16/05/2011

Cozinhando no vapor


Arraste a setinha abaixo e use-a como marcador durante a leitura da receita ou das listas de índice.     

Cozinhando no vapor 1

              Existem alguns alimentos que só podem ser preparados no vapor (cuscuz de leite - delicia!!!!) e existem outros que ficam muito melhores quando cozidos no vapor (legumes, por exemplo).

              A batata baroa, que alguns conhecem como mandioquinha ou batata salsa, é uma raiz que fica muito mais sequinha quando cozida no vapor. Alias, se ela será usada para fazer bolinhos, ela deve ser cozida no vapor. Se ela for cozida em água, absorverá tanto líquido que simplesmente desmanchará quando você fritar. E não vai adiantar nada colocar farinha de trigo na massa. O bolinho vai se desfazer assim que tocar no óleo.
              Como desde criança se faz cuscuz de leite aqui em casa, nós temos cuscuzeira, que serve muito bem para cozinhar legumes.
              Aqui alguns utensílios que podem servir para cozinhar legumes, cuscuz e até outras sobremesas no vapor.
              Para ver outras técnicas acesse o Índice 1.


Cozinhando no vapor 2

              Para quem tem cuscuzeira, não há mistério em colocar os ingredientes.
              No caso de legumes, descasque-os e coloque no cestinho superior, que tem os furinhos por onde o vapor passa.
              Não misture legumes de sabor mais acentuado, como cenoura, couve-flor e brócolis, com legumes que tem sabor mais neutro. Assim os legumes manterão seu sabor e perfume característicos.
              Minha cuscuzeira tem um designer que mostra a altura ideal da água.
              Se a sua não tiver apenas não deixe a água tocar na cestinha com os legumes. Apenas o vapor deve tocar os legumes.
              Coloque sal na água, leve a cuscuzeira ao fogo até a água ferver e só então coloque a cestinha com os legumes.
              Tampe e deixe os legumes cozinharem.
              Eles levam apenas alguns minutos.
              Vigie e teste o cozimento com um garfo.

Cozinhando no vapor 4

              Se não tiver uma cuscuzeira, mas tiver um escorredor de massas de alumínio ou inox, ele servirá muito bem.
              Coloque o(s) legume(s) dentro do escorredor e encaixe-o na boca de uma panela que permita que os legumes fiquem longe da água.
              Eu tenho uma panela que serve bem para isso, mas se não tivesse escolheria uma panela menor do que o escorredor.
              Tampe o escorredor e coloque por cima de uma panela com água fervente.
              Se for colocar legumes de tamanhos diferentes, corte os maiores para que fiquem com tamanhos uniformes e possam cozinhar no mesmo tempo.
               Em lojas de utensílios domésticos é possível comprar um cestinho para cozimento a vapor.
               Ele é retrátil, se acomodando aos legumes colocados dentro
               E tem 3 pezinhos para que os legumes não encostem na água.
               Abra o cestinho, acomode os legumes, ajuste o cestinho, fechando o máximo que puder e coloque dentro de uma panela.
               Neste caso a água encosta no fundo do cestinho.

Cozinhando no vapor 5

               Este cestinho tem um puxador no centro para facilitar na hora de colocá-lo e retirá-lo da panela.
               Se não tiver nenhum destes utensílios à mão, ainda assim é possível cozinhar no vapor usando um prato fundo ou travessa e uma panela onde este prato/travessa se encaixe.

Cozinhando no vapor 8
           
             Arrume os legumes ou a massa de cuscuz em um prato fundo, embrulhe em um pano de sacaria ou de prato que seja separado apenas para este fim. Vire o prato e amarre o pano na parte externa do prato, no verso do prato.
             Coloque água para ferver em uma panela onde seja possível encaixar o prato emborcado.
             Quando a água ferver, encaixe o prato, com a parte interna, onde estão os legumes ou..., virada para dentro da panela.
             Cuidado para não deixar nenhuma ponta do pano para fora, muito menos próxima à chama do fogão.
             O tempo de cozimento vai variar de acordo com os legumes e com o ponto de cozimento que você pretende, mas em geral, legumes ficam cozidos entre 5' e 8'.
             O cuscuz eu gosto de deixar por 25' neste processo e na cuscuzeira eu já deixo 45'. Gosto do cuscuz mais firme.
              Escolha a maneira que mais te convém e mãos à obra.



