15 de jun de 2016

Bolo de beterraba no pote


Bolo de beterraba no pote 1

                Os bolos em pote são muito práticos não só para as festas mais informais, como também para se levar como um lanche prático para todo lugar, mas também são ótimos porque o pote fechado conserva a umidade do bolo, mantendo-o saboroso por mais tempo.
                E se o recheio ficar um pouco mais cremoso do que deveria o próprio pote evita que ele escorra pelas laterais do bolo, fazendo com que a massa absorva todo o excesso de umidade, ganhando em sabor.
               Pode-se usar potes de vidro (os melhores) ou de acrílico ou de plástico descartável.
               Depois de fazer o bolo red velvet e descobrir que na época da grande depressão este bolo era feito com beterraba, resolvi fazer este bolo de pote com beterraba e coalhada seca no recheio.

Bolo de beterraba no pote 2
 
                Massa:

                - 4 beterrabas médias;
                - 4 ovos;
                - 3 xícaras (das de chá) de farinha de trigo;
                - 2 xícaras (das de chá) de açúcar;
                - 1/2 xícara (das de chá) de óleo;
                - 1 xícara (das de chá) de soro de coalhada ou leite;
                - 1 colher (das de café) de sal;
                - 1/2 colher (das de café) de bicarbonato de sódio;
                - 1 colher (das de sopa, rasa) de fermento químico em pó.

                Rale 2 beterrabas no ralo grosso e pique as outras 2 em cubinhos.
                Em uma bacia misture a farinha de trigo, o sal, o fermento e o bicarbonato.

Bolo de beterraba no pote 3

                Bata o óleo, as beterrabas em cubinhos, os ovos e uma das xícaras de açúcar no liquidificador por cerca de 6 minutos.
                Misture as beterrabas raladas e a outra xícara de açúcar na mistura de farinha.
                Despeje a mistura do liquidificador e, por fim, o soro da coalhada ou o leite.
                Fiz a coalhada seca conforme a receita no final desta postagem para usar a coalhada no recheio. Então aproveitei o soro para fazer o bolo. Mas se quiser o recheio com cream cheese, use o leite integral no lugar do soro.
                Misture bem e coloque em assadeira untada e enfarinhada.
                Leve para assar em forno médio até que enfiando um palito no centro do bolo, este saia limpo.
                Gosto de assar sempre uma parte do bolo em uma forma menor e congelar esta massa pronta para preparar sobremesas de última hora.


                Recheio:

                - coalhada seca feita com 2 litros de leite ou 2 potes de cream cheese;
                -  2 xícaras (das de chá) de açúcar;
                - 1/2 caixinha de leite condensado (ou use 1 caixinha de 200ml);
                - 1 colher (das de sobremesa) de emulsificante;
                -  2 colheres (das de sopa) de gelatina incolor sem sabor;
                - 1/4 xícara (das de chá) de água filtrada.

                Hidrate a gelatina na água filtrada.

Bolo de beterraba no pote 4

               Coloque a coalhada ou o cream cheese na batedeira junto com o açúcar, o leite condensado e o emulsificante e bata por 5 minutos.
               Enquanto isso leve a gelatina hidratada ao fogo para dissolvê-la.
               Com a batedeira ainda ligada, despeje a gelatina e bata por mais 3 minutos.
               Leve para gelar por 1 hora.


                Montagem:

                Escolha a calda que vai usar (pode ser calda de especiarias ou um licor que combine ou outra calda que você pode escolher aqui no Índice 2).
                Aqui no Índice 2 você vai encontrar várias listas de links, inclusive das postagens com receitas de massa básica para bolo e pão de ló, como também de recheios e molhos e caldas doces. Acesse o Índice 2 e monte os teus próprios bolos, variando a massa, o recheio e a calda.
                Escolhida a calda, coloque-a em uma garrafinha squeeze.

Bolo de beterraba no pote 5

                A garrafinha squeeze é aquela que tem um bico especial para que, quando a garrafinha for apertada, o líquido saia em um jato direcionado, sem desperdício. Geralmente é usada por quem se exercita seja na academia, seja na ciclovia ou mesmo por aqueles que tem a consciência que o corpo deve estar sempre bem hidratado.
               A garrafinha squeeze é muito útil tanto na rua, quanto na cozinha.
               Aqui eu tive uma surpresa bem desagradável.
               Já falei que costumo congelar bolos para ter sempre algo à mão para preparar uma sobremesa ou um lanche de última hora.
               Congelei o bolo red velvet, que publiquei semana passada, e este bolo de beterraba, ambos por 3 meses.
               O bolo red velvet manteve a sua cor depois de congelado, mas o bolo de beterraba perdeu a sua cor. Na verdade a cor "escorregou" toda para as bordas e a parte superior do bolo. Pelo menos descobri  que o bolo de beterraba não pode ser congelado se quisermos manter a sua linda cor.
               Enfim, ele estava próprio para o consumo, então resolvi usá-lo mesmo assim.
               Recorte uma tampa para deixar o bolo reto na parte de cima.
               Escolha um cortador redondo que tenha o mesmo diâmetro dos potes que você vai usar e recorte discos do bolo em número condizente com o nº de potes que vai preparar.
               Use as sobras para fazer brigadeiro de padaria, cake pop ou para fazer outros bolos de pote.

