10 de dez de 2014

Árvore de natal de casquinha de sorvete



Árvore de natal de casquinha de sorvete 1

                Hoje preparei dois pinheirinhos para completar uma decoração natalina feita em açúcar.
                Não trabalho com frequência com glacês, mas gosto de fazer uma coisinha ou outra, para decoração, principalmente em épocas festivas.
                Trabalhar com glacês é como qualquer outra arte: precisa de prática diária.
                Mas até que não me sai mal, não.
                E o bico que escolhi para fazer as árvores facilitou meu trabalho.



Árvore de natal de casquinha de sorvete 2


                Ingredientes:

                - cones para sorvete (138 ou 105 g);
                - glacê real na cor verde ou branca;
                - confeitos coloridos em formato de estrelinha ou mini confete;
                - tapetinhos para doces de 11 cm de diâmetro;
                - manga de confeitar;
                - bico chuveirinho ou folha ou babado.

                Prepare o glacê como explicado abaixo e tinja com corante em pó verde.
                O corante em pó, neste caso, é o melhor porque não altera o ponto do glacê.

Árvore de natal de casquinha de sorvete 3

                Cubra toda a casquinha com uma camada fina de glacê, para dar sustentação à camada feita com o bico de confeitar.
                Esta camada não precisa ficar bem lisa, mas deve ficar uniforme para não criar deformidades na "copa" feita com babados de glacê. Apesar de que as formas variadas dos galhos das árvores naturais são um charme a mais.
                Apoie a casquinha já coberta em um tapetinho para doces e apoie o conjunto em uma placa ou prato apoiado sobre um copo, para facilitar o trabalho.
                Como eu disse antes, faz muito tempo que não pratico com bicos de confeitar, então optei pelo bico de babado pela facilidade de usá-lo.
                Faça babados em camadas circulares, começando pela base da árvore. A parte mais larga do bico de babado fica para baixo.
                Para fazer a segunda camada de babados e as demais, posicione o bico de tal forma que o final dele fique na metade do babado anterior.
                Pressione a manga de confeitar até formar 2 ou 3 pregas e comece a girar a base onde está apoiada a casquinha de sorvete. Faça estes movimentos até fechar o circulo de babado, pare de pressionar e afaste a manga de confeitar.
                Faça a camada seguinte de babados e continue até chegar no topo.
                Na árvore feita com a casquinha maior a última camada de babados coincidiu com o topo da casquinha.
                E na árvore feita com a casquinha menor, o espaço no topo não comportava um novo babado. Então apenas girei a manga de confeitar para fazer um círculo de glacê, escondendo o topo da casquinha e preparando o espaço para receber a estrelinha de arremate.
                Aplique estrelinhas ou confeitos coloridos por toda a árvore.
                Deixe secar em lugar protegido da umidade.


Glacê real 1

              Glacê real:

              - 1 clara;
              - suco de 1 limão;
              - 500 g de açúcar de confeiteiro;
              - opcional: 1/2 colher (das de sobremesa) de ácido cítrico.

             O ácido cítrico, em geral, é o substituto do suco de limão, mas gosto muito de fazer o glacê só com o suco.
             Mas o ácido cítrico deixa o glacê mais sequinho.
             Então eu optei por incluir 1/2 colher de ácido cítrico.
             Para colorir pode-se usar corante em gel (1), corante líquido (2) ou corante em pó (3).
              Para fazer os pinheirinhos usei corante em pó.

Glacê real 2

            
             Peneire os ingredientes secos porque tanto o açúcar de confeiteiro, quanto o ácido cítrico costumam empedrar.
             Acrescente a clara de ovo, o suco de limão e bata por 8' a 10'.
             Pode colocar corante a gosto ou separar porções do glacê e tingi-las separadamente, de acordo com a necessidade.
             O glacê deve ficar pastoso o suficiente para passar com facilidade pelo bico de confeitar e firme o suficiente para não perder a forma modelada pelo bico de confeitar.
             Se ficar muito mole, acrescente mais açúcar.
             Se ficar muito firme acrescente mais suco de limão ou água filtrada, às colheradas.
             Enquanto você trabalha com o saco de confeitar, mantenha a tigela com o restante do glacê coberta com pano de prato úmido, porque o glacê resseca em contato com o ar.
             Ou guarde em potes bem fechados.
             E quando colocar o glacê nas mangas de confeiteiro, proteja os bicos também com pano úmido, enquanto não estiver usando, para que o glacê não resseque, entupindo os bicos.
Para ver outras receitas de bolos, caldas, recheios e coberturas acesse o Índice 2.




Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


4 comentários:

  1. Adorei.Tudo que precisava esta aqui.Parabéns Mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Nilda.
      É um grande prazer compartilhar e ajudar. Fico muito feliz em saber que atingimos nosso objetivo.
      Muito obrigada pelo carinho e seja sempre bem-vinda.

      Excluir
  2. Adorei esse blog!
    É o meu preferido! uma verdadeira escola de confeitaria!
    Parabéns pelo belíssimo trabalho! É muito profissional!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pelo carinho de suas palavras. É muito prazeroso saber que estamos ajudando e agradando.
      Seja sempre bem-vinda(o).
      Marine e Gisele.

      Excluir

Sua opinião sobre o nosso espaço é muito importante.
Por isso sinta-se à vontade para registrá-la. Ou use esse espaço para tirar dúvidas ou deixar sugestões.
Seja sempre bem-vindo(a).