24 de dez de 2013

Feliz natal!



Feliz natal!



"Que darei eu ao Senhor, por todos os benefícios que me tem feito?
Tomarei o cálice da salvação, e invocarei o nome do Senhor.
Pagarei os meus votos ao Senhor, agora, na presença de todo o seu povo.
Preciosa é à vista do Senhor a morte dos seus santos.
Ó Senhor, deveras sou teu servo; sou teu servo, filho da tua serva; soltaste as minhas ataduras.
Oferecer-te-ei sacrifícios de louvor, e invocarei o nome do Senhor.
Pagarei os meus votos ao Senhor, na presença de todo o meu povo,
Nos átrios da casa do Senhor, no meio de ti, ó Jerusalém. Louvai ao Senhor."

                                                                             Salmos 116:12-19


                                              Feliz Natal!

                                                           Gisa Vas Fi


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


16 de dez de 2013

Empada de frango com azeite na massa



Empada de frango com azeite 1


               Sempre faço empadinhas ou empadões com massa de maionese.
               Desta vez, resolvi resgatar uma receita com manteiga e azeite.
               A massa também fica deliciosa e quebradiça como a de maionese, só que o azeite dá outro sabor e a água, mesmo sendo pouca, dá outra textura.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


10 de dez de 2013

Pudim de padaria simples



Pudim de padaria simples 1


                Esta receita é perfeita para quem gosta de pudim de leite menos doce do que os preparados com leite condensado, mas que não abrem mão do prazer de um doce muito bem feito.



Pudim de padaria simples 4



                Calda:

Pudim de padaria simples 2


               - 2 xícaras (das de chá) de açúcar;
               - 1 xícara (das de chá) de água fervente.

                Sempre preparo calda a mais para aqueles que gostam de mais calda.

Pudim de padaria simples 3

                Coloque o açúcar numa panela e quando começar a caramelar as bordas, comece a mexer para misturar o açúcar e não queimá-lo.
                Mexa até todo açúcar caramelar e ficar líquido.
                Adicione a água com muito cuidado porque o contato com água vai fazer o açúcar empedrar e liberar muito vapor quente.
                Abaixe o fogo e deixe os grumos dissolverem totalmente.
                Desligue o fogo e deixe esfriar.
                Leve para gelar.
                Se a calda empedrar, coloque mais uma xícara, das de café de água, e torne  a levar ao fogo até a calda ferver.
                Se ficou muito rala, torne a levar ao fogo até ferver. Geralmente levantar fervura já encorpa um pouco mais a calda.
                Reserve.


                Pudim

Pudim de padaria simples 4

                Pudim:

                - 4 ovos;
                - 8 colheres (das de sopa) de açúcar;
                - 4 colheres (das de sopa) de farinha de trigo;
                - 500 ml de leite fervente 

                Coloque no liquidificador os ovos e o açúcar e bata por 5 minutos, até que esteja bem fofo e claro.
                Junte a farinha de trigo, colher por colher, sem desligar o liquidificador.
                Acrescente o leite fervente, aos poucos.
                Continue batendo por mais uns dois minutos.

Pudim de padaria simples 5

                Caramelize apenas o fundo de uma forma redonda, de 16 cm Ø, e unte a lateral com margarina.
                Leve ao forno, colocando dentro de outra forma, com água fervente.
                Deixe por cerca de 50 minutos a uma hora, até que esteja bem dourado.
                Desenforme ainda quente, este pudim é mais firme que o de leite condensado e vai sair sem problemas.
                 Deixe esfriar e leve para gelar.


Para ver outras receitas de pudim acesse o Índice 1.





Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


5 de dez de 2013

Polpetone com aveia



Polpetone com aveia 1

               Gosto muito de fazer bolos, hamburgueres, almôndegas e polpetones usando a aveia como aglutinante.
                Além de ser tão simples quanto usar simplesmente farinha de rosca ou pão amanhecido, é mais saudável, já que a aveia é rica em fibras, saciando a fome mais rapidamente, e também auxilia no controle do colesterol.
                Frito, assado, à milanesa ou mesmo simples, o polpetone não precisa de mais nada além de arroz branco e/ou uma saladinha.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


3 de dez de 2013

Mix de ervas aromáticas e sal



Mix de ervas aromáticas e sal 1


                 Eu procurei por anos a receita deste sal, porque já havia escutado que as ervas desidratadas escolhidas compensavam a falta de sal.
                  E eu não queria simplesmente novos sabores, eu queria o sabor do sal, sem os malefícios do excesso de consumo.
                  E fiquei agradavelmente surpresa.
                  O sal entra na composição do mix, em uma proporção pequena, mas os outros ingredientes devem conter sais naturais que compensam esta diminuição.
                  A sensação é a de que não diminuímos em nada a quantidade de sal.
                  E o melhor: passamos a sentir mais o sabor de todos os alimentos, inclusive doces e frutas.
                  Aliás, por algum motivo qualquer (talvez até a surpresa de que podemos nos alimentar melhor e com o mesmo prazer), até diminuímos o consumo de açúcar.
                  Esta receita foi publicada originalmente na postagem Coxa e sobrecoxa recheadas, mas este mix é tão importante para quem quer uma vida mais saudável que resolvi colocar em um novo post.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


Manjericão sempre à mão



Manjericão sempre à mão 1

               Quem mora fora dos grandes centros nem sempre tem ervas aromáticas à mão.
               Ou então, o maço vendido em feiras e sacolões é muito grande e parte do amarrado acaba indo para o lixo.
               Por isso, gosto de ter sal temperado com ervas variadas ou as ervas batidas com algum líquido.
               O meu tempero preferido é batido com água filtrada, mas algumas ervas ficam escuras (oxidam) e se formos congelá-las não podem ser batidas com água.
               Aqui vão as minhas sugestões para ter manjericão sempre à mão.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros