16 de abr de 2014

Rosca Penha


Rosca Penha 1

               Sempre fui apaixonada por estas rosquinhas de massa bem seca e cobertas com açúcar craquelado.
               Na minha infância elas sempre estiveram presentes, mas nunca reparei em seu nome. Simplesmente procurava o pacote e levava para casa.
               Elas eram até mesmo ligeiramente aeradas.
               E o craquelado do açúcar ainda as deixavam mais atraentes.

Rosca Penha 2

               Um dia, achei a imagem acima, guardei e resolvi procurar a receita a partir da imagem.
               Foi então que descobri o nome da simpática rosquinha: rosca Penha.
               Mas só achei a receita em um blog, o Na varanda com Lanynha.
               Pena que descuidei na hora de preparar a calda e a minha não ficou como deveria, apesar de ter ficado deliciosa.
               De uma forma ou de outra, valeu muito fazer as rosquinhas.
               Para ver a receita na varanda da Lanynha, clique aqui.




Rosca Penha 3

               Ingredientes:

               - 50 g de fermento biológico fresco ou 20 g de fermento biológico seco;
               - 2 copos (tipo requeijão) de leite morno;
               - 1 pitada de sal;
               - 1 copo (tipo requeijão) de açúcar;
               - 1 kg de farinha de trigo;
               - 1/2 copo (tipo requeijão) de óleo;
               - 1 colher (das de sopa) de manteiga;
               - 4 ovos inteiros.
               Calda:
               - 1 copo (tipo americano) de açúcar refinado;
               - 1/2 copo (tipo americano) de água.

               Bom, eu prefiro usar o fermento biológico fresco, mas desta vez usei o seco/granulado.
               Este fermento deve ser misturado à farinha, antes de acrescentar os ingredientes restantes, para que a mistura fique bem homogênea e a massa cresça por igual.

Rosca Penha 4

               Misture a farinha, o fermento e o açúcar (para saber como proceder com o fermento fresco leia Segredos para fazer um pão de qualidade).
               Acrescente o sal, a manteiga, os ovos e o óleo e misture.
               Por fim, comece a juntar o leite até formar uma massa não muito líquida.
               Nem sempre vai todo o leite.
               Passe a massa para uma bancada e sove até não grudar mais nas mãos e formar uma massa leve.

Rosca Penha 5

               Coloque esta bola de massa em uma bacia, coloque a bacia em um saco plástico, embrulhe-a em uma toalha de mesa e coloque-a sobre uma panela com água morna.
               NÃO coloque no fogo, apenas sobre uma panela com água morna, para ativar a fermentação.
                E deixe o conjunto abrigado do vento e correntes de ar.
                Deixe fermentar por 1 h, ±.
                Modele as rosquinhas e coloque-as em assadeira untada com óleo.
                Pincele 1 gema nas rosquinhas e leve para assar até começar a dourar.
                E foi aqui que eu cometi o erro que pode ter comprometido o visual das minhas rosquinhas, mas não o sabor.
                A receita pede que se ferva o açúcar com a água até formar uma calda rala.
                Eu apenas misturei o açúcar e a água, sem levá-los ao fogo.
                Enfim, calda quente ou calda fria, retire as rosquinhas da assadeira, passe-as na calda de açúcar e torne a colocar na assadeira e no forno até dourarem mais um pouco e a calda secar.
                Imperdíveis!



Calda para rosca penha 1

                Finalmente consegui!!!!!!
                Consegui fazer a casquinha branca que tanto gosto na rosca penha.
                O segredo é preparar uma calda em ponto de fio.
                E como fiz várias rosquinhas ao invés de uma rosca grande, precisei fazer a calda com 2 xícaras, das de chá, de açúcar e 1 xícara, das de chá, de água.

Calda para rosca penha 2

                Misture o açúcar com a água, fora do fogo, ligue o fogo e não mexa mais na panela, para que a calda não açucare antes do tempo.
                Faça a calda assim que colocar as rosquinhas no forno porque, quando a calda chegar no ponto, as rosquinhas também já estarão prontas para recebê-la.
                Retire a assadeira do forno, passe cada rosquinha na calda e torne a colocá-la na assadeira.
                Torne a levar a assadeira ao forno e fique vigiando.
                Assim que uma casquinha branca se formar, retire a assadeira do forno.
                Se deixar por muito tempo no forno a cobertura de açúcar desmanchará.
                Note as rosquinhas do alto da assadeira. São as que estavam no fundo do forno, a área mais quente.
                Veja abaixo, a diferença entre as que ficaram na parte mais quente e as que ficaram próximas à porta do forno.
                Se quiser as rosquinhas mais parecidas com as industrializadas, vigie para retirá-las no tempo certo (veja a segunda linha de rosquinhas, contando do alto para baixo, na última imagem).

Calda para rosca penha 3


Para ver outras receitas de massa básicas, pães e panetones acesse o Índice 7.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


6 comentários:

  1. Hummmm ...que delicia Gisele!
    Receita anotada,obrigada bomdia!


    Ana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ana.
      Que bom que gostou! Elas são mesmo uma delicia. :w
      Seja sempre bem-vinda.
      Beijos.

      Excluir
  2. Que Delicia... Beijos
    :v:i:v:i:a:n:e

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Viviane.
      Concordo plenamente :d.
      Beijos.

      Excluir
  3. Olá! Eu não se você vai ver meu comentário mas preciso da sua ajuda! Eu tentei fazer a tão deliciosa "Rosca da Penha" porém, ela não ficou igual a que vem no saquinho. Eu peço para que façam um vídeo explicando como faz essa rosca, pois eu adora muito ela mas não consigo fazer. Obrigada pela atenção!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá. Isabebe.
      Também acho a Rosca Penha muito gostosa, por isso batalhei até acertar.
      Mas sinto informar que fazer vídeos não está nos nossos planos, não.
      Pelo menos não à médio ou curto prazo.
      Refaça com calma, observando cada etapa, o que deu certo e o que não deu.
      O meu forno por exemplo, aquece mais no fundo (preciso regular meu forno) o que faz com que a calda de açúcar não fique igual à da rosca. O excesso de calor derrete a calda. Então eu uso formas menores e as deixo bem na frente do forno.
      Sinto não poder atender ao seu pedido de um vídeo.
      Beijos.

      Excluir

Sua opinião sobre o nosso espaço é muito importante.
Por isso sinta-se à vontade para registrá-la. Ou use esse espaço para tirar dúvidas ou deixar sugestões.
Seja sempre bem-vindo(a).