12 de out de 2016

Pipocas doces



Pipocas doces 1
                 Sou carioca e como tal gosto mais das pipocas carameladas só com açúcar, diferente dos pipoqueiros paulistas que gostam das pipocas coloridas com corante.
                 Na verdade, em muitos doces é preciso usar corantes, mas tenho uma certa resistência a eles e sempre que possível procuro usar os corantes naturais resultantes de algumas frutas e verduras.
                 Mas não há como negar que uma mesa bem colorida faz a alegria da criançada e dos adultos também.
                 Então vamos abrir uma exceção e preparar pipocas de várias cores e/ou sabores.
                 É só uma vez ao ano, né?
                 E como falar em pipocas doces sem lembrar das pipocas de chocolate?

                O ideal para se fazer em casa é preparar uma panela de pipoca com 100 g de milho de cada vez.
                100 g de milho = 5 colheres, das de sopa = 1/2 xícara, das de chá.

Pipocas carameladas da Gisa 1
                Pipoca caramelada da Gisa:

                - 100 g de milho para pipoca;
                - 1 colher (das de sopa) de óleo;
                - 1 colher (das de sobremesa) de manteiga;
                - 3/4 xícara (das de chá) de açúcar refinado.

                Aqueça o óleo e a manteiga.
                Junte o milho, tampe a panela e deixe a pipoca estourar, sacudindo a panela de vez em quando, para que as pipocas não queimem.
Pipocas carameladas da Gisa 2
                Passe as pipocas para uma bacia.
                Coloque o açúcar na panela em que acabou de estourar as pipocas. A gordura que ficou no fundo vai ajudar a caramelizar as pipocas.
                Caramelize o açúcar mexendo sempre, para que o açúcar não queime.
                Quando o açúcar caramelizar, desligue o fogo, junte as pipocas e misture bem para envolver todas elas no caramelo.
                Passe para uma tigela, soltando as pipocas que estiverem grudadas.


Pipocas doces 2
                 Pipoca com gelatina

                 - 1/2 xícara de milho de pipoca;
                 - 1 colher (das de sopa) de óleo;
                 - 1 colher (das de sopa) de manteiga;
                 - Calda:
                 - 3 colheres (das de sopa) de água;
                 - 1 xícara de açúcar;
                 - 1 sachê de gelatina do sabor desejado.

                 Aqueça a manteiga e o óleo.
                 Estoure o milho de pipoca.
                 Passe a pipoca para uma tigela
                 Prepare uma calda com a água, o açúcar e a gelatina, levando os ingredientes ao fogo e deixando ferver.
Pipocas doces 3
                 Deixe ferver um ou dois minutos, até a calda secar um pouco para que o excesso de líquido não faça a pipoca murchar.
                 Acrescente as pipocas já estouradas, mexendo sem parar.
                 Continue mexendo até que todas as pipocas fiquem coloridas e bem sequinhas.
                 Coloque em uma tigela e sirva.
                 Varie as cores e sabores de gelatina e deixe a mesa bem colorida.


Pipocas doces 4
                 Pipoca colorida

                 Ingredientes:


                 - 1/2 xícara de milho de pipoca;
                 - 1 colher (das de sopa) de óleo;
                 - 1 colher (das de sopa) de manteiga;             
                 - 3/4 xícara (das de chá) de açúcar cristal comum ou colorido ou refinado;
                 - 3 colheres (das de sopa) de água;
                 -  gotas de corante.

                 Aqueça a panela, coloque o óleo e a manteiga e junte o milho para pipoca.
Pipocas doces 5
                 Estoure as pipocas, passe-as para uma bacia e reserve.
                 Coloque a água, o açúcar e o corante na panela e deixe ferver.
                 Junte as pipocas e misture, sem parar de mexer, até as pipocas ficarem sequinhas e totalmente coloridas.


