11 de mai de 2012

Macarrão de improviso

Macarrão de improviso


              Existem receitas muito fáceis de fazer, mas nem por isso todo mundo sabe.
              E muitas vezes estamos tão acostumados com os molhos de sempre que deixamos de provar algo simples e diferente. E deixamos de preparar um pratinho de massa porque não temos aquele ingrediente usual.
              Particularmente sempre gostei de macarrão sem molho algum. Simplesmente cozido na água e sal, escorrido e fumegante.
              A minha impressão era a de que o molho resfriava a massa. E eu gostava muito de comida fumegante.
              Mas, além de engordar, porque comemos mais do que precisamos e não mastigamos direito, percebi que as temperaturas extremas, sejam altas, sejam baixas, mascaram o sabor dos alimentos.
             Então estou reaprendendo a me alimentar.
             É um longo caminho, mas chego lá!
             Fiz esta receita recentemente. É muito simples e saborosa.
             E ainda reaproveitei um pouquinho de repolho que havia sobrado do dia anterior.
             Espero que gostem!


             Ingredientes:

             - 250 g de macarrão fidelinho;
             - 1 cenoura;
             - 50 g de repolho;
             - ervas finas ou salsa desidratada a gosto;
             - 250 ml de molho de tomates.

             Cozinhe o macarrão e escorra.
             Cozinhe a cenoura no vapor e rale no ralo grosso.
             Rale o repolho, aqueça o molho de tomates e junte o repolho ralado.
             Acrescente a cenoura ralada e as ervas finas.
             Misture o macarrão cozido e escorrido.
             Nesta hora vale o improviso: junte azeitonas picadas, legumes variados, champinhons queijo branco em cubinhos e alguma sobra de carne ou peixe ou ave que esteja na geladeira.


             Para cozinhar macarrão:

             Geralmente quem cozinha conhece muito bem o tamanho do paladar do "seu eleitorado", da sua turma.
             Mas é bom ter uma medida para aqueles dias em que precisamos preparar uma refeição maior ou alguém pede uma ajuda, uma orientação sobre como calcular a quantidade de massa que precisa preparar.
             Bom, as porções servem de ponto de partida, já que algumas pessoas comem mais de uma porção e outras não conseguem nem comer uma.
             O parâmetro é 100 g de massas por porção.
             Em teoria, um pacote de meio quilo de massa serviria 5 pessoas.
             Aí também existe uma variante: o macarrão fidelinho rende mais do que um espaguete no 8, por exemplo, portanto um pacote de meio quilo de fidelinho serve mais do que 5 pessoas.
             Agora, se você fizer macarrão com frutos do mar e azeitonas gregas, afh! (meu irmão Junior faz um que é uma perdição), ai pode preparar pacotes e mais pacotes de massa.

              Existem medidores de massa em vários formatos, uns mais chiques e elaborados do que outros, mas escolhi um que é mais comum e mais fácil de encontrar.

Macarrão de improviso

              Ele tem 4 bitolas diferentes, para 1, 2, 3 ou 4 porções.
              Basta encaixar o espaguete na abertura correspondente à quantidade de porções que se deseja fazer, preenchendo totalmente este espaço.

Macarrão de improviso

              Mas se você pretende fazer outro tipo de massa, farfale, parafuso, penne..., utilize um copo de vidro, daqueles de requeijão.
              1 copo cheio corresponde a 1 porção. Como hoje em dia os copos de vidro com requeijão já são mais difíceis de achar eu transferi a medida para copos plásticos. 1 porção de massa, nos novos copos plásticos de requeijão, corresponde a 1 copo e meio.
              A partir dai, calcule a quantidade de acordo com a fome do seu eleitorado.

              E para cozinhar, coloque água para ferver, na proporção de 1 l de água para cada 100 g de massa.
              Coloque apenas a água, sem sal, sem temperos. A água com sal demora mais para ferver.
              Quando a água ferver, aí sim, acrescente o sal e a massa.
              Eu nunca coloco óleo na água, realmente eu não gosto e nem vejo necessidade.
              Mexa com um garfo, até sentir que a massa está soltinha na água.
              Isso vale para o espaguete, inclusive.
              Não precisa e não se deve quebrar o espaguete, mesmo que ele fique para fora da panela.
              Apenas mexa suavemente a massa, até que a massa amoleça e fique soltinha na água.
              Cozinhe até chegar no ponto desejado e quando estiver quase no ponto, comece a preparar o molho.
              Escorra o macarrão e coloque no molho. Também não é bom lavar o macarrão em água fria. Eu pelo menos não gosto e não vejo necessidade.

              As dicas do molho também servem para os macarrões do tipo instantâneo.
              Não é porque ele já vem com tempero que não precisamos caprichar.

Para ver outras receitas de massas acesse o Índice 4.



Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


2 comentários:

  1. Quando temos crianças, não sei... mas como macarrão salva!!!!!!!!!! Elas sempre adoram.

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, minha querida.
      Com criança ou sem criança, macarrão é muito bom! Aqui em casa gostamos de massas de todo jeito.
      Mas, com as crianças tem a vantagem de ser prático e elas realmente amarem.
      Um beijão.

      Excluir

Sua opinião sobre o nosso espaço é muito importante.
Por isso sinta-se à vontade para registrá-la. Ou use esse espaço para tirar dúvidas ou deixar sugestões.
Seja sempre bem-vindo(a).