmida, aumente a quantidade de açúcar e use açúcar impalpável, que tem uma pequena porção de amido na composição.
      E tome cuidado com a umidade da geladeira e qualquer fonte de umidade perto do bolo.
      Beijos.

      Excluir

Sua opinião sobre o nosso espaço é muito importante.
Por isso sinta-se à vontade para registrá-la. Ou use esse espaço para tirar dúvidas ou deixar sugestões.
Seja sempre bem-vindo(a).