Bolo de beterraba no pote 6

                Corte cada disquinho ao meio, obtendo 2 discos, e depois ao meio novamente, obtendo 4 meias luas.
                Coloque a primeira meia lua dentro do pote e depois encaixe a segunda meia lua. Se quiser colocar o disco inteiro no pote você vai precisar escolher um pote de tampa larga (sem "pescoço") ou um pote cuja tampa tenha a mesma largura que o fundo. Esse cuidado serve também para o caso de você querer formar camadas uniformes de bolo e de recheio. Quando o pote tem "pescoço" (esta curvinha logo abaixo do gargalo) precisamos entrar com a massa de bolo enviesada, o que faz com que o bolo puxe o recheio, formando camadas irregulares. O que não fica feio, dá até um movimento interessante. Ficam ai as duas opções. Uma terceira opção é esfarelar todo o bolo e fazer camadas uniformes de farelo.
                Se ficarem espaços entre as duas meias luas, preencha este espaço com farelo de bolo.
                Regue a massa com a calda e coloque uma camada de recheio, usando uma manga de confeiteiro com bico perlê, aquele mais básico.
                Coloque a segunda camada de massa, regue com a calda e finalize com outra camada de recheio.
                Se gostar coloque uma camada de confeitos coloridos e feche o pote.
                Escolha um retalho de algodão estampadinho para fazer o acabamento dos potes.
                Meça o diâmetro dos discos, deixando folga para que esta cobertura forme uma abinha.

Bolo de beterraba no pote 7

                Use um molde (pode ser um pratinho que tenha o mesmo diâmetro definido) e risque pelo avesso em nº igual ao de potes.
                Recorte os discos de tecido usando uma tesoura de picotar.
                Coloque um disco de tecido sobre a tampa de um dos vidros e fixe com um elástico, destes usados para fechar embalagens ou prender dinheiro (compre elásticos só para isso, não reutilize os que já foram usados para prender dinheiro). O elástico vai manter o tecido no lugar enquanto você prende a fita de cetim.
                Corte pedaços de fita de cetim nº 1 no comprimento que dê para amarrar uma colherinha de plástico e fazer um lacinho.
                Amarre a fita de cetim e retire o elástico.

Bolo de beterraba no pote 8

                Prenda a colherinha de plástico e finalize com um lacinho.
                Guarde os potes na geladeira por até 7 dias.
                Se for vender não se esqueça de colocar uma etiqueta com os dados como: tipo da massa do bolo, recheio, calda, data de fabricação e prazo de validade.


Bolo de beterraba no pote 9

              Coalhada seca:

              - 3 l de leite tipo B;
              - suco de 6 a 8 limões;
              - 3/4 xícara (das de chá) de vinagre;
              - 3 colheres (das de sobremesa, rasas) de sal.

              Misture os 4 ingredientes e leve ao fogo, deixando aquecer até que o soro esverdeado comece a se soltar.
              Desligue o fogo.

Bolo de beterraba no pote 10
 
              Embrulhe em uma toalha de mesa e deixe esfriar.
              Coloque um pano de sacaria dentro de um escorredor de macarrão e despeje esta mistura.

Bolo de beterraba no pote 11
 
              Deixe dessorando por 12 h ou 24 h, dependendo da cremosidade desejada.
              Passe para um pote e use o soro para fazer bolos ou pães. Rende 750 g.
              Se quiser uma coalhada mais seca, parecendo ricota com mais sabor, use apenas o vinagre, que pode ser o de maçã ou de vinho tinto.
              Se quiser uma coalhada mais cremosa, parecendo aqueles queijinhos cremosos, Filadélfia e Cotage, diminua a quantidade de vinagre, aumente a quantidade de suco de limão e deixe dessorando apenas por 10 a 14 h. A propósito, citei os queijos Filadélfia e Cotage apenas como referência de textura. Não há a menor pretensão de fazer um genérico destes queijos.
Para ver outras receitas de bolos, caldas, recheios e coberturas acesse o Índice 2.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


Nenhum comentário:

Sua opinião sobre o nosso espaço é muito importante.
Por isso sinta-se à vontade para registrá-la. Ou use esse espaço para tirar dúvidas ou deixar sugestões.
Seja sempre bem-vindo(a).