26 de set de 2013

Bolo cremoso de tangerina


Bolo cremoso de tangerina 1


               Este bolo é maravilhoso.
               A casca da tangerina na massa confere uma textura macia e aerada muito especial.
               Mas devo confessar: é realmente trabalhoso.
               É preciso retirar todas as sementes da tangerina carioquinha e preparar muito bem preparada a casca para que não fique nenhum amargor.
               É trabalhoso, mas vale muiiiiito a pena! É delicioso!



Bolo cremoso de tangerina 2


               Ingredientes:

               - 9 tangerinas sem casca;
               - casca de 4 tangerinas carioquinha;
               - 2 l de água filtrada;
               - 2 colheres (das de sobremesa) de bicarbonato de sódio;
               - 1 xícara (das de chá) de suco de tangerina concentrado (feito com as 9 tangerinas);
               - 4 ovos;
               - 1/2 xícara (das de chá) de óleo;
               - 2 xícaras (das de chá) de açúcar;
               - 2 xícaras (das de chá) de farinha de trigo;
               - 1/2 xícara (das de chá) de maisena;
               - 1 colher (das de sopa) de fermento em pó;
               - 1 colher (das de chá) de sal;
               - Calda:
               - 2 xícaras (das de chá) de suco de tangerina concentrado (feito com as 9 tangerinas);
               - 3 cravos;
               - 1 colher (das de sopa) de maisena;
               - 3 colheres (das de sopa) de açúcar.

               Como já disse, as tangerinas e as cascas devem ser muito bem tratadas para não ficar amargo.
               É preciso cozinhar as cascas e fazer o suco com os gomos das tangerinas.

Bolo cremoso de tangerina 3


               Higienize muito bem as frutas.
               Descasque as tangerinas e reserve a casca de 4 delas.
               Corte as cascas destas 4 bem fininhas, como se estivesse fazendo couve à mineira. Quanto mais finas as tiras ficarem, maiores serão as chances de se retirar todo amargor das cascas.
               Coloque as cascas em uma panela grande, acrescente os 2 l de água e o bicarbonato de sódio.
               Leve ao fogo para cozinhar por 10', vigiando porque, quando começa a ferver, o bicarbonato forma muita espuma.
               Quando as cascas estiverem bem cozidas, coloque-as em uma peneira e lave em água corrente até que toda a água saia transparente.
               Note que assim que sai do fogo, a água das cascas está bem laranja e depois de lavadas a água está transparente.
               Reserve estas cascas.
               Retire todas as sementes e fiapos de cada gomo das tangerinas.
               Se possível, retire até mesmo a pele que envolve os gomos para não correr o riscode ficar algum fiapo ou semente.
               Coloque estes gomos no liquidificador e pulse até formar uma pequena quantidade de suco, depois bata até todos os gomos virarem suco.
               NÃO é preciso acrescentar água.
               Passe o suco por uma peneira.
               Retire 1 xícara de suco concentrado para o bolo e 2 xícaras para a calda.
               Coloque a farinha, a maisena, o fermento e o sal em uma bacia.

Bolo cremoso de tangerina 4

               No copo do liquidificador coloque o óleo, os ovos e 1 das xícaras de açúcar.
               Bata por 6'.
               Acrescente as cascas de tangerina e o primeiro copo de suco no liquidificador e pulse para misturar muito bem.
               Desligue o liquidificador e despeje esta mistura sobre a mistura de farinha, maisena, fermento e sal, misturando com um fouet ou uma colher.
               Despeje em uma fôrma de 20 cm Ø, untada e enfarinhada e leve ao forno médio, preaquecido, por 40 minutos ou até que ao enfiar um palito, este saia limpo.



Bolo cremoso de tangerina 5


               Calda

               Leve ao fogo médio todos os ingredientes da calda, mexendo até engrossar e retire os cravos.

Bolo cremoso de tangerina 6


               Desenforme o bolo, espere amornar e regue com a calda ainda morna.
               A calda fica mais encorpada à medida que esfria.Por isso, deixe-a amornar um pouco, para que ela não escorra toda pelas laterais, mas não deixe esfriar totalmente para que ela deslize de forma homogênea.
               Espere esfriar e sirva.
               Coloque a calda que sobrar em uma molheira ou em uma taça e sirva à parte.

Para ver outras receitas de bolos, molhos e caldas acesse o Índice 2.




Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


4 comentários:

  1. Parece delicioso, apesar do trabalho que parece ter vou experimentar sim, pois adoro desafios na cozinha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É trabalhoso sim, mas como compensa.
      Sempre tive muito receio de bolos feitos com a casca de cítricos porque podiam ficar muito amargos.
      E preparando a casca desta maneira o sabor fica perfeito e a massa ganha uma leveza maravilhosa.
      Vale a pena.
      Que bom que você gosta de desafios, rsrsrsrs.
      Beijos.

      Excluir
  2. Gisele, não sei em que momento você coloca as cascas. E também fiquei na dúvida se devo misturar os secos com o creme batido no liquidificador apenas levemente ou se misturo os secos ainda no liquidificador. Pela imagem parece que só na bacia, mas no texto você não diz.
    Muito obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada por me mostrar as falhas do texto, mas como você mesma disse as imagens mostram as respostas que você quer.
      Note que na terceira imagem da foto há um certo volume no copo do liquidificador e há uma taça com as cascas e um copo com o suco na frente. Já na imagem seguinte nem a taça, nem o copo aparecem e o volume do liquidificador aumentou.
      E você interpretou certo a imagem seguinte: o creme do liquidificador é despejado sobre a mistura de farinha, maisena, fermento e sal.
      Mais uma vez, obrigada.
      Beijos.

      Excluir

Sua opinião sobre o nosso espaço é muito importante.
Por isso sinta-se à vontade para registrá-la. Ou use esse espaço para tirar dúvidas ou deixar sugestões.
Seja sempre bem-vindo(a).