26 de jun de 2014

Torrone


Torrone 1

               Existem receitas que eu desejo fazer pelo menos uma vez na vida, seja porque são complicadas demais e as industrializadas são muito boas, seja porque são curiosas e exóticas para mim e, portanto, tentadoras e desafiadoras.
               O torrone é uma dessas receitas.
               Amo qualquer doce com amendoim e já que estamos em junho... festas escolares... friozinho... por que não?
               Como eu faço muito marshmallow, achei a receita muito fácil de fazer.
               Mas além do prazer de, finalmente, fazer a receita, o fato de levar tanto açúcar com certeza vai me impedir de fazê-la com regularidade.
               De qualquer forma, esta também é uma receita para se fazer junto com a criançada.
               Eles vão amar!!!!!


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


19 de jun de 2014

Canjica com amendoim



Canjica com amendoim 1

                 Quando eu era criança eu não gostava de canjica, não.
                 Naquela época, leite só tinha sabor, para mim pelo menos, bem gelado e sem açúcar.
                 O sabor do leite adoçado, frio ou quente e puro, que é o sabor que sobressai na canjica, nunca me atraiu.
                 Com achocolatado ou café bem forte fica perfeito.
                 Hoje eu já consigo sentir o sabor do leite adoçado, mas tem que ter algo que quebre o doce, como amendoim moído ou cravo ou chocolate amargo.
                 Então não preciso nem dizer que, quando faço canjica (geralmente uma vez por ano) carrego no amendoim.
                 De qualquer forma ai estão duas receitas: uma bem temperada e outra mais simples.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


12 de jun de 2014

Pé de moleque e amendoim açucarado



Pé de moleque 1

                Pé de moleque sempre foi meu doce de cantina preferido.
                E dos dois mais comuns em cantinas de escola o que eu mais pedia era o redondo (nem tão redondo assim) que era mais macio e a calda de açúcar era fosca.
                O quadradinho, por ser feito com calda de açúcar e/ou mel ou glucose, era mais durinho e um tantinho mais amargo.

Pé de moleque 2

                Anos mais tarde, conheci a Ana Maria, que viria se casar com meu primo e trouxe com ela receitas deliciosas, uma delas a de um pé de moleque muito macio, quase um nougat e que leva leite condensado na receita.
                Mês de junho, friozinho já apontando, festas juninas... época para se soltar um pouco mais nas calorias, sem exageros.
                Por isso, vamos aos amendoins.
                Aqui estão as 3 receitas de pé de moleque e mais uma de amendoim açucarado.
                Já publiquei aqui, a receita de amendoim açucarado que é vendida em  muitas cidades brasileiras por ambulantes.
                A que vai aqui é mais simples, já que não leva nem chocolate, nem especiarias.
                Na dúvida, faça as duas de amendoim açucarado e as três de pé de moleque!!!!!


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


5 de jun de 2014

Medalhão de mignon ao molho madeira com arroz à piamontese do Auli Neto

Medalhão ao molho madeira 1

               Gosto de ter e divulgar as receitas feitas por minha família.
               Sempre achei uma delícia como meus pais cozinhavam rodeados por seus filhos.
               Naturalmente meus filhos e sobrinhos eventualmente também vão para cozinha.
               Hoje a receita é de meu sobrinho Auli Neto, que fez um medalhão acompanhado de arroz à piamontese.
               Mas vamos deixar que ele conte a história.



               "História:
               Sempre fui observador de meus parentes que sempre tiveram talento para a culinária, porém nunca me interessei em praticá-la.
               Durante um namoro passado, percebi que meninas realmente se impressionam com homens que sabem cozinhar e isso se torna uma potente arma de sedução.
               Para impressionar minha amada, decidi fazer um almoço num sábado qualquer e pedi ajuda de um colega formado em culinária para preparar algo diferenciado que não fosse tão difícil.
               Modestia à parte, deu muito certo, todos gostaram e eu tomei gosto por essa arte.
               Seguem as receitas:"


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros