31 de mai de 2012

Muffins de arroz com legumes


Muffins de arroz com legumes 1

              Tenho tentado criar uma receita de aproveitamento de arroz que agrade à parte de minha família.
              Uma parte não come arroz requentado e também não gostamos muito de bolinhos e outras receitas aproveitando o arroz não.
              Mas estes bolinhos ficaram especiais.
              A primeira receita ficou parecendo um suflezinho, inclusive, "desmoronou" no prato, já que desenformamos muito quente.
             Já fica a dica: desenforme morno.
             E o caldo da conserva de milho deu um toque muito especial.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


Muffin salgado



Muffin salgado

              Quando eu fazia pães para vender, minha mãe costumava levar meus produtos para oferecer aos colegas de trabalho e este bolinho fazia o maior sucesso.
              Principalmente no meio da manhã, quando a fome já vinha chegando e não era possível interromper o trabalho para comprar alguma coisa.
              E eu embalava um a um em filme plástico, o que tornava o bolinho mais atraente, pela higiene e pela praticidade.
              E todos faziam um lanchinho, sem interromper o trabalho e sem causar sujeira, já que o recheio é muito sequinho.
              A única diferença é que, naquela época, eu assava em forminhas de pão de mel, o que facilitava ainda mais o consumo.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


Leite de aveia

Leite de aveia


              Não sou muito de consumir aveia pura, não.
              Muito menos em mingau.
              Sempre usei a aveia para lavar o rosto ou tomar banho.
              Para quem não sabe, a aveia lava muito mais profundamente do que os sabonetes comuns e hidrata ao mesmo tempo.
              Se a pele estiver ressecada pelo frio ou pelo excesso de exposição ao sol, dissolver um pouco de aveia na mão e esfregar em todo o corpo vai fazer um verdadeiro milagre.
              Você até ouvirá todo teu corpo agradecendo.
              Mas um dia meu irmão preparou um bolo de carne com aveia e eu passei a ver a aveia com outros olhos.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


Panquequinhas de camarão e de maçã



Panquequinhas de camarão 1

              Panquecas sempre fizeram muito bonito em qualquer refeição.
              Tanto que, pela praticidade, sempre assumiram muitas formas.
              A massa fininha, maleável, se presta a varias dobraduras diferentes.
              Então, desta vez, resolvi fazer duas dobraduras p'rá lá de conhecidas, mas que eu nunca tinha feito.
              E realmente, para uma reunião informal de fim de semana, as duas versões são ótimas, inclusive para serem servidas durante uma sessão de cinema em casa.
              Com ou sem molhos e sem prender ninguém na cozinha.
              Não que uma bela reunião familiar na cozinha não seja divertida.
              Mas no conforto da sala pode ser bem melhor.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


25 de mai de 2012

Nuggets de carne e de legumes



Nuggets de carne e de legumes

              Aqui em casa gostamos muito de salgadinhos.
              Aliás, eles são um quebra-galho e tanto.
              É sempre muito bom ter uma bandejinha congelada.
              Principalmente porque podem ser fritos ou assados.
              Os nuggets estão nesta categoria de salgadinhos versáteis e saudáveis.
              Sem contar que é uma excelente maneira de se aproveitar sobras de legumes.
              Portanto, guarde esta receita como um coringa para todas as horas.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


24 de mai de 2012

Coxinha creme


Coxinha creme 1


              Coxa creme é um salgado que vale por uma refeição.
              Pelo menos quando é feito com a coxa grande, se for feito com drumets, pode ser um aperitivo.
              Mesmo assim, dependendo também do creme que é feito para envolver as coxinhas e da quantidade, também os drumets viram uma refeição.
              Mas se você quer mesmo um aperitivo, prepare cubinhos de peito de frango e passe na massa escolhida e delicie-se!


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


Arroz integral doce



Arroz integral doce

              Minha filhota resolveu experimentar algumas receitas com arroz integral e comprou apenas 200 g.
              Aqui perto de casa tem um empório cerealista que facilita a nossa vida, vendendo muitos artigos a granel. Então podemos comprar pequenas porções apenas para provar.
              Então resolvi fazer a versão de arroz doce integral.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


Pastelzinho de forno


Pastelzinho de forno 1


              Houve um tempo em que eu tive muita dificuldade para modelar salgadinhos.
              Mas eu sou muito teimosa e persistente.
              Não sosseguei enquanto não aprendi a modelar coxinhas, empadinhas, quibes e pasteis de forno.
              Então entendi que as massas devem ser preparadas com carinho e atenção.
              Espremer uma massa pode torná-la elástica, sovar de mais ou de menos pode desandar uma massa, usar uma margarina muito cremosa altera a textura de uma massa.
              No caso da margarina cremosa e de outras gorduras, há que se ter mais atenção, principalmente na aplicação final. Uma margarina muito cremosa, por exemplo, rende uma torta aberta, destas em que o recheio ficam expostos. Pessoalmente não consigo fazer uma torta com uma tampa de massa se usei margarina muito cremosa para fazer a massa.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


17 de mai de 2012

Pimentão recheado

Pimentão recheado


              Comi pimentões recheados 2 vezes na minha vida.
              Gosto mais de comer o pimentão cru em saladas.
              Mas como estou reaprendendo a me alimentar e revendo muitas receitas que, no passado, não me agradavam e hoje já me apetecem, resolvi testar o pimentão.
              Com um detalhe: resolvi cozinhá-lo no vapor. Ficou all dente e muito mais saboroso.
              E para não perder o hábito, ai estão as duas formas de preparo, a mais tradicional e no vapor.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


Macarrão na panela de pressão e no micro

Macarrão na panela de pressão

              A grande vantagem de se cozinhar uma massa na panela de pressão, para mim, não reside no fato da praticidade ou rapidez.
              Gosto de cozinhar o macarrão na pressão porque a massa absorve muito bem o sabor do molho, ficando muito especial.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


Cestinha de suspiros com morangos

Cestinha de suspiros com morangos

              Época de morangos, tempo de suspiros!
              Morangos combinam muito com suspiros e creme chantilly.
              E esta é uma sobremesa relativamente fácil de fazer e de grande efeito visual.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


11 de mai de 2012

Macarrão de improviso

Macarrão de improviso


              Existem receitas muito fáceis de fazer, mas nem por isso todo mundo sabe.
              E muitas vezes estamos tão acostumados com os molhos de sempre que deixamos de provar algo simples e diferente. E deixamos de preparar um pratinho de massa porque não temos aquele ingrediente usual.
              Particularmente sempre gostei de macarrão sem molho algum. Simplesmente cozido na água e sal, escorrido e fumegante.
              A minha impressão era a de que o molho resfriava a massa. E eu gostava muito de comida fumegante.
              Mas, além de engordar, porque comemos mais do que precisamos e não mastigamos direito, percebi que as temperaturas extremas, sejam altas, sejam baixas, mascaram o sabor dos alimentos.
             Então estou reaprendendo a me alimentar.
             É um longo caminho, mas chego lá!
             Fiz esta receita recentemente. É muito simples e saborosa.
             E ainda reaproveitei um pouquinho de repolho que havia sobrado do dia anterior.
             Espero que gostem!


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


10 de mai de 2012

Drumets de frango

Drumets de frango 1

              Asinha de frango é uma delicia, seja na churrasqueira, seja frita, seja assada no forno. Para ser sincera eu gosto até dela apenas cozida nos temperos, sem molho algum. Bem simples mesmo.
              Mas se podemos preparar apenas a parte nobre, o drumet (ou coxinha da asa), o que já era bom fica melhor ainda.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


Crepes com doce de abóbora e outros

Crepes com doce de abóbora 1

              Crepes são panquecas doces recheadas com frutas, geleias e servidas com calda e/ou sorvete.
              São muito simples de fazer, mas por isso mesmo requerem capricho e atenção.
              Como tudo o que fazemos, aliás.
              Pequenos detalhes sempre fazem diferença em qualquer receita e trabalhar com calma, carinho e atenção, sem sombra de dúvida, vai fazer diferença aqui.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


Panquequinhas doces e waffles

Panquequinhas doces - blinis 1


              De vez em quando, à tardinha, gosto de fazer estas panquequinhas que, se não me falha a memória, são conhecidas como blinis, por causa do formato arredondado.
              Tá! Tá! A minha não está tão redondinha assim.
              Mas é porque gosto mais de prepará-la no grill e ela fica muito irregular, mas fica com uma casquinha mais crocante.
              Esta foi feita na frigideira e pela falta de prática, ficou irregular, mas ficou deliciosa!
              Ai estão algumas receitinhas e qualquer uma delas pode ser feita na frigideira ou no grill. Ou até em um aparelho para waffer.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


7 de mai de 2012

Doce de leite cremoso


Doce de leite cremoso 1

              Este é, sem dúvida, um de meus doces preferidos.
              Puro, com um pedaço de queijo branco, com ameixa, como recheio de bolos...
              Enfim, de qualquer forma que seja servido é muito bom.
              O doce da foto é a receita 2, mas eu gosto dele mais escuro e para isso a receita 1 é a melhor. E a mais saborosa também.
              O leite em pó e o mel fazem toda a diferença.
              Uma vez fiz este doce na churrasqueira, na falta de um fogão à lenha. Mas não aconselho de jeito nenhum.
              A fumaça do carvão vai toda para a panela e o doce fica com gosto de madeira.
              Argh! Horrível!!! Mas minha  filha não deixou nadica de nada.
              Comeu tuuuuuudddoooo!!!!!


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


Doce de leite de corte


              Este é outro docinho muito presente em minha infância.
              Acho que o fato meu avô ter sido dono de armazém de secos e molhados contribui e muito para que estes docinhos "de cantina" fizessem parte da nossa historia.
              Além, é claro, das minhas avós que gostavam de fazer doces e compotas em casa.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


3 de mai de 2012

Empadinhas doces

Empadinhas doces 1


              Estas empadinhas doces são muito práticas e rápidas.
              A de leite condensado é especial.
              Mas as de geleia também ficam deliciosas.
              Acompanhadas de sorvete, então... são uma perdição!!!!


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


2 de mai de 2012

Massas básicas de empada



Massas básicas de empada

              Estas são outras maravilhosas receitas de massa para preparar empadinhas.
              É muito bom poder variar o que já é muito bom.
              Se for fazer apenas uma massa e variar os recheios, sinalize o recheio colocando pequenos detalhes de massa na tampa da empada.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


Empadas salgadas


Empadas salgadas 1


              Gentem!!!!
              Ontem fiz empadinhas e antes que pudesse preparar a máquina para fotografar, eis que uma havia sumido!!!!!!!!!!!!!
              Mas, tão de repente quanto desapareceu, reapareceu na palma da mão da minha filhota.
              Tá certo, o almoço estava atrasado em 2 h, mas a empadinha estava fumegante, recém saída do forno! E para ser sincera, ela nem sempre almoça, muito menos tem hora certa para almoçar.
             Voltemos às  empadas.
             Gosto muito de massa podre, mas desta vez exagerei: coloquei uma colher, das de sopa, de banha de porco na massa, mas não aumentei a quantidade de farinha.
             Resultado: a massa ficou mais quebradiça do que o normal.
             Uma delicia!!!!!!!!!!!!!!!!


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros