20 de abr de 2011

Pudim de coco do Auli Junior



Pudim de coco 1


              Essa receita é uma das especialidades de meu irmão Junior.
              Quando ele faz este pudim, qualquer outra iguaria servida no mesmo dia torna-se mero coadjuvante.
              É um tal de suspirar daqui, suspirar dali, antecipando o prazer do pudim de coco.
              E se vocês quiserem ofender profundamente o meu maninho (ele é super gente boa, o irmãozão que todo mundo quer ter) é só sugerir que ele use coco ralado industrializado.
              Ele é do tipo que curte escolher o coco seco, quebrá-lo e, bem, não vamos exagerar. Acho que ele não rala mais com o ralador, não. Mas ele é bem deste tipo, que se preocupa com os detalhes que fazem um simples pudim de coco, O PUDIM DE COCO, do Junior, é claro.




Pudim de coco 2


              Ingredientes:

              - 1 coco seco ralado;
              - 2 caixinhas de leite condensado;
              - 2 caixinhas (medida) de leite de coco;
              - 6 ovos;
              - 1 colher (das de sopa) de essência de baunilha;
              - 1 colher (das de sopa) de maisena.

              Descasque e rale o coco, no ralo mais grosso ou no mais fino, e reserve.

Pudim de coco 3

              Coloque os ingredientes restantes no liquidificador e bata.
              Misture o coco batido à massa, despeje em forma caramelada e leve ao forno, em banho-maria, por 1 h 30', ou ao micro, por 15', ou coloque a forma dentro de um escorredor de massas e cozinhe o pudim no vapor, na chama do fogão por 50' ou se você tiver uma panela de pressão que comporte a sua forma de pudim, asse o pudim na panela de pressão por 20' contados a partir do início da fervura (quando começar a chiar).
              Se você é da turma que gosta de pudim com muitos furinhos, cozinhe-o no vapor ou na panela de pressão.
              Nestes dois métodos o calor fica bem concentrado no pudim, o que faz com que o ar da massa se expanda, "explodindo" em furinhos.



Calda de caramelo para pudim


              Calda de caramelo:

              - 1 xícara (das de chá) de açúcar;
              - 1/2 xícara (das de chá) de água.

              Leve só o açúcar ao fogo para caramelizar.

Calda de caramelo
      
              Quando o açúcar começar a mudar de cor nas beiradas (ver o destaque apontado pela mãozinha), comece a mexer para não deixar o açúcar queimar.
               Basta só um pouquinho de açúcar queimado para deixar toda a calda amarga e imprópria para consumo.
               Quando todo o açúcar estiver caramelado, acrescente a água e deixe os grumos que se formam, dissolverem.
               Se a calda engrossar demais antes de todos os grumos dissolverem, acrescente água filtrada e deixe ferver.
               Use parte desta calda para caramelizar a forma e o restante coloque em um pote e sirva à parte.


    Para fazer pudim com furinhos leia aqui.
    Para assar em panela de pressão leia aqui.
    Para acessar a lista de molhos doces clique aqui.
    Para ver outras receitas de pudim acesse o Índice 1.




Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


Nenhum comentário:

Sua opinião sobre o nosso espaço é muito importante.
Por isso sinta-se à vontade para registrá-la. Ou use esse espaço para tirar dúvidas ou deixar sugestões.
Seja sempre bem-vindo(a).