6 de out de 2011

Geleia e calda de frutas vermelhas


Geleia e calda de frutas vermelhas

              Tenho uma amoreira em casa.
              Aqui também, temos uma pé de jabuticaba. Meu irmão, Junior, plantou um pé assim que minha mãe comprou a casa. E olha que o terreno nem é tão grande assim, mas é muito abençoado.
              Faço geleia há muitos anos. Na verdade, desde a minha adolescência.
              E geleias de frutas vermelhas são as preferidas do povo aqui de casa.
              Já cheguei a presentear com vidros de geleia, os aniversariantes mais próximos.
              E este presente sempre faz muito sucesso!!!!!!!!!!

              Por isso, com certeza estas amoras irão se transformar em uma deliciosa geleia ou calda.
              Ou os dois, já que tem o triplo de amoras ainda para serem colhidas e outro tanto de jabuticaba.



Geleia e calda de frutas vermelhas 2

               Geleia ou calda de frutas vermelhas:

               - 2 kg de frutas vermelhas, morangos, amoras, framboesa, uva rubi ou jabuticaba;
               - ± 1 1/2 kg de açúcar.

               Higienize muito bem as frutas escolhidas.
               Você pode fazer a geleia de apenas uma das frutas ou juntar 2, 3 ou as 5.

Geleia e calda de frutas vermelhas 3

               Leve para ferver por 5', com pouca água.
               Processe ou liquidifique as frutas cozidas, passe por uma peneira e meça a quantidade de polpa obtida.
              Coloque a polpa na panela e acrescente 2/3 da medida, de açúcar.
              Misture e leve ao fogo.
              O que vai definir se é calda ou geleia é o ponto de cozimento.

              Para saber se já chegou em ponto de geleia, coloque um pires no congelador, no mesmo momento em que colocar a massa no fogo.
              Depois de 15' de fogo, pingue uma colher, das de sobremesa, de massa no pires gelado e torne a levar ao congelador. Depois de 2', incline o pires.
              Se escorrer, está no ponto de calda.
              Se permanecer no mesmo lugar, chegou em ponto de geleia.

              Se teu objetivo é calda e passou do ponto, coloque um pouco de água filtrada e leve para ferver.
              A mesma dica vale para se, ao esfriar totalmente a geleia, você perceber que está mais para doce de corte do que para geleia. Acrescente água e leve para ferver.
             Se o objetivo é geleia e está em ponto de calda, deixe apurar mais um pouco no fogo e refaça o teste.


Calda com frutas vermelhas inteiras 1

              Calda com frutas vermelhas inteiras:

              - 1 kg de frutas vermelhas;
              - 300 g de açúcar cristal ou refinado;
              - cravos a gosto;
              - 200 ml de vinho do Porto ou vinho suave de boa qualidade.

              Misture as frutas higienizadas, e os ingredientes restantes e coloque em uma panela.

Calda com frutas vermelhas inteiras 2

             Ferva por 10'.   
             Retire do fogo e coloque em vidros esterilizados.
             Na hora de servir, aqueça até levantar fervura ou sirva gelado.
             Eu usei uva Niágara. Ela é pequenina e desmancha se ficar muito tempo no fogo.
             Por isso deixe para acrescentá-la no último minuto.
             Se preferir, use uvas Rubi que são maiores e mais firmes.
             No caso de usar uvas ou morangos muito grandes, corte-os ao meio ou em 4.



Doce de frutas vermelhas em barra


               Doce de frutas vermelhas em barra:

               - morangos, uvas vermelhas, pitangas, amoras, framboesas...;
               - açúcar;
               - pouquíssima água filtrada ou suco de uva ou vinho tinto.

               Higienize as frutas escolhidas.
               Você pode fazer este doce com só tipo ou varias frutas vermelhas.

Doce de frutas vermelhas em barra 2

               Leve para ferver com o suco ou vinho tinto e, se gostar, com alguns cravos da Índia.
               Bata no liquidificador e meça a quantidade de polpa concentrada obtida.
               Acrescente a mesma quantidade de açúcar e leve tudo ao fogo.
               Deixe ferver, mexendo de vez em quando, até encorpar.
               Quando começar a encorpar e chegar em ponto de brigadeiro mole, comece a mexer sem parar porque a partir deste ponto começa a grudar no fundo da panela e pode queimar.

Ponto dos doces em barra

               Deixe no fogo até começar a soltar do fundo da panela, como se fosse um brigadeiro bem firme.
               Unte um pote plástico com óleo e passe um pouco de água filtrada para retirar o excesso de óleo. Escorra bem.
               Despeje o doce no pote, tampe e espere esfriar.
               Coloque na geladeira por algumas horas e desenforme.



              Morangos em calda:

              - 1 kg de morangos maduros, firmes e pequenos;
              - 500 g de açúcar;
              - 1/4 xícara (das de chá) de rum;
              - 1 garrafa de vinho tinto tipo Madeira.

              Higienize os morangos, retirando cabinhos e folhas.
              Em um pote grande, que tenha tampa, monte camadas alternadas de morangos e açúcar.
              Despeje o rum e o vinho, feche e deixe macerar, na geladeira, por 1 semana.



Congelamento de morangos

              Congelamento de morangos:

             Higienize os morangos, sem retirar os cabinhos.
             Torne a lavar, com água filtrada e deixe escorrer, por 15', em uma peneira.
             Coloque-os em saquinhos ou potinhos plásticos, retire o ar e leve para congelar.
             Você pode envolver os morangos, um a um, em açúcar, antes de embalar.
             Pode guardar por 3 meses, em freezer.


Geleia e calda de frutas vermelhas


              Geleia diet de frutas vermelhas:

              - 400 ml de suco de frutas vermelhas;
              - 1 colher (das de sopa) de pectina;
              - 1/2 xícara (das de chá) de adoçante culinário;
              - 1 maçã ralada no ralo grosso.

              Bata, no liquidificador, o suco de frutas vermelhas, o adoçante e a pectina.
              Coloque em uma panela com a maçã ralada.
              Quando levantar fervura, marque 3' e desligue.

              Se estiver usando uvas ou jabuticaba, é preciso ferver as frutas para poder fazer o suco.
             Ferva com pouca água e liquidifique. Coe e torne a colocar no liquidificador, prosseguindo com a receita.
             E o adoçante tem que ser do tipo que pode ir ao fogo.
             Um adoçante comum perde o poder de adoçar se for levado ao fogo.




Geleia e calda de frutas vermelhas

               Estas são a geleia e a calda de frutas vermelhas que fiz recentemente

               Mas, ATENÇÃO!!!!!!!

               Só pude colocar neste tipo de embalagem porque fiz para consumo imediato. Se você for fazer grandes quantidades e pretende guardar ou presentear, tome todos os cuidados ao comprar os vidros que receberão as geleias. O tipo de embalagem que mostro acima conserva por, no máximo e na geladeira, 3 meses as geleias e caldas.

Para ver outras receitas de docinhos, geleias e compotas acesse o Índice 3.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


2 comentários:

  1. Estou adorando o seu Blog! Aprendendo muita coisa, obrigada!
    Pode-se usar cereja para fazer a geleia também?

    Abraços,
    Maria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Maria.
      Eu que agradeço tanto carinho.
      Com certeza você pode fazer geleia de cerejas também.
      O processo é o mesmo, só que no caso das cerejas é preciso retirar os caroços.
      Os caroços de jabuticaba podem ser batidos no liquidificador, mas os de cerejas são muito duros.
      Se quiser, depois de bater as cerejas, acrescente suco de 1 limão para cada meio quilo de cerejas. Ajuda a chegar no ponto de geleia.
      Um grande beijo e seja sempre bem-vinda.

      Excluir

Sua opinião sobre o nosso espaço é muito importante.
Por isso sinta-se à vontade para registrá-la. Ou use esse espaço para tirar dúvidas ou deixar sugestões.
Seja sempre bem-vindo(a).