6 de out de 2010

Alfajor


              Meu primeiro contato com este doce chamado "alfajor", foi em um curso de culinária a que assisti em S Paulo.
              Perto da casa da minha mãe havia uma loja de produtos e equipamentos para culinária, que oferecia estas aulas e passei a frequentá-las.
              As 5 primeiras receitas são de autoria da profª Anka Popovik e foram apresentadas neste curso.

              A sexta receita é de autoria de Álvaro Rodrigues e foi ensinada num programa de televisão.
              Não me recordo qual programa porque nesta época eu ainda nem sonhava em ter um computador, muito menos em colocar todas as receitas on line, por isso nem sempre eu anotava os detalhes por trás da receita.
              Estes 2 culinaristas estão entre os meus favoritos, junto com a Laka Brandão e Isamara Amâncio.
              Na verdade, posso dizer que são os meus favoritos, não só pela qualidade das receitas como pela generosidade com que dividem seus conhecimentos e ensinam os "pulos do gato".
              Meu reconhecimento a eles.



               Alfajor 1:

               - 1 kg de farinha
               - 100 g de farinha de caju
               - 500 g de gordura vegetal hidrogenada;
               - 500 g açúcar mascavo;
               - 1 colher (das de sopa) de sal amoníaco;
               - 10 g (1 colher, das de sobremesa) de canela em po;
               - 1 colher (das de sopa) de essência de limão;
               - claras até dar ponto.

               Misture a gordura, o açúcar, a canela, o sal amoníaco, a essência, as farinhas e vá acrescentando as claras até dar ponto de abrir com um rolo.
               Deixe descansar por 20', abra com um rolo, com mais ou menos 1,5 cm, leve para assar em forno pré-aquecido, 180º.
               Não deixe dourar por cima.
               Espere esfriar, recheie com doce de leite, fechando 2 a 2.
               Derreta e tempere 500g de chocolate cobertura ao leite e banhe os alfajores.
               Deixe secar sobre papél alumínio.





             Alfajor 1:

              - 3 ovos grandes;
              - 300 g margarina;
              - 1 xícara (das de chá) açúcar mascavo;
              - 1/2 xícara (das de chá) de açúcar refinado;
              - 100 g de glucose;
              - 1 colher (das de sopa) essência de baunilha;
              - 1 colher (das de chá) essência de limão;
              - 1 colher (das de sopa) de fermento em pó químico;
              - 900 g de farinha de trigo, mais ou menos.

              Misture tudo, amassando até dar ponto de abrir com o rolo, corte e leve para assar.
              Deixe esfriar e de banho com chocolate derretido e temperado, 500 g chocolate ao leite.







               Alfajor 3:

               - 200 g margarina;
               - 1 xícara (das de chá) de açúcar;
               - 8 gemas;
               - 4 xícaras (das de chá) de farinha de trigo;
               - 2 xícaras (das de chá) de maisena;
               - casca ralada de 1 limão;
               - 1 colher (das de chá) de fermento em pó químico;
               - 1 colher (das de café) de sal.

                Bata a margarina com o açúcar e as raspas de limão.
                Acrescente as gemas, uma a uma, batendo sempre.
                Junte os outros ingredientes e amasse bem.
                Deixe descansar por 10'.
                Abra a massa, corte os discos, leve para assar e banhe, depois de frio, em 500 g de chocolate ao leite derretido e temperado.






               Alfajor 4:

              - 300 g de farinha de trigo;
              - 2 colheres (das de sopa) de água;
              - 2 colheres (das de sopa) de açúcar;
              - 2 colheres (das de sopa) de álcool de cereais;
              - 1 colher (das de sopa) de margarina;
              - 1 colher (das de chá) de fermento em pó químico;
              - 8 gemas;
              - 1 ovo inteiro.

              Amasse tudo muito bem e deixe descansar por 30'.
              Abra com o rolo, corte os discos, coloque em assadeira untada e enfarinhada e torne a deixar descansar por mais 30'.
             Fure a massa, asse, recheie e banhe em 500 g de chocolate ao leite derretido e temperado.
             Derreta o chocolate aos poucos, à medida em que for banhando os alfajores.





