27 de abr de 2012

Doce de batata doce



              Quando eu pequena, não era muito fã de doces de abóbora ou batata doce, não. Principalmente os industrializados.
              Aliás, sou do tipo que gosta de plantar e colher o que vou preparar para mim e para quem eu amo.
              Ainda tenho muito viva na memória a imagem das minhas avós, principalmente a vó Chiquinha, colhendo legumes, inclusive batatas, para preparar para nós.
              Os corantes e conservantes dos produtos industrializados interferem muito no sabor e até mesmo os agrotóxicos e fertilizantes também são péssimos aditivos.
              Ainda terei um belo sito, quiçá uma fazenda para ter a qualidade de vida que mereço ter.
              Até lá, vamos fazendo o que for possível.



              Ingredientes:

              - 1 kg de batata doce;
              - 1 kg de açúcar.

              Cozinhe as batatas e passe por uma peneira.
              Acrescente o açúcar e leve ao fogo, mexendo sempre, até soltar do fundo da panela.
              Leva entre 2h e 2h 30'.
              Unte papel manteiga com manteiga, polvilhe açúcar e coloque porções da massa, modelando com uma colher ou usando aros para dar um formato diferente.
              Polvilhe açúcar, cubra com uma tela ou com uma gaze e deixe secar até formar uma crosta durinha.
              O tempo da secagem vai depender da umidade natural da cidade onde se vive.
              Se tiver sol, coloque o doce coberto ao sol, por algumas horas.




              Variação:
              Para fazer o doce cremoso, para comer de colher, reduza a quantidade de açúcar para algo entre 350 g e 500 g (gosto pessoal), acrescente 200 ml de leite de coco, cravos da Índia e 200 g de coco seco ralado.
              Leve ao fogo, mexendo sempre, até começar a aparecer o fundo da panela.


              Passeando pelo blog Come-se, da Neide Rigo, achei uns docinhos de batata doce com um colorido incrível. Inclusive alguns coloridos em verde, um verde muito intenso (minha cor favorita) e aprendi algumas dicas, que reproduzo aqui:

              1- Coloque a massa em um saco de confeitar, com bico pitanga, e faça pitanguinhas de doce. Polvilhe açúcar e deixe secar.
              2- Coloque os doces sobre uma peneira forrada com um pano, cubra com uma tela e leve ao sol por algumas horas. Ou, se não tiver sol, coloque no forno baixíssimo, com a porta entreaberta, como se estivesse fazendo suspiro, e deixe secar por 1 h.
              3- Para colorir use as folhas da batata ou cenoura picada ou beterraba.
              Para saber as receitas dela (e como colorir) e se deliciar com as fotos maravilhosas acesse: Batata-doce. Folhas e docinhos coloridos.

Para ver outras receitas de compotas e doces de cantina acesse o Índice 3.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


4 comentários:

  1. olá guriiiiiiiiiiaaaaaaaaa!

    bah esta receitinha me fez lembrar de minha avo

    que fazia um doce de batata dos deuses

    comia muito em minha infancia tbm

    adorei a receitinha

    super bjo minha rica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, minha linda.
      As lembranças dos nossos avós são as melhores, né?
      Que bom que estou te trazendo boas lembranças.
      E obrigada por registrá-las aqui.
      Um beijão.

      Excluir
  2. Respostas
    1. Muito obrigada, Walter.
      Seja sempre muito bem-vindo. 🌹

      Excluir

Sua opinião sobre o nosso espaço é muito importante.
Por isso sinta-se à vontade para registrá-la. Ou use esse espaço para tirar dúvidas ou deixar sugestões.
Seja sempre bem-vindo(a).