30/11/2012

Pão de alho


Arraste a setinha abaixo e use-a como marcador durante a leitura da receita ou das listas de índice.     

Pão de alho 1

               Conheci o pão de alho há muitos anos, quando frequentava uma pizzaria perto da minha casa com meus filhos ainda pequenos.
                Era uma festa! Era um dos programas que fazíamos constantemente, só nós 4.
                Caminhávamos a pé uma bela distancia, pelas ruas secundárias da Tijuca, ruazinhas arborizadas e muito tranquilas, até chegar à Pça Saens Penna, na feirinha hippie que acontece toda sexta e todo sábado.
                A caminhada fazia parte do prazer e a pizzaria com os pães de alho por aperitivo completavam nosso dia.
                Muitas vezes eu levava os pãezinhos para casa, semiprontos, de alho e de pimenta calabresa.
                Na época nem me lembrei de pedir a receita da pasta de alho.
                Não era simplesmente maionese misturada com alho amassado, mas nem me ocorreu pedir a receita.
                Os filhos cresceram, a vida seguiu seu rumo, meus filhos continuam muito companheiros, mas falta uma.
                Nossos encontros já não serão os mesmos, mas as lembranças, que nos sustentam e nos mantém firmes, com muito amor, me fizeram procurar a receita todos estes anos e consegui.
                Para ver outras receitas de pães acesse o Índice 7.


Pão de alho 2

                Ingredientes:

                - 50 g (1/4 de xícara, das de chá) de açúcar;
                - 30 g de fermento biológico fresco;
                - 500 g de farinha de trigo;
                - 1 colher (das de chá) de sal;
                - 1 colher (das de sopa) de manteiga ou de banha de porco;
                - 2 ovos + 3 gemas;
                - 1/2 xícara (das de chá) de óleo ou azeite;
                - 180 ml (3/4 xícara, das de chá) de leite ou de soro de coalhada.

                Dissolva o fermento no açúcar e misture um pouco de farinha de trigo.

Pão de alho 3

                Coloque esta bacia em um saco plástico, embrulhe em um pano de prato e apoie em uma panela com água morna (Aqueça a água e desligue o fogo. Não queremos que o fermento morra, nem perca o ponto).
                Deixe o fermento descansar por 15'.
                Vai ficar com aparência de esponja marinha.

Pão de alho 4

                Coloque a farinha de trigo restante em uma bacia grande,  abra um espaço no centro e coloque a esponja de fermento.
                 Acrescente os ingredientes restantes, o soro ou leite por último e só até dar ponto, e sove a massa até ficar homogênea e lisa, ± 20'.
                 Faça uma bola de massa e coloque esta bola dentro da bacia, coloque a bacia em um saco plástico, embrulhe em uma toalha de mesa e apoie em uma panela com água morna.
                Também aqui deixe a massa descansar e não se esqueça de NÃO ligar o fogo. Não queremos assar o pão antes de modelá-lo.
                Deixe a massa crescer por ± 1 h.
                Passe a massa crescida para a bancada, torne a modelar uma bola e divida-a ao meio e mais uma vez ao meio.
                Abra cada parte da massa em um retângulo e enrole como rocambole.
                Coloque este rocambole em uma assadeira e deixe crescer, desta vez dentro do forno preaquecido, mas também desligado, por ± 40'.
                 Enquanto estou modelando os pães, costumo ligar o forno baixíssimo por 15'.
                 Desligo o forno, coloco a assadeira com os pães dentro e deixo crescerem.
                 Ligo o forno novamente e asso os pães.

Pão de alho 5

                 Retire-os do forno, espere esfriar, dê talhos paralelos em todo pão, sem cortar as fatias e espalhe uma camada da pasta de alho abaixo entre as fatias (sem separá-las) e sobre todo o pão.
                 Torne a levar ao forno até a pasta derreter e o pão dourar ou embrulhe em filme plástico e leve para congelar, em potes muito bem fechados e sem ar.
                 Eu só solto as fatias de pão depois que elas estão douradas e elas douram internamente também.


Maionese de leite 1
             
                Ingredientes:

                - 200 ml de leite;
                - 3 a 6 dentes de alho;
                - 1 colher (das de sobremesa) de sal;
                - cerca de 400 ml de óleo ou azeite.

                A quantidade de alho vai depender do tamanho de cada dente e do gosto pessoal de cada um.
                Usei 6 dentes de alho médios e ficou no ponto, para mim. Quando faço pão de alho, coloco mais alho para acentuar o sabor.
                Descasque os dentes, corte-os ao meio e retire o cabinho central, se houver. Geralmente só os dentes de alho mais maduros têm este filamento no centro e é ele o maior responsável pelo cheiro forte de alho e também é indigesto. Então despreze-o.

Maionese de leite 2

                Misture o leite e o alho e leve ao fogo.
                Deixe ferver, desligue o fogo, tampe a leiteira e deixe a mistura esfriar.
                Leve à geladeira. Eu até prefiro colocar no congelador até começarem a se formar cristais de gelo. Quanto mais gelado estiver o leite, mais encorpada ficará a maionese.
                Coloque o leite com o alho no liquidificador.
                Tampe e vire a tampinha central. É pelo furinho que existe na tampa que o óleo ou azeite vai ser derramado na quantidade certa. Um dos motivos para a maionese desandar é derramar uma quantidade muito grande (um fio grosso de óleo) de uma vez, o que prejudica a emulsão dos ingredientes. O furinho vai liberando o óleo aos poucos.
                Uma dica: o azeite emulsiona mais rápido e é preciso uma quantidade muito menor do que a de óleo. Geralmente uma receita com óleo leva 400 ml de óleo e com azeite cerca de 250 ml.
                Vá acrescentando óleo ou azeite até que a hélice comece a travar. Isso é normal, é sinal que o líquido já engrossou.
                Pare de acrescentar óleo/azeite e continue com o liquidificador ligado por mais 1 minuto mais ou menos.
                Este tempo batendo vai encorpar um pouco mais a maionese.

Maionese de leite 3
             
               Eu usei os 400 ml de óleo e veja, na penúltima imagem da foto acima, que a maionese ficou bem encorpada.
                Coloque em um pote de vidro com tampa e guarde na geladeira por até 1 semana.
              Você pode variar as coberturas, misturando pimenta calabresa, ervas finas ou queijo ralado no lugar da pasta de alho.
              E pode colocar os pães para dourar a cobertura, na churrasqueira. Para isso, apenas retire os pães do freezer, e embrulhe-os com a cobertura, em papel alumínio, colocando-os na grelha da churrasqueira.
 Para ver outras receitas de pães acesse o Índice 7.

Receba nossas receitas em seu e-mail:


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros

Sua opinião sobre o nosso espaço é muito importante.
Por isso sinta-se à vontade para registrá-la. Ou use esse espaço para tirar dúvidas ou deixar sugestões.
Se desejar incluir uma imagem de uma receita testada ou vídeo ou mesmo usar um emoticon, basta colocar a url da imagem ou vídeo no texto do comentário.
Para achar a url clique na imagem ou vídeo com o botão direito do mouse e depois clique em "Copiar endereço da imagem".
Imagens, vídeos ou comentários ofensivos não serão publicados. Discordar é saudável, ofender não.
Propagandas e links externos também não serão publicados.
Seja sempre muito bem-vindo(a).

Nenhum comentário: