30 de dez de 2014

Bolo cesta de flores



Bolo cesta 1

                 Esta é a última postagem deste ano.
                 Ofereço esta cesta de flores a todos que por aqui passaram, desejando que as alