8 de out de 2010

Maçãs do amor




              Ingredientes:

              - 6 maçãs;
              - 1 colher (das de chá) de cremor de tártaro;
              - 2 copos (tipo requeijão) de açúcar cristal;
              - corante bordeaux;
              - 1 copo (tipo requeijão) de água;
              - 1/2 copo (tipo requeijão) de glucose;
              - opcional: 1 colher (das de sopa) de vinagre de maçã

              Higienize as maçãs e seque-as muito bem.
              Coloque o açúcar, o corante e a água em uma panelinha.
              Junte o cremor de tártaro, a glucose e, se quiser, o vinagre.


              O cremor de tártaro ajuda a calda a chegar n ponto certo e a maçã a não ficar melada.
              O vinagre ajuda também a dar ponto e um pouquinho mais de durabilidade à calda.
              Enquanto a calda chega no ponto, unte uma assadeira ou bandeja, forre com papel manteiga e unte o papel manteiga também com manteiga.
              Espete cada maçã, já devidamente higienizadas e seca, em um palito de sorvete e reserve.
              Nunca use maçãs geladas. Elas vão "suar" enquanto chegam em temperatura ambiente, estragando o trabalho, e a temperatura baixa vai fazer a calda da panela perder o ponto.


                Deixe a calda ferver até chegar em ponto de bala dura.
                Para testar o ponto coloque um pouquinho de água em um recipiente e junte algumas pedrinhas de gelo.
                A calda vai espumar logo no começo da fervura. Neste ponto abaixe o fogo e deixe ferver.
                Quando as bolhas estourarem mais devagar e a calda parecer mais grossa, pegue uma pequena porção, sem mexer demais na panela, e despeje no recipiente com água gelada.
                 Junte com a ponta dos dedos, formando uma bolinha.
                 Se ao retirar a bolinha da água, ela se desmanchar, a calda deve ficar mais tempo no fogo.
                 Se ela mantiver a forma de balinha, está no ponto.
                 Mergulhe cada maçã na calda, cobrindo-a totalmente.
                 Levante a maçã e deixe escorrer o excesso de calda.
                 Coloque a maçã sobre o papel vegetal, segure por alguns segundos para fixar a maçã no lugar e deixe esfriar.


                Solte as maçãs do papel e sirva a seguir ou embale em saco plástico.
                Embaladas em plástico elas duram entre 12 a 16 h fora da geladeira.
                A calda serve para cerca de 10 maçãs médias.
                Se a calda endurecer durante a caramelização das maçãs, religue o fogo apenas para aquecer levemente e continue a banhar as maçãs.

Para ver outras receitas com chocolate, docinhos e docinhos de cantina acesse o Índice 3.




Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


2 comentários:

  1. comecei a ver agora ...encontrei tantas receitas que procurava a muito tempo...e nao vejo a hora de testar...assim que fizer venho postar de novo...bjxxx e fike com Deus
    Mirian:a

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiquei imensamente feliz com teu comentário, Mirian.
      Sinta-se em casa e fique à vontade para entrar em contato até por e-mail ou formulário de contato. Os endereços estão no alto do blog.
      Sempre gostei de aprender e compartilhar o que aprendi.
      Te aguardo, bjs.

      Excluir

Sua opinião sobre o nosso espaço é muito importante.
Por isso sinta-se à vontade para registrá-la. Ou use esse espaço para tirar dúvidas ou deixar sugestões.
Seja sempre bem-vindo(a).