17/03/2011

Maioneses e chantilly salgado


Arraste a setinha abaixo e use-a como marcador durante a leitura da receita ou das listas de índice.     
Maionese caseira

              Há muitos anos, minha mãe, d. Edinha, aprendeu uma receita deliciosa de empadão que era tão simples, quanto maravilhosa. Levava apenas um vidro de maionese e farinha de trigo suficiente para dar ponto.
              A massa ficava perfeita, Tipo massa podre, aquela que esfarela na boca, (nhãm, nhãm, nhãm,...).
              Mas, infelizmente, as marcas famosas daquele tempo (década de 70) mudaram as fórmulas de seus produtos e o resultado hoje nem de longe se assemelha àquele... Sabe aquele... que nos fazia suspirar.
              Então o jeito foi aprender a fazer maionese em casa. Afh!!!!!!! É muito simples, mas muito complicado ao mesmo tempo. Embora sejam poucos os ingredientes, essa é uma daquelas receitas que devem ser feitas com calma e atenção.

              Vou colocar pelo menos 3 receitas aqui. A primeira é a tradicional, com azeite ou oleo. E mais uma versão light, sem ovos e com leite e outra com ervas. Mãos à obra.

              Ah! E para fazer o empadão, a primeira receita é a melhor. Você também vai conseguir fazer uma torta salgada muito gostosa com a receita de maionese de leite, mas a textura da massa será outra, ficará mais crocante e longe da massa podre.




              1- Maionese 1:

              - 2 gemas cruas;
              - 240 ml de azeite ou 400 ml de óleo (±);
              - suco de 1/2 limão;
              - sal e pimenta do reino a gosto.

              Como você já deve ter notado, as quantidades de azeite e óleo são diferentes. Isso porque o azeite emulsiona mais rápido e com mais força. Ou seja, com menos azeite é mais fácil, rápido e saudável fazer a maionese. Você vai precisar de uma quantidade menor para um resultado maior.
              Agora vamos para o segredinho da maionese, pelo menos aquilo que eu observei, você pode fazer a maionese tanto no liquidificador, quanto na batedeira, mas como o liquidificador é para deixar as preparações líquidas, é mais fácil errar o ponto. Por isso, prefiro usar a batedeira. Já desandei muita receita fazendo no liquidificador.
              Não perdi a receita porque a massa podre é basicamente gordura e farinha e, às vezes uma gema de ovo. Mas para fazer saladas e patês esta maionese desandada já não serviria.
              Outro segredinho: se você colocar o líquido, suco de limão, junto com a gema, você vai atrapalhar o crescimento da gema, a emulsão. Como a maionese é uma emulsão, prefiro colocar os líquidos mais para o final.
              Misture o limão, o sal e a pimenta e reserve.
              Coloque as gemas na batedeira e comece a bater. Quando as gemas mudarem de cor e começarem a crescer, comece a acrescentar o azeite ou o óleo. Como já falei, prefiro o azeite, já que preciso de uma quantidade menor e, além disso, as gemas vão render uma quantidade maior de maionese. Coloque o azeite em um fio continuo e fino. Lembre-se que muito líquido de uma só vez interrompe o processo de emulsão.
              Quando a maionese chegar em uma textura bem encorpada, desligue a batedeira e acrescente a mistura de limão.


Maionese caseira
        
               Maionese no liquidificador

               Essa eu aprendi há pouco tempo.
               Quando resolvi aprender a fazer maionese em casa elegi a batedeira como ferramenta de trabalho.
                Mas vendo uma aulinha pela tv, descobri para quê serve a tampinha menor do liquidificador.
                Não me leve a mal.
                Sempre compramos maionese industrializada e nosso liquidificador servia para fazer vitaminas, sucos e sopas creme.
                Só senti necessidade de aprender a fazer maionese caseira quando as empresas que fabricam maionese mudaram as fórmulas e a maionese já não servia para fazer meu empadão.
                Bom, sem mais delongas vamos ao passo a passo.
                Separe 2 gemas ou 2 ovos cozidos ou 2 ovos inteiros.
                Fiz dos 3 modos e todos deram certo.
                Misture o suco de limão com uma colher, das de chá, de pasta de alho e uma colher, das de café, de sal.
                 Coloque os ovos (ou só as gemas) e a mistura de suco de limão no liquidificador.
                 Vire a tampinha central da tampa do liquidificador e torne a encaixá-la no lugar. É por ai que o oleo ou azeite vai ser despejado, caindo na hélice e em um fio continuo, graças ao pequeno furo desta tampinha..
                 Ligue o liquidificador no mínimo e comece a acrescentar o óleo ou azeite.
                 Continue despejando o óleo ou azeite até que a maionese esteja encorpada.
                 Não deixe passar do ponto para que a maionese não desande.




Recuperando maionese desandada

             Se a maionese desandar passe a maionese talhada para uma tigela e leve-a ao congelador por cerca de 30'.
             Bata na batedeira até que fique cremosa.
             Mas não bata além deste ponto porque ela vai desandar novamente.





              2- Maionese com ervas:

              - 1 ovo;
              - 1 colher (das de sopa) de suco de limão;
              - 3/4 xícara (das de chá) de óleo;
              - 1 colher (das de chá) de mostarda;
              - 1 colher (das de chá) de mel;
              - 4 cebolinhas verdes picadas;
              - 1 colher (das de sopa) de salsinha;
              - 1/2 colher (das de chá) de estragão seco.

              Coloque o ovo e o suco de limão no liquidificador, velocidade baixa, e comece a acrescentar o óleo, em um fio continuo e fino. Bata até encorpar e virar um creme grosso.
              Transfira para um pote e misture os ingredientes restantes.




              3- Maionese de leite:

              - 200 ml de leite hipergelado;
              - 400 ml de óleo ou azeite (±);
              - 3 dentes de alho bem amassados;
              - sal.

              Leve o leite para gelar até começarem a ser formar cristais de gelo. É a temperatura do leite que vai dar a cremosidade.
              Coloque na batedeira ou no liquidificador e comece a bater. Quando começar a encorpar, comece a colocar o óleo/azeite, em um fio continuo.
              Acrescente o alho socado e o sal. Bata até atingir a textura cremosa.
              Esta receita é uma boa opção para se preparar salpicões ou outras saladas.




              4- Chantilly salgado:

              - 1 xícara (das de chá) de creme de leite fresco;
              - 3 colheres (das de sopa) de mostarda em pasta;
              - 2 colheres (das de sopa) de salsa picada;
              - sal e pimenta do reino a gosto.

              Gele o creme de leite até quase congelar.
              Coloque na batedeira e bata até virar chantilly, mas nos minutos finais acrescente a mostarda e, depois, os outros ingredientes. Sirva como patê ou decore tortas salgadas, com auxilio de saco de confeitar.

    Para ver outras receitas de molhos e temperos caseiros acesse o Índice 4.




Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros

Sua opinião sobre o nosso espaço é muito importante.
Por isso sinta-se à vontade para registrá-la. Ou use esse espaço para tirar dúvidas ou deixar sugestões.
Se desejar incluir uma imagem de uma receita testada ou vídeo ou mesmo usar um emoticon, basta colocar a url da imagem ou vídeo no texto do comentário.
Para achar a url clique na imagem ou vídeo com o botão direito do mouse e depois clique em "Copiar endereço da imagem".
Imagens, vídeos ou comentários ofensivos não serão publicados. Discordar é saudável, ofender não.
Propagandas e links externos também não serão publicados.
Seja sempre muito bem-vindo(a).

Nenhum comentário: