06/10/2011

Flor de bala de goma


Arraste a setinha abaixo e use-a como marcador durante a leitura da receita ou das listas de índice.     


Flor de bala de goma 1

              Esta é mais uma daquelas receitas para quem gosta de surpreender família e amigos com pequenos mimos. E é tão simples de fazer que qualquer pessoa, mesmo que nunca tenha modelado flores na vida, poderá fazer rosas e outras flores com esta massa.
              É mais uma das receitas maravilhosas de Isamara Amâncio, uma confeiteira que tem paixão pelo que faz. E a paixão é primordial para se fazer qualquer coisa.
             E é por isso que ela consegue transformar simples balas de goma, também conhecidas como jujubas, em flores lindas e delicadas.
             Só não dá para fazer arranjos com arame porque a massa não fica rígida como a massa de pastilhagem ou massas de açúcar e de biscuit.
             Mas dá para fazer lindos arranjos como com as flores de glacê de gordura e de chantilly.
             Atualização em 07/01/2021: para tornar a massa mais agradável principalmente para as crianças resolvi fazer uma nova massa substituindo o amido de milho por açúcar de confeiteiro, que não tem amido. Veja no final dessa postagem.


                
                 Para cortar nossas flores podemos usar diversos tipos de cortadores.
                 Já tive muitos mais porque a anos comecei a aprender a fazer flores de tecido, papel e de biscuit. Acabei dando grande parte desses materiais por mudar o rumo da minha vida.
                Mas artesãos sempre tem alguma coisinha guardada.
                Esse primeiro conjunto é um conjunto de cortador e gofrador ao mesmo tempo.
                De um lado usamos para cortar as peças das flores e folhas e do outro usamos para fazer as nervuras das pétalas e flores.

Flor de bala de goma 2

               Também podemos usar cortadores de alumínio, plástico ou inox e usar folhas e flores artificiais para marcar as nervuras.
               Mas se você faz apenas eventualmente esse tipo de trabalho, pode usar moldes de papel ou de acetato ou mesmo as flores naturais ou artificias como molde.
               Quando eu comecei a trabalhar com flores artificiais, muito antes de ter meu primeiro note, vi em uma revista uma loja de artigos para floristas artesãos que oferecia um catálogo que eles enviavam pelos correios. Ainda tenho o meu.
               E fiquei agradavelmente surpresa ao saber que eles disponibilizaram o mesmo catálogo on line. Ele serve de base para quem quer comprar os cortadores e gofradores, mas também pode servir como molde para montarmos nossas flores. Baixe o seu aqui.
               Além desses materiais precisaremos de estecas, boleadores, espátulas e rolos de abrir massa.
               Na falta de um ou mais desses materiais podemos improvisar com palitinhos de madeira, de laranjeira, agulhas de crochê. Enfim sempre há um jeito.

               Ingredientes:

               - 960 g de balas de goma;
               - ± 300 g de amido de milho;
               - amido de milho para polvilhar a bancada;
               - opcional: corante em gel ou líquido concentrado.

               Essa bala de goma é aquela que vem em tubetes com várias cores e é redondinha, diferente da jujuba, que é cônica. A jujuba também funciona, mas dá mais trabalho amassar.
               Comprei uma caixa com 30 tubetes, do tamanho ideal para colocar em sacolinhas de brindes em festa de aniversário infantil.
               Separe as diferentes cores da bala de goma.
               Para poupar suas mãos comece abrindo de 6 em 6 ou de 10 em 10, usando um pequeno rolo de massas ou uma garrafinha de vidro ou um pote de vidro.
               Não use copos (o que usei era um pote de champinhons, o vidro é mais grosso e resistente do que os de copos) porque a pressão exercida para amassar as balas no começo pode provocar um acidente, quebrando o copo e cortando as mãos de quem o manipula.
              O ideal mesmo é o rolinho da plástico.
              Amasse as balas, achatando-as.
              Use luvas cirúrgicas que não contém nenhum pó, talco ou lubrificante para manipular as balas, principalmente se vai fazer as massas para guardar por mais de 1 mês.
              Na hora de modelar as flores eu não uso luvas, por uma questão de tato (algumas luvas tiram a sensibilidade), mas na hora de preparar as massas prefiro usá-las, já que vamos manipular a massa por mais tempo.
              Agora se você vai comercializar o ideal é usar as luvas também na hora de modelar.
              Qualidade e higiene são ingredientes primordiais em qualquer receita.

