25 de mar de 2015

Sorvete de acerola


Sorvete de acerola 1

                Gosto de fazer sorvetes caseiros e de colecionar receitas.
                Uma das minhas preferidas é a de sorvete industrial da Luzinete Veiga.
                Mas a receita dela leva leite como base e pó saborizante industrial, já que a ideia é a comercialização.
                Então resolvi adaptar a receita dela ao meu desejo de ter um sorvete de frutas caseiro bem saboroso e à farta oferta de frutas no meu quintal. Bom, farta no sentido de que cada árvore produz muitos frutos, mas é uma pena que o terreno não é tão grande para ter mais frutíferas.
                 Depois da primeira adaptação, fiz uma segunda tentativa para obter um sorvete com mais sabor de frutas e mais cor natural.
                 O resultado está aqui.


Sorvete de acerola 2

            1ª etapa:
            - 500 ml de polpa concentrada de acerola;
            - 1 colher (das de chá) de liga neutra;
            - 1 xícara (das de chá) de açúcar.

            Se tiver as frutas à disposição, higienize-as muito bem e bata no liquidificador sem água (comece batendo poucas frutas, para formar uma certa quantidade de líquidos, e junte as frutas restantes).
            Se for usar suco concentrado engarrafado ou polpa congelada, bata 1 maçã vermelha grande com casca e sementes para cada 500 ml de suco para encorpá-lo.
            Coe o suco e torne a colocar no liquidificador com o açúcar e a liga neutra.


Sorvete de acerola 3

                Bata por 3 minutos e despeje em uma forma de alumínio.
                Leve ao congelador, coberto com filme plástico, e espere endurecer.
                Enquanto isso, prepare uma calda com 400 ml de polpa concentrada e 200 g de açúcar refinado, para reforçar o sabor e a cor do sorvete.
                Deixe a calda esfriar.

Sorvete de acerola 4
           
               2ª etapa:
               - 1/2 lata de leite condensado;
               - 1 caixinha de creme de leite;
               - 1 colher (das de sobremesa) de emulsificante;
               - a calda reservada
               - a base congelada picada em cubinhos.

              Pique a base congelada com uma faca e coloque os pedaços na tigela grande da batedeira.
             Adicione os ingredientes restantes e bata por 12 minutos (comece na velocidade mais baixa e vá aumentando).
             Vai virar uma massa enorme e fofa.
             E repare que a linda cor coral da base vai clarear bastante.
             Eu não quis acrescentar corante para não mascarar o sabor do sorvete, mas se quiser coloque algumas gotinhas de corante, mas não muita. O sorvete escurece levemente depois de gelar.
             Coloque em pote de sorvete ou pote plástico e tampe.
             É importante que o pote fique cheio até a boca para não criar cristais de gelo.
            Caso o pote seja maior que a quantidade de sorvete, coloque um pedaço de filme plástico encostado na massa antes de tampar.
             Leve para congelar por 12 horas.



             Esta aqui é a segunda adaptação, que me rendeu um sorvete com mais sabor da fruta e uma cor mais forte também, sem adição de corante.

Sorvete de acerola sem leite condensado 1

             A primeira modificação a ser feita é na calda que será acrescentada na segunda etapa.
             Quando fiz a calda para o primeiro sorvete, usei apenas 1 xícara, das de chá, de açúcar já que o sorvete levaria leite condensado na segunda etapa.
             Mas neste aqui eu retirei o leite condensado e o creme de leite, então fiz a calda com o dobro de açúcar.

Sorvete de acerola sem leite condensado 2

             Calda a ser adicionada na segunda etapa:

             - 400 ml de polpa concentrada da fruta escolhida;
             - 2 xícaras (das de chá) de açúcar.

             Leve ao fogo e deixe ferver até reduzir o líquido pela metade.

             2ª etapa do sorvete:

             Prepare a mesma base que preparou para a primeira receita, batendo 500 ml de polpa concentrada de acerola, 1 colher, das de chá, de liga neutra e 1 xícara, das de chá, de açúcar no liquidificador.
             Coloque em uma forma, cubra com filme plástico e leve ao congelador até endurecer totalmente.
             Desenforme, corte em cubos e coloque na batedeira.

Sorvete de acerola sem leite condensado 3

             Acrescente 1 colher, das de sobremesa de emulsificante para sorvete e a calda já totalmente fria.
             Bata até a massa chegar na borda da tigela da batedeira.
             Passe para um pote plástico e leve para gelar por 12 h.



             Faça as suas próprias experiências mudando a fruta, misturando frutas, adicionando especiarias como cardamomo, cravo, canela em pau, aniz estrelado, noz moscada (tempere a calda com uma ou mais especiarias).
             Enfim, lembre-se sempre da liga neutra na primeira etapa e do emulsificante na segunda etapa e faça as suas próprias criações.


             Algumas frutas, como a goiaba, a manga e a acerola produzem um suco grosso, espesso, encorpado, principalmente quando batidas com pouquíssima ou nenhuma água.
             E outras tem o suco mais ralinho, mais fluído, menos encorpado, caso da uva, da pitanga, do maracujá, da jabuticaba.
             Para dar uma encorpada nestes sucos e para diminuir a acidez das frutas cítricas, bata 1 maçã vermelha para cada 500 ml de polpa de fruta.
             Como estamos fazendo um sorvete de massa, portanto mais cremoso, o ideal é ter uma base sem cristais de gelo e mais macia para ser batida na batedeira. A maçã vermelha tem um sabor quase neutro e um perfume leve, que não irão interferir no sabor de qualquer fruta. Só irá acrescentar textura e amenizar a acidez das mais ácidas.
Para ver outras receitas de sorvete e complementos acesse o Índice 1.






Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


2 comentários:

  1. Vou testar sua receita!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia, Sheila. Sei que você vai amar!!!!!!
      Seja sempre bem-vinda.

      Excluir

Sua opinião sobre o nosso espaço é muito importante.
Por isso sinta-se à vontade para registrá-la. Ou use esse espaço para tirar dúvidas ou deixar sugestões.
Seja sempre bem-vindo(a).