              Alfajor 5:

             - 6 gemas e 1 clara;
             - 250 g de açúcar;
             - 400 g de maisena;
             - 100 g de farinha de trigo;
             - 1 colher (das de chá) de fermento em pó químico;
             - 100 g de margarina;
             - 1 cálice de aguardente;
             - 1 colher (das de chá) essência de baunilha;
             - 350 g de doce de leite.

              Junte as gemas com a clara e o açúcar.
              Bata até ficar um creme liso.
              Peneire juntos, a maisena, a farinha de trigo e o fermento, colocando-os sobre um balcão.
              Abra uma cova no centro e coloque a margarina, a aguardente, a essência e as gemas batidas.
              Trabalhe bem com a palma da mão, até que fique bem ligada.
              Abra com um rolo, corte, asse e deixe esfriar.
              Recheie e feche, 2 a 2, e banhe em chocolate ao leite ou branco temperado.






                Alfajor 6:
                Álvaro Rodrigues

                - 1 xícara (das de chá) de açúcar;
                - 1 colher (das de sopa) de açúcar de baunilha;
                - 1 colher (das de café) rasa de fermento em pó químico;
                - 1 3/4 xícara (das de chá) de farinha de trigo;
                - 2 xícaras (das de chá) de maisena;
                - 200 g de manteiga;
                - 3 gemas;
                - 1 colher (das de sopa) de rum ou água, se preferir;
                - 1 colher (das de chá) de essência de baunilha;
                - raspas de casca de 1 limão.

                Coloque no processador, os 6 primeiros ingredientes e bata até virar uma farofa.
                À parte, peneire as gemas e misture com as essências, despeje no processador e pulse para dar liga.
               Coloque numa bancada, junte as raspas de limão e amasse com delicadeza.
               Deixe descansar por 30', na geladeira, embrulhada em plástico.
               Abra a massa entre 2 plásticos, apoiando o rolo sobre 2 madeirinhas colocadas nas extremidades dos plásticos, para que a massa aberta mantenha a mesma espessura em toda a área.
               Corte com cortadores de 5 cm de diâmetro, coloque sobre bandejas e leve ao freezer para endurecer e não quebrar na hora de passar para a assadeira.
               Asse em chapa untada e enfarinhada, forno 180º, sem deixar dourar demais.
               Recheie a gosto, com doce de leite ou ganache.
               Dê banho de chocolate branco ou ao leite.

Para ver outras receitas com chocolate e pães de mel acesse o Índice 3.




Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


4 comentários:

  1. Adorei seu blog. Qual dessas receitas a massa tem a textura macia e mais úmida, quase um bolinho tipo aquele da turma da mônica?
    Algumas receitas que tentei viraram biscoitinhos.

    Obrigada.
    Silvia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Silvia.
      Seja muito bem-vinda.
      E obrigada pelo carinho.
      Olha, eu gosto destas receitas justamente porque são bem crocantes.
      Mas teste as receitas 3 e 6 e retire-as do forno assim que começarem a dourar.
      Este tipo de receita endurece à medida que esfria e quanto mais dourada ficar dentro do forno, mais seca e crocante vai ficar depois de fria.
      Confesso que nunca provei o alfajor da turma da Mônica.
      Falha minha, rsrsrsrs.
      Espero que estas dicas deem certo.
      Beijos.

      Excluir
  2. Adorei as receitas!De longe meu doce preferido,parabens pelo blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, Daiane. Ficamos muito felizes em compartilhar e mais felizes em saber que agradamos.
      Muito obrigada e seja sempre bem-vinda.

      Excluir

Sua opinião sobre o nosso espaço é muito importante.
Por isso sinta-se à vontade para registrá-la. Ou use esse espaço para tirar dúvidas ou deixar sugestões.
Seja sempre bem-vindo(a).