Flor de bala de goma 3

               Pegue porções de amido para poder massagear as balas de goma sem que grudem em suas mãos e trabalhe porções de balas por vez.
               Quando uma porção já estiver macia, achate mais algumas balas da mesma cor, sempre acrescentando o amido para a massa não grudar e quando essa nova leva de balas já formar uma nova porção de massa, junte-a à primeira massa.
               Continue trabalhando assim até terminarem as balas de mesma cor.
               E para facilitar o trabalho vá sovando com as mãos espalmadas de tempos em tempos.
               Quando todas as balas já estiverem maleáveis você pode sová-las usando um rolo de massas, abrindo a massa, dobrando-a ao meio e abrindo novamente, até que a massa esteja completamente uniforme tanto na cor, quanto na textura.
               Por conta do amido as cores vão clareando.
               Na maioria das cores isso não afeta o resultado final, mas algumas podem exigir a adição de um corante.
               É o caso do verde.
               Gosto dos tons pastéis, mas prefiro minhas folhas mais escuras.
               Acrescente corante aos poucos, usei um líquido bem concentrado, e vá sovando até a cor ficar homogênea.

Flor de bala de goma 4
 
                Se necessário acrescente mais corante e quando a cor estiver uniforme embale a massa em filme plástico.
                Embale todas as cores em filme plástico separadamente.
                E se quiser preparar novas cores você pode misturar massas de 2 cores de bala de goma diferentes e, se quiser acentuar a nova cor, acrescentar um pouco de corante da cor desejada. 
                Para obter um tom de azul eu usei como base a massa de cor lilás, que é da paleta do azul, e acrescentei corante líquido azul.

Flor de bala de goma 5

               Sove acrescentando amido, até chegar no tom desejado.
               Para novos tons pegue as cores mais claras, como amarelo por exemplo, e junte um pouquinho de corante em gel branco, a seguir, acrescente corante líquido ou gel na cor desejada.


               Para guardar a massa por 6 meses antes de modelar as flores.

               Higienize a bancada, cubra a área onde vai trabalhar as balas com um plástico e calce luvas cirúrgicas, que não contém talco ou nenhum outro produto lubrificante que possa contaminar a nossa massa.
               Trabalhe todas as cores e embale-as separadamente em filme plástico.

Flor de bala de goma 6
  
               Assim, com o máximo de higiene, coloque todas as massas dentro de um saco plástico novo, feche com elástico, coloque uma etiqueta com a data e guarde em um pote plástico com tampa por até 6 meses. Na hora de usá-la é só sovar até que volte a ficar maleável.


Flor de bala de goma 7
  
               Miosótis.
               Separe umas caixas de ovos ou outras superfícies que possam servir de suporte para as flores secarem. Podem ser copinhos descartáveis de café e outras embalagens que tenham cavidades individuais.
               Coloque uma pequena tábua de corte e a esponja que servirá para bolear as flores dentro de sacos plásticos, por higiene e para facilitar a manipulação das massas.
               Separe os cortadores de miosótis, 2 tamanhos, e de folha.

Flor de bala de goma 8

               Pegue uma porção da massa e sove até ficar macia, sempre polvilhando amido nos dedos.
               Abra com um rolo, na espessura de 2 a 3 mm.
               Corte a quantidade de flores desejadas com o cortador maior.
               Com um boleador pequeno retire cuidadosamente a flor do cortador.
               Com um boleador maior, que preencha quase totalmente cada pétala, boleie cada pétala delicadamente.
               Mantenha a massa restante protegida por filme plástico ou dentro de um saco plástico.
               Abra um pedaço da massa amarela e corte o mesmo nº de florezinhas, com o cortador menor.
               Para unir as flores água é suficiente. 
               Podemos também usar uma cola feita com CMC (veja no final da postagem).
               A cola de CMC é a melhor opção porque conserva também.
               Outra opção de cola culinária é a clara de ovo.
               Pincele pouquíssima água na superfície interna da flor.
               Se estiver usando CMC pincele em toda a área, não só na área onde será colado o miolo.

Flor de bala de goma 9

               Coloque a florzinha amarela, que é o miolo, no centro da outra flor e pressione bem no centro, unindo as duas flores e dando um movimento delicado em todo conjunto.
               Deixe o amido de milho na parte posterior da florzinha porque ele vai impedir que a flor grude na cavidade onde será colocada para secar.
               Separe uma porção da massa amarela, mais ou menos como uma bola de ping pong, e adicione 1 colher, das de sobremesa de chocolate em pó.
               Sove bem até todo chocolate ser absorvido.
               Faça minúsculas bolinhas e encaixe no centro do miolinho amarelo. É o arremate dos miosótis.
               Coloque as florezinhas para secarem por algumas horas dentro das caixas de ovos ou bandejas pré preparadas.
               Essas flores podem ser colocadas no bolo com glacê real ou chantilly ou mesmo coladas com o CMC.

               No miosótis acima boleamos no centro das pétalas.
               Mas os miosótis naturais tem as pétalas mais fininhas, então podemos afinar a pétala inteira e bolear as bordas.
               Veja na 3ª imagem da foto abaixo a diferença entre a flor cortada antes e depois de afinar as pétalas. Depois de afiná-las naturalmente os miosótis ficam maiores.

Flor de bala de goma 10

                Depois de bolear as pétalas termine os miosótis como explicado acima, colocando o miolo amarelo e o miolinho marrom.
                Note também a diferença entre o miosótis com o centro das pétalas boleado (1) e com a pétala afinada e com as bordas boleadas (2).


Flor de bala de goma 11

               Rosas.
               Gosto das rosas de dois tons.
               Separe uma parte da massa escolhida para fazer flores e pegue uma outra massa de uma cor que combine e que seja mais escura.
               Guarde a parte da cor base que não será misturada, dentro de um saco plástico e misture as duas outras partes de massa.

Flor de bala de goma 12

               Sove até obter uma cor uniforme.
               Para cada rosa aberta modele 4 bolinhas claras e 4 bolinhas escuras.
               Quando a rosa estiver pronta você pode acrescentar outras pétalas claras, se julgar necessário. 
               Em geral, para esse tamanho de rosa cuja bolinha para cada pétala é menor que uma bolinha de gude, 8 pétalas é o suficiente.
               Faça uma gota afunilada nas duas pontas com uma das bolinhas mais escuras.
               A partir dai todas as outras bolinhas serão achatadas até formarem um disco fino.

Flor de bala de goma 13

               Posicione a gota afunilada no centro do primeiro círculo e feche esse círculo envolvendo a gota.
               Modele a próxima bolinha, formando um disco, e posicione-o bem em frente ao primeiro disco colocado.
               Se houver excesso de amido, retire com um pincel quase seco.
               Enrole esse disco e vá apertando na base para unir essa pétala e afunilar a base.
               As próximas pétalas devem ser adicionadas sempre começando pela metade da última pétala adicionada, para que as pétalas fiquem desencontradas.
               Afunile bem a base e corte o excesso de massa.
              Coloque as flores para secarem na bandeja preparada para isso.
              Para fazer botões prepare 3 e 5 pétalas.
              3 para botões mais fechados e 5 para botões mais abertos.
              Comece fazendo a gota afunilada e vá colando os discos de massa escura.

Flor de bala de goma 14

               O segundo disco é posicionado em frente ao disco anterior.
               Gire a base, colando as pétalas e cortando o excesso de massa.
               Para arrematar as rosas recorte sépalas.
               Como eu não tenho cortadores de sépalas o jeito foi fazer um molde de acetato usando os modelos do catálogo que ganhei a anos. Se quiser baixe o seu aqui.
               Sempre que for trabalhar uma massa que está guardada a tempos, sove-a até ficar maleável novamente. Isso vale para todo tipo de massa, desde as massinhas escolares até o biscuit e massas de pastilhagem.