        
                  Bola de pipoca
Receitas de todos nós
                 Prepare as pipocas como descrito acima e reserve.
                 Misture o açúcar, a água e o corante na panela e deixe ferver.
Receitas de todos nós
                 Ferva até a calda chegar em ponto de bala dura.
                 Verifique o ponto colocando uma colher da calda em um copo com água.
                 Retire a massa do fundo do copo e modele uma bolinha, mergulhando a bolinha na água gelada até que resfrie totalmente. Depois de retirar a bolinha da água, ela deve manter a forma.
                 Coloque as pipocas estouradas na panela com a calda e mexa até misturar bem.
                 A minha calda sempre açucara e assim não dá para modelar bolas.
                 Então eu religo o fogo baixíssimo e mexo até que a calda torne a ficar líquida.
                 Passe as pipocas para uma bacia e modele bolinhas um pouco maiores do que bolinhas de tênis.
                 Atenção! A calda de caramelo queima muito. Então muito cuidado.
                 É preciso trabalhar rápido porque se a calda esfriar não vai dar mais para grudar as pipocas, mas deixe a calda chegar em uma temperatura suportável.


Pipoca com chocolate do Auli Junior 1
                Pipoca com chocolate do Auli Junior:

                 -  100 g de milho para pipoca;
                 - 1 colher (das de sopa) de manteiga;
                 - 2 colheres (das de sopa) de água;
                 - 2 colheres (das de sopa) de açúcar;
                 - 2 gotas de vinagre;
                 - 1 colher (das de sopa) de chocolate em pó.

                 Aqueça bem a panela,
                 Jogue um pouco de milho, a manteiga, a água, o açúcar e o vinagre.
Pipoca com chocolate do Auli Junior 2
                 Deixe ferver dois ou três minutos,
                 Acrescente o chocolate em pó, misture bem e tampe a panela, sacudindo-a de vez em quando, até todo milho estourar.

                 Esta pipoca deve ser feita em pipoqueira, que pode ser de alumínio mesmo, mas tem que ter o misturador.
                 Como o caramelo é mais pesado que a pipoca, ele se concentra no fundo e pode queimar antes de todo o milho virar pipoca.
                 Só faça em panela comum se você tiver muita prática, porque caramelo queimado é nocivo à saúde, além de amargar.


Pipoca de chocolate da Gisa 1
                 Pipoca de chocolate da Gisa:

                 - 100g de milho para pipoca;
                 - 1 colher (das de sopa) de óleo;
                 - 1 colher (das de sopa) de manteiga;
                 - 3/4 xícara (das de chá) de açúcar;
                 - 1 colher (das de sopa) de chocolate em pó.

                 Aqueça o óleo e a manteiga.
                 Junte o milho, tampe a panela e espere a pipoca estourar, mexendo a panela de vez em quando, para não queimar nenhuma pipoca.
Pipoca de chocolate da Gisa 2
                 Passe as pipocas para uma bacia.
                 Coloque o açúcar e o chocolate em pó na mesma panela em que estourou as pipocas e deixe caramelizarem, mexendo sempre para não queimar o açúcar.
                 Junte as pipocas estouradas, retire do fogo e misture bem até todo caramelo envolver as pipocas.


Pipoca de chocolate no micro 1
                 Pipoca de chocolate no microondas

                 - 1/2 xícara (das de chá) de milho para pipoca;
                 - 1/4 xícara (das de chá) de água;
                 - 1 colher (das de sopa) de achocolatado;
                 - 5 colheres (das de sopa, rasas) de açúcar.

                 Misture todos os ingredientes em um vasilhame grande, que possa ir ao microondas.
Pipoca de chocolate no micro 2
                 Cubra com filme plástico e leve ao micro, potência alta, por 13'.
                 Comprei um filme plástico muito fino, no mercadinho mais próximo da minha casa.
                 Na maior parte ele aguentou bem, mas algumas pipocas fizeram furos no plástico.
                 Na verdade, acho que foi o caramelo que furou o plástico, mas não houve danos. Os furos não foram suficientes para deixarem as pipocas vazarem.
                 Apesar da praticidade e da falta de óleo, achei as pipocas sem brilho, apesar de estarem bem crocantes e gostosas.
                 E também sobrou muito piruá.
                 Mas valeu a experiência.

Para ver outras receitas de doces de cantina acesse o Índice 3.




Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


Nenhum comentário:

Sua opinião sobre o nosso espaço é muito importante.
Por isso sinta-se à vontade para registrá-la. Ou use esse espaço para tirar dúvidas ou deixar sugestões.
Seja sempre bem-vindo(a).