Cozinhando no vapor 6

              Pudins e quindins também ficam muito bons cozidos no vapor.
              Em porções individuais ficam prontos em cerca de 15 minutos.
              Além da rapidez no preparo, ainda há a facilidade de verificar se estão prontos, bastando abrir o papel alumínio.
              Coloque as porções das massas escolhidas dentro dos copinhos, cubra cada um com alumínio, prendendo com um elástico, arrume os copinhos no escorredor, cubra tudo com mais papel alumínio e coloque o escorredor sobre uma panela com água fervente.

Cozinhando no vapor 7

              Se quiser fazer o pudim ou cuscuz em forma grande, depois de enformar o doce , cubra a forma com papel alumínio e coloque-a sobre o escorredor de massas.
              Coloque o conjunto sobre uma panela com água fervente.
              Um pudim ou cuscuz em forma grande leva quase o mesmo tempo para cozinhar que levaria no forno.
              A vantagem aqui é a economia de gás, já que o queimador do fogão é menor e a chama fica mais próxima da panela do que o queimador do forno.
             Vou testar fazer pamonhas, charutinhos de folha de uva e até legumes recheados com esta técnica.

    Para ver outras técnicas acesse o Índice 1.

Receba nossas receitas em seu e-mail:


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros

Sua opinião sobre o nosso espaço é muito importante.
Por isso sinta-se à vontade para registrá-la. Ou use esse espaço para tirar dúvidas ou deixar sugestões.
Se desejar incluir uma imagem de uma receita testada ou vídeo ou mesmo usar um emoticon, basta colocar a url da imagem ou vídeo no texto do comentário.
Para achar a url clique na imagem ou vídeo com o botão direito do mouse e depois clique em "Copiar endereço da imagem".
Imagens, vídeos ou comentários ofensivos não serão publicados. Discordar é saudável, ofender não.
Propagandas e links externos também não serão publicados.
Seja sempre muito bem-vindo(a).

6 comentários:

  1. Menina, super saudável! Os orientais adoram esse tipo de cozimento porque dizem preservar toda a propriedade nutritiva do alimento.
    Grande beijinho, minha linda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, querida. Não só é muito saudável, como também o sabor é muito superior. Eu uso muito este tipo de cozimento. Valeu minha querida. Sinta-se sempre em casa aqui, bjs.

      Excluir
  2. Gisele, eu comprei uma panela para fazer cozimento ao vapor, nem sabia do detalhe sobre bolinhos.

    Voce tem receita de cuzcuz? Adoraria fazer em casa, mas prefiro algo já experimentado por quem conhece.

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A batata baroa tem muita água e quando cozinhamos direto na água ela fica mais encharcada ainda. Então o jeito é cozinhar no vapor ou no forno, embrulhada em alumínio.
      Tenho a receita, sim.
      É muito simples. Já te passo. bjs.

      Excluir
  3. Excepcional... Muito grato por compartilha. Em agradecimento uma dica, abandone o alumínio... "Ele não gosta de você!!"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pelo carinho e pela visita, Nonato.
      Inclusive pela dica do alumínio. É algo que eu penso, sim, nem sempre é possível ou não é possível a médio prazo.
      Mais uma vez obrigada e seja sempre muito bem-vindo.https://3.bp.blogspot.com/-K-Pz5Pac-XU/Wv5n2RWUC-I/AAAAAAABWj4/CdS9InSAbeATZUc18RVCVbZyl9F3-_y9gCLcBGAs/s36/ticon%2B23.png

      Excluir