31 de out de 2012

Quindão na cuscuzeira


Quindão na cuscuzeira

   
               Doces conventuais (que paradoxo!!!!!!) são uma perdição!!!!!!!!!!!!!
               Doces conventuais são aqueles doces que surgiram da necessidade de se criarem receitas que aproveitassem a enorme quantidade de gemas que superabundavam nos conventos, já que as claras eram usadas para engomar os pesados hábitos.
               Imagine quantas claras eram necessárias para cada hábito.
               Felizmente, para os(as) formiguinhas de plantão, as freiras eram muito criativas.
               Esta é mais uma receita feita tradicionalmente em fornos que eu quis fazer na chama do fogão.
               Amei o resultado!!!!!
               Preparar quindins e pudins em escorredor de macarrão é tão fácil que o perigo é fazer muitas vezes...
               Resista, se puder...


Quindão na cuscuzeira


               Ingredientes:

               - 18 gemas;
               - 100g de coco industrializado ralado;
               - 1 xícara (das de chá) de açúcar.

Quindão na cuscuzeira
    

               Eu preferi usar o coco industrializado porque o coco fresco tem muito mais gordura e eu acho que altera a textura do quindão. Prefiro deixar o coco fresco para fazer pudins, porque dá um toque aveludado ao pudim.
               Peneire as gemas e acrescente à mistura de coco ralado e açúcar.
               Misture tudo com um fouet.
               Coloque esta mistura em uma forma para pudim, untada com margarina e polvilhada com açúcar.
               Cubra a forma com papel alumínio e encaixe em um escorredor de macarrão ou em uma cuscuzeira grande.
               Encaixe o escorredor ou cuscuzeira sobre uma panela com água fervente.
               Leve ao fogo por 50' ou 1 h.
               Para saber se está assado, levante o alumínio e toque a massa, que deve estar firme.
               Se já estiver firme, retire do fogo, espere esfriar e leve para gelar.
               Desenforme frio.
               Apesar de levar o mesmo tempo para assar no fogo que levaria se fosse assado no forno, acho que na chama do fogão é melhor porque o queimador é menor, portanto a liberação de gás é menor do que o gás necessário para aquecer um forno, mesmo doméstico.


Quindim


               Quindim:

               - 6 gemas peneiradas;
               - 50 g de coco fresco ralado;
               - 1/4 xícara (das de chá) de açúcar.

               Além de aproveitar o coco que sobrou do quindão, eu também quis ver em quanto tempo os quindins ficariam prontos se cozidos no vapor.
               Ameeeeeeeeiiiii!!!!!!!!
               Ficaram prontos em 15'.
               O único senão é que não fica aquela casca douradinha que fica quando são assados no forno, mas isso é fácil de resolver: basta dourar a superfície com um maçarico culinário ou polvilhar açúcar, depois de assados, aquecer uma colher na chama do fogão e encostá-la na camada de açúcar, que vai caramelizar imediatamente.
               Voltemos à receita de quindim.
               Uma vez eu usei coco fresco e  notei que o quindim ficou bem encorpado, creio que por causa do teor de gordura do coco fresco.
               Por isso, minha sugestão é que se coloque metade da quantidade de coco, se estiver usando o coco fresco, e que não se prendam muito à quantidade de gemas. Acrescentem gemas até obter uma mistura  mais líquida.
               Misture o coco, o açúcar e as gemas e distribua a mistura em 5 ou 6 forminhas de bombocados, untadas e polvilhadas com açúcar.

Quindim

               Coloque água para ferver.
               Feche as forminhas com papel alumínio e prenda com um elástico.
               Coloque dentro de um escorredor de macarrão, feche com mais alumínio e encaixe o escorredor em uma panela, que já deve estar com água fervente.
               Leve ao fogo por 15', espere esfriar, leve para gelar e desenforme gelado.



Peneirando gemas

               Peneirar gemas é muito fácil, mas requer atenção à um simples detalhe:
               Como queremos evitar um cheiro de ovo no quindão assado, precisamos retirar a película que envolve a gema, já que ela é a responsável pelo cheiro de ovo.
               Para isso, coloque as gemas em uma peneirinha e JAMAIS passe a colher na parte interna da peneira porque, se fizer isso, a película que queremos descartar vai passar pela peneira.
               Bata a peneirinha na borda da bacia e passe a colher por baixo da peneira ou raspe a peneira na borda da bacia.
               Despreze a porção de gemas que ficou na peneira.
                Para ver outras receitas de quindão ou pudim acesse o Índice 1.



Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


Nenhum comentário:

Sua opinião sobre o nosso espaço é muito importante.
Por isso sinta-se à vontade para registrá-la. Ou use esse espaço para tirar dúvidas ou deixar sugestões.
Seja sempre bem-vindo(a).