Flor de bala de goma 15

               Abra com cerca de 3 mm de espessura.
               Recorte as sépalas e boleie cada ponta dela com uma esteca ou palito de churrasco ou palito de laranjeira ou mesmo agulha de crochê desde que seja separada para uso culinário.
               Quanto mais finas as bordas das sépalas, mas delicado ficará o acabamento.
               Pincele a cola escolhida por toda a área interna da sépala.
               Vire a rosa e sobreponha a sépala, ajeitando as 5 pontas.
               Pressione levemente com uma esteca para ajustar a sépala, remover bolhas de ar e afinar o conjunto.
               Continue afinando a ponta da sépala juntamente com a ponta da rosa até obter uma espessura compatível com a rosa. Quanto mais fina, mais delicada.
               Inclusive deixando bem fina funcionará como o cabo das rosas permitindo que se monte um velo arranjo, posicionando botões e rosas abertas separadamente sem perder a noção de conjunto.

Flor de bala de goma 16

               Para colocar essas rosas, botões e folhas no bolo use a mesma cola que usou para montar as flores.
               Esse meu arranjo ficaria melhor se eu tivesse alongado o cabinho dos botões e colocado mais 2 flores abertas na base dele.
               Escolha um cortador parecido com as folhas naturais das rosas.
               Escolhi um que também é gofrador.
               Recorte a folha com a parte cortadora e remova-a cuidadosamente, já que a massa gruda no cortador, com uma espátula pequena.

Flor de bala de goma 17

               Vire o cortador e pressione a folha no gofrador para marcar bem as nervuras.
               Escolha um boleador compatível com o movimento que deseja dar à folha e passe-o delicadamente sobre as bordas das folhas.
               Espalhe as folhas pelo seu arranjo conforme desejar.
               A primeira vez que preparei esta massa, guardei por mais de um ano, na geladeira e em potes bem fechados, sem que a flor perdesse a cor ou a maleabilidade.
              Só não tive coragem de consumir depois deste tempo todo. Mas, que elas não perdem a cor ou forma, isso eu posso garantir, rsrsrs.

              Dê asas à imaginação e faça de um dia comum, um momento especial e inesquecível.


               Atualização em 07/01/2021:

              Como eu disse na introdução, resolvi trocar o amido de milho por açúcar de confeiteiro para tornar a massa mais atraente principalmente para as crianças.

               Ingredientes:

               - 960 g de bala de goma (1 caixa com 30 tubetes);
               - 500 g de açúcar de confeiteiro (sem amido de milho);
               - açúcar de confeiteiro para polvilhar a área de trabalho.

               Trabalhe como para a massa com amido.
               Precisei usar mais açúcar (500 g) do que amido (300 g).
               Aqui eu usei uma garrafinha para amassar as balas, tornando-as mais maleáveis.

Flor de bala de goma 18

                Trabalhe cerca de 6 balinhas por vez e sove até que a massa esteja com uma cor uniforme.
                Quando essa porção de massa estiver maleável e com a cor uniforme, trabalhe mais 6 balinhas.
                Quando essa porção estiver também maleável junte com a primeira porção, sove para formar um novo bloco e continue trabalhando em etapas até terminarem todas as balas da mesma cor.
                Sempre trabalhei com amido de milho porque gosto muito da textura da massa. Ela fica muito maleável.
                Com o açúcar a massa fica mais dura, mais difícil de trabalhar e as flores (fiz 3 apenas para testar) ficam meladas e brilhosas, portanto ao contrário das flores feitas com a massa que levou amido, que podem ficar apoiadas em suportes até o bolo estar preparado para recebê-las, as flores preparadas com bala de goma e açúcar devem ser modeladas com o bolo já coberto e devem ser colocadas imediatamente sobre ele. Não recomendo a massa de bala de goma com açúcar, principalmente para uso comercial.
                O amido de milho tem a propriedade de secar e absorver umidade. Tem vários usos, inclusive deixar frituras mais sequinhas, massas de bolo mais leve e tratar queimaduras leves como as do abuso do sol ou as que causam apenas vermelhidão na pele. As flores preparadas com massa de bala de goma e amido permanecem maleáveis, mas ficam sequinhas, perfeitas e sem brilho.
                Como é a primeira vez que eu substituo o amido por açúcar vou testar como ela fica depois de 6 meses guardada como ensinado acima: embaladas em filme plástico, colocadas em saco plástico e depois em um pote com tampa.
                Daqui a 6 meses (07/07/2021) volto para dizer como a massa ficou e mostrar as flores feitas com ela.
  
