30 de mar de 2016

Licor de cacau



Licor de cacau 1

                A cerca de 3 anos meu primo Elder veio passear em minha cidade com a família e na casa onde se hospedou tinha alguns pés de cacau no quintal.
                Ele colheu muitos cacaus (parece que por aqui ninguém dá muita importância para o cacau, que acaba estragando aos pés dos cacaueiros) e me deu uma boa quantidade.
                Minha intenção era fazer uma barra de chocolate orgânico, mas confesso que o processo me desanimou um pouco.
                Além disso, como já disse, o cacau por aqui é meio esquecido e muitas das amêndoas já tinham germinado. Acabei conseguindo 500 g de sementes de cacau torradas.
                E guardei as amêndoas torradas este tempo todo até porque eu estava meio insegura se tinha processado corretamente as amêndoas.
                Nesse meio tempo conheci uma baiana, Valdirene, que cresceu em meio às lavouras de cacau da família. E ela me tranquilizou dizendo que as sementes estavam no ponto certo. Quando vi como ela comia com prazer aquelas sementes/amêndoas tão amargas fiquei mais tranquila ainda. Nada nos dá mais prazer do que aquilo que nos lembra uma infância feliz.
               Como este ano foi o ano de preparar licores, resolvi aproveitar minhas amêndoas de cacau para fazer licor.
               Se você tem acesso ao cacau in natura e quer fazer todo o processo de secagem, torrefação e moagem, veja a explicação no final da postagem.
               Se você não quer ter todo este trabalho há muitas empresas que vendem as amêndoas torradas com pele e sem pele e o chamado nibs de cacau, que é a semente torrada, pelada e triturada grosseiramente.
                E se você não quiser ter nenhum trabalho ou não tiver tempo disponível, compre o cacau em pó, nas mesmas empresas ou em empórios cerealistas e prepare a segunda receita.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


23 de mar de 2016

Bombom com marshmallow de maracujá



Bombom com marshmallow de maracujá 1

                Este é o bombom genérico daquelas marcas famosas: Nhá Benta, Dan top ou Montebello, bombons recheados com marshmallow simples ou saborizado.
                Alguns comparam estes bombons com um docinho muito popular conhecido como teta de nega, mas o teta de nega é recheado apenas com maria-mole.
               Já os seus "primos" mais nobres, são recheados com marshmallow estabilizado com gelatina incolor, o que dá uma textura que lembra a maria-mole, mas que é mais cremosa e saborosa.
              E este aqui de marshmallow de maracujá e gengibre ficou espetacular.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


16 de mar de 2016

Trufa de flocos



Trufa de flocos 1

                Mais uma deliciosa receita de trufa.
                Como todas as outras, esta também pode ser banhada em chocolate, rechear casquinhas feitas em formas próprias ou simplesmente envolvidas em chocolate em pó.
                Use também para rechear tortas ou bolos.



Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


9 de mar de 2016

Esfiha da Leticia



Esfiha da Leticia 1

                  Quando minha irmã Leticia tinha tempo para cozinhar, ela cozinhava muito, tanto em qualidade, quanto em variedade.
                  Fazia inclusive queijo em casa, com a vantagem de morar em uma cidade onde tinha acesso a leite de excelente qualidade.
                  Esta receita de esfiha é a melhor que já provei e, hoje, aniversário dela, compartilho com vocês.
                  E aqui passo a receita com fermento fresco e com fermento seco (no final do post).
                  Uma dica da minha maninha: guarde as esfihas já frias em potes bem fechados. Assim elas conservarão a umidade e o sabor por mais tempo.
                  Feliz aniversário, maninha!
                  Que neste novo ano que você inicia hoje você tenha 365 dias de muita paz, muito amor, muita alegria e que todos os teus sonhos se realizem.
                  Deus te abençoe ricamente.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


2 de mar de 2016

Trufa de café e licor de café



Trufa de café 1

                As trufas de chocolate tradicionais têm o seu formato irregular inspirado nas trufas naturais que são fungos subterrâneos muito apreciados na alta gastronomia.
                Seu formato é irregular, desenvolvem-se a uma profundidade de 20 a 40 cm  e são encontradas com o auxílio de cães especialmente treinados.
                Naturalmente antes de serem processadas as trufas naturais estão cobertas de terra e por isso as trufas de chocolate originais são disformes e cobertas com cacau em pó.
                Mas as trufas formadas por casquinhas de chocolate e recheio macio, cremoso e licoroso também ganharam o coração dos apaixonados por chocolate.
                Além de belas e deliciosas, são também muito práticas, sendo mais fáceis de embalar.
                E como nem todo mundo tem o hábito de comprar bebidas alcoólicas, no final da postagem coloco a receita de licor de café.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros