4 de dez de 2014

Sorvete de merengue com calda de maracujá e morangos



Sorvete de merengue 1

                Um sorvete prático e rápido.
                Uma sobremesa simples que certamente vai encantar.
                Apesar de levar suspiro na massa, surpreendentemente o sorvete não é tão doce.
                Sirva com a calda de maracujá e gengibre e frutas frescas à escolha.
                Uma ótima escolha para as ceias de fim de ano.



Sorvete de merengue 2


                Ingredientes:

                - 300 ml de creme de leite fresco;
                - 30 g de chocolate amargo ou 1/2 amargo picado ou ralado;
                - 1 colher (das de sopa) de rum ou licor de cacau;
                - 100g de suspiros;
                - opcional: 250g de framboesas ou outra fruta vermelha.

                Bata o creme de leite hiper gelado até engrossar, mas sem deixar chegar a chantilly agora.

Sorvete de merengue 3

                Acrescente o rum ou licor e volte a bater, agora sim, até o ponto de chantilly.
                Pique o chocolate frio e jogue na mistura, já fora da batedeira.
                Mexa rapidamente e, em seguida, coloque os suspiros quebrados com as próprias mãos.
                Misture o suspiro ao creme com leveza.
                Cubra uma forma de bolo inglês com filme plástico, deixando sobrar um pouco nas bordas para cobrir a massa e para retirar o bolo com facilidade depois de congelado.
                Coloque a massa na forma, feche o filme plástico cobrindo toda a massa e leve para gelar por 12 h.
                Desenforme o sorvete, passando a forma muito rapidamente por água corrente (não deixe a água tocar no sorvete) só para soltar o sorvete do fundo (o meu soltou-se bem rápido).
                Retire o filme plástico e corte em fatias.
                Os suspiros dão uma textura perfeita ao sorvete e e muito fácil fatiá-lo.
                Arrume em uma travessa, espalhe calda de maracujá com gengibre (ou outra de sua preferência) e decore com frutas frescas a gosto.
                Sirva a seguir.


Suspirão 1

             Suspiros

              - 1 copo (tipo requeijão) de claras, mais ou menos 7 claras;
              - 2 copos (tipo requeijão) de açúcar refinado;
              - 1 1/2 copos (tipo requeijão) de açúcar de confeiteiro.

             Coloque as claras com o açúcar refinado em uma panela e leve ao fogo, em banho-maria, mexendo sempre até dissolver o açúcar.


Suspiros

             Forma-se uma camada fina de espuma na superfície e o açúcar é todo dissolvido na clara.
             Passe para a batedeira e bata até o ponto de suspiro.
             Acrescente o açúcar de confeiteiro e bata mais um pouco, para misturar o açúcar.
             Se gostar, acrescente raspas de casca de limão ou de laranja ou uma colher (das de chá) de essência a gosto.
            Coloque em saco de confeitar, bico pitanga, e modele sobre assadeira forrada com papel manteiga, papel sulfite ou papel toalha.

Suspiros

             Forno baixíssimo, porta entreaberta com auxilio de uma colher de pau, mais ou menos 1 h e 15'.
                 Para fazer suspiros maiores, basta pressionar o bico pitanga até atingir a largura desejada e depois afastar, sem parar de pressionar a massa de suspiro, o bico até que a massa atinja a altura desejada.

Suspirão 2
 
                Este suspiro leva 2 h 15' para ficar pronto, ±.



Calda de gengibre e maracujá 1

                Calda de maracujá e gengibre

                - 1 garrafa de 500 ml de suco de maracujá concentrado;
                - 1 3/4 xícaras (das de chá) de açúcar cristal;
                - 1/2 xícara (das de chá) de gengibre cristalizado.

                Prepare a trouxinha de gengibre.

Calda de gengibre e maracujá 2

                Coloque todos os ingredientes em uma panela alta ou grande e larga.
                Vigie porque a calda espuma muito e pode derramar.
                Deixe cozinhar até encorpar bem.
                Os sinais são: a calda começa a formar menos espuma e ela demora mais para subir.
                Para saber se já chegou em ponto de calda, do tipo um mel forte, mergulhe uma colher e retire uma porção da calda.
                Deixe a colher amornar e puxe a calda com os dedos.
                Junte e afaste os dedos.
                Aqui a calda deve formar um fio que se rompe logo em seguida, deixando duas gotículas de calda, uma em cada dedo.
                Esse é o ponto ideal.
                Quando a calda esfriar totalmente ela vai encorpar mais.
                Se quando esfriar você sentir que a calda poderia estar mais rala, coloque um pouquinho de água ou mais suco e leve para levantar fervura.
                Se estiver rala demais para seu gosto, torne a levar ao fogo sem acrescentar nada e deixe ferver mais um pouco.





Sorvete de merengue com frutas vermelhas 1


                A minha irmã Leticia já chegou alterando a receita e ficou muito bom.
                Com certeza toda e qualquer receita pode e deve ser adaptada ao gosto pessoal e/ou familiar.
                Eu já tinha congelado amoras para fazer compotas e geleias no final de ano e ela ainda comprou uma geleia de cassis com cerejas.
                Ficou perfeito.

Sorvete de merengue com frutas vermelhas 2

                Então, se quiser fazer o mesmo, depois de bater o creme em chantilly, misture amoras em calda e a geleia de cassis e cerejas.
                Depois misture os suspiros quebrados e coloque na forma.
                Leve para gelar.
                Ferva amoras com açúcar até formar uma calda grossa.
                Não precisa acrescentar água porque as amoras soltam muito suco.
                Deixe esfriar e sirva com o sorvete.

Sorvete de merengue com frutas vermelhas 3


Para ver outras receitas de sorvete e técnicas acesse o Índice 1.






Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


Nenhum comentário:

Sua opinião sobre o nosso espaço é muito importante.
Por isso sinta-se à vontade para registrá-la. Ou use esse espaço para tirar dúvidas ou deixar sugestões.
Seja sempre bem-vindo(a).