                Atualização em 18/01/2021:
                A massa de bala de goma com açúcar de confeiteiro NÃO funciona.
                As balas viram calda em 24 horas. Literalmente.
                Uma pena.
                As com amido duram 1 ano, mas não creio que devam ser consumidas depois de tanto tempo.

Cupcake de coco com nozes 21

               Atualização em 28/01/2021:
               Bom, eu fiz uma grande quantidade de massas só com bala de goma e açúcar.
               Não fiquei satisfeita com as flores feitas com essa massa porque em 24 horas elas viraram calda de açúcar.
               Mas eu não podia simplesmente jogar tanta massa fora, então resolvi modelar alguns modelos que a tempos quero treinar.
               Primeira impressão: embalada em filme plástico a massa só com açúcar fica muito, muito dura. É em contato com o ar que ela acaba virando calda.
               Segunda impressão: para poder modelar qualquer coisa é preciso sovar novamente a massa, como acontece com qualquer receita de massa de modelagem, seja culinária, seja artesanato decorativo.
               Então resolvi acrescentar amido de milho para sovar essa massa até que ficasse maleável.
               Demorou um pouquinho mais, por causa da dureza da massa guardada, deu mais trabalho do que sovar a massa trabalhada desde o início com amido, mas ficou perfeita.
               E as flores que modelei com essa nova mistura ficaram mais firmes do que as modeladas com a massa preparada apenas com amido e se mantiveram firmes por vários dias. Veja o passo a apsso dessas flores aqui.
 
                Então fica a dica:
               - 960 g de bala de goma (1 caixa com 30 tubetes);
               - 300 g de açúcar de confeiteiro;
               - 300 g de amido de milho;
               - amido de milho para polvilhar a área de trabalho.

               Separe as balas por cores e separe cada cor em 2 partes.
               Comece a sovar as balas com o açúcar de confeiteiro e quando terminar a primeira metade dessa cor, passe a acrescentar o amido de milho e continue a sovar até que toda a massa adquira uma textura maleável e uniforme.
               Assim preserva-se o sabor, obtêm-se uma massa mais firme e flores ou qualquer outra modelagem perfeita.
               As flores ou modelagens com essa massa só não podem ser colocadas em glacês úmidos como o chantilly porque a umidade vai interagir com o açúcar.
               Esses cupcakes foram cobertos com glacê mármore e a decoração aderiu muito bem, ficou firme e durou vários dias, sem alteração alguma.
               Pasta americana e glacê real, depois de seco, também podem receber decorações com essa massa.


Flor de bala de goma 19

               Cola de CMC:

               - 1 colher (das de chá) de CMC;
               - 1/2 xícara (das de chá) de água filtrada.

                O CMC deve ser polvilhado sobre a água como a gelatina incolor, formando uma chuvinha, para não empelotar (veja a segunda imagem da foto abaixo).
                Misture muito bem.
                Se ficarem grumos, bata no liquidificador.
                Leve à geladeira por 12 h antes de usar. 
                Guarde em potinho bem fechado por até 3 dias, em geladeira

Flor de bala de goma 20

               Um excelente substituto para esta cola é a clara de ovo.
               Basta pincelar a clara sobre toda superfície a ser colada e aplicá-la no lugar desejado.
               Tanto a clara, quanto a cola de CMC e a gelatina incolor devem ser aplicadas sem excesso.
               O excesso de qualquer uma das substâncias vai impedir a colagem das peças.

Para ver outras receitas de docinhos acesse o Índice 3.



Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros

Sua opinião sobre o nosso espaço é muito importante.
Por isso sinta-se à vontade para registrá-la. Ou use esse espaço para tirar dúvidas ou deixar sugestões.
Se desejar incluir uma imagem de uma receita testada ou vídeo ou mesmo usar um emoticon, basta colocar a url da imagem ou vídeo no texto do comentário.
Para achar a url clique na imagem ou vídeo com o botão direito do mouse e depois clique em "Copiar endereço da imagem".
Imagens, vídeos ou comentários ofensivos não serão publicados. Discordar é saudável, ofender não.
Propagandas e links externos também não serão publicados.
Seja sempre muito bem-vindo(a).

16 comentários:

  1. Olá querida amiga..Gisele anjo que delicia de receita.. Pensei que ia dar a receita da bala, enfim ficarei aguardando enquanto nisto vou testar nesta comprada em supermercado. Beijão linda e obrigada por partilhas esses seu segredinho. Te adoro. Mil beijos ternos. Kaoma

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha querida amiga. já estou providenciando. Um grande beijo.

      Excluir
  2. Nossa ... era o que eu precisava ! Muito obrigada :g

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Cris.
      Fico muito contente por isso.
      Me sinto realizada quando consigo compartilhar e ser útil a alguém.
      Precisando de alguma outra receita, se eu não tiver, pesquiso.
      Bjs.

      Excluir
  3. Fiquei muito feliz em encontrar esta receitinha fácil e espetacular! Vou faze-las para o bolo da minha filha! Obrigada! Bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E eu fico mais feliz ainda em poder compartilhar receitas simples e úteis. Tenho certeza de que vai ser um sucesso.
      Felicidades para você e sua filha. Depois me conte como ficou.
      Um grande beijo.

      Excluir
  4. adorei a receita da bala e muito inteligente esses dois ingredientes dar forma lindas,a receita de marzipan adorei porque meu filho e alergico a proteina do leite e tento ao maximo para que ele sinta os sabores da infancia .E adorei o coraçãozinho do seu blog.............obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que delicia!
      Sinta-se sempre em casa!
      Estou procurando receitas para quem precisa de dietas especiais e com certeza vou pesquisar receitas especiais para crianças. As lembranças da infância nos fortalecem e nos ajudam na nossa vida adulta, por isso acho tão importante fazer pratos especiais para as crianças e, se possível, junto com elas.
      Que bom que você gostou do coraçãozinho, ele é minha paixão, :o.
      Muito obrigada pelo carinho e pelo comentário.
      Beijos.

      Excluir
  5. VOU TENTAR FAZER ACHEI O MÁXIMO OBRIGADA!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza você vai conseguir e vai amar.
      É realmente muito simples.
      Obrigada pelo carinho em comentar.
      Beijos.

      Excluir
  6. QUERIDA GISELE,VOU PELA 1 VEZ TENTAR FAZER AS FLORES PARA COLOCAR EM UM BOLO DE ANIVERSÁRIO,A RECEITA É FÁCIL ESPERO QUE FIQUE BONITO,OBRIGADA POR COMPARTILHAR A RECEITA CONNOSCO ESPERO VISITAR MAIS SEU BLOG E COPIAR MAIS RECEITAS,TÃO FÁCEIS COMO ESTÁ.:r

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi. Eu que agradeço sua disposição em comentar. Assim eu sei que estou servindo.
      Seja sempre bem-vinda.
      Beijos.

      Excluir
  7. OBRIGADA POR COMPARTILHAR ESTA RECEITA ,VOU TENTAR FAZER E USAR EM UM BOLO,ESPERO QUE FIQUE LINDO...:l

    ResponderExcluir
    Respostas

    1. Muito obrigada pelo carinho da sua gratidão e comentário.
      Fico muito feliz que você tenha gostado da receita e sei que você vai gostar mais ainda do resultado.
      É mesmo muito fácil. Sei que seu bolo vai ficar muito bonito.
      Beijos e seja sempre bem-vinda.

      Excluir
  8. fofura demais!! lindas e mt fácil de fazer a massa!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Emília. E a massa fica muito maleável, uma delícia para modelar.
      Beijos.

      Excluir