18 de jan de 2011

Molhos de pimenta



Molhos de pimenta


              Receita 1:

              - 500 g de pimentas malagueta;
              - 2 cebolas;
              - 100 g de gengibre;
              - 100 g de camarões secos lavados;
              - 1 xícara (das de chá) de azeite de dendê;
              - 1 colher (das de sopa) de sal.

              Lave e retire os talos das pimentas.
              Bata, no liquidificador, com as cebolas, o gengibre e os camarões.
              Coloque em uma panela, acrescente o dendê e o sal e leve ao fogo até apurar.




Molho de pimenta

              Receita 2:

              - 500 ml de vinagre de vinho tinto;
              - 100 g de pimentas dedo-de-moça;
              - 50 g de pimentas malagueta;
              - 1 maço de salsa;
              - 1 cebola;
              - sal a gosto;
              - 250 g de massa de tomate;
              - 3 dentes de alho;
              - azeite de oliva a gosto;
              - folhas de louro;
              - cravos da Índia.

              Bata, no liquidificador, o vinagre, as pimentas, a salsa, a cebola e o sal.
              Acrescente a massa de tomate, os dentes de aho e o azeite e bata mais um pouco.
              Coloque as folhas de louro e os cravos em um vidro esterelizado e coloque o purê de pimentas.
              Se quiser, leve a receita para apurar no fogo, mas é opcional.
              O meu eu levei ao fogo para reduzir e encorpar.



              Receita 3:

              - 1 pacote de pão de formas;
              - 1 l de leite;
              - 2 colheres (das de sopa) de oleo);
              - 1 cebola ralada;
              - 2 pimentões vermelhos picados;
              - 6 pimentas dedo-de-moça sem sementes;
              - 1 colher (das de sopa) de sal;
              - 2 colheres (das de sopa) de manteiga.

              Demolhe o pão de forma no leite. Coloque no liquidificador e bata.
              Leve ao fogo, a cebola, os pimentões e as pimentas e deixe apurar por 10'. Bata no liquidificador
              Misture o creme de pão ao refogado e torne a levar ao fogo com o sal e a manteiga, mexendo até aparecer o fundo da panela.



              Receita 4:

              - 750 ml de vinho branco seco;
              - 3 xícaras (das de chá) de pimenta dedo-de-moça;
              - 2 xícaras (das de chá) de pimenta malagueta;
              - 20 pimentas de cheiro, verdes;
              - 12 dentes de alho;
              - 3 colheres (das de sopa) de sal;
              - 4 colheres (das de sopa) de azeite.

             Afervente as pimentas, separadamente, e escorra.
             Bata, no liquidificador, com os ingredientes restantes e guarde em vidros esterelizados.




              Receita 5, molho de pimenta baiano:

              - 2 xícaras (das de chá) de pimenta comari;
              - 2 xícaras (das de chá) de pimenta malagueta;
              - 3 xícaras (das de chá) de pimenta dedo-de-moça;
              - água suficiente para cozinhar;
              - 2 1/2 xícaras (das de chá) de azeite de dendê;
              - sal a gosto.

              Limpe as pimentas, tirando os talinhos e usando luvas.
              Cubra com água e cozinhe, em fogo baixo, por 3 h.
              Vá macerando, de vez em quando, com um socador, e acrescentando água sempre que nacessario.
              Ao macerar as pimentas, cubra nariz e boca com um pano duplo e não olhe diretamente para a panela, porque pode irritar olhos, nariz e boca.
             Quando estiverem cremosas, acrescente o dendê e o sal.
             Deixe esfriar e envaze.





              Receita 6, pasta de pimentas:

              - 1 quilo de pimenta dedo-de-moça;
              - 1 quilo de tomate;
              - 200 gramas de cebola;
              - 20 gramas de sal;
              - 2 gramas de ácido cítrico;
              - 20 ml vinagre balsâmico;
              - 30 ml azeite de oliva;
              - cheiro-verde a gosto.

              Coloque o azeite na panela e refogue a cebola. No liquidificador, vão os tomates com um pouquinho de água, só para bater. Então, acrescente a pimenta.
              Deve-se triturar até que a mistura fique bem desmanchada.
              Pegue essa pasta e coloque junto com a cebola refogada.
              Leve ao fogo e quando levantar fervura acrescente o sal e o ácido cítrico.
              Mexa bem, até que a mistura fique pastosa.
              Então, acrescente o cheiro-verde e o vinagre.
              E está pronta a pasta de pimenta.






              Conservas de pimentas:

              - vinagre de vinho tinto;
              - pimenta de cheiro vermelha e verde;
              - pimenta cumari;
              - pimenta murupi amarela;
              - pimenta malagueta verde e vermelha;
              - sal.

              Você pode usar quantos tipos de pimentas desejar e quanto mais coloridas, melhor.
              Lave cada tipo de pimenta por sua vez, em muita água corrente.
              Coloque-as de molho, ainda separadas, em vinagre com sal, por 24 h, em potes fechados e na geladeira.
              Arrume-as em vidros esterelizados, alternando camadas de pimentas, deixando bem colorido e harmônico.
              Despeje o vinagre de todos os potes sobre as pimentas. Complete com mais vinagre, feche e leve à geladeira por mais 24 h.
              No dia seguinte, torne a completar o nível de vinagre que, a esta altura, já terá baixado.
              Não acrescente azeite. Sómente na hora de servir, retire porções de pimentas, amasse-as e acrescente azeite a gosto.

    Para ver outras receitas de molhos e temperos caseiros acesse o Índice 4.




Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


2 comentários:

  1. Goste muito da Conservas de pimentas, ficou show.
    Valeu.......

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Wolfarth. Coleciono receitas há anos e amo dividí-las. Seja sempre bem-vindo. Acabo de voltar do teu blog. Amei. Abraços.

      Excluir

Sua opinião sobre o nosso espaço é muito importante.
Por isso sinta-se à vontade para registrá-la. Ou use esse espaço para tirar dúvidas ou deixar sugestões.
Seja sempre bem-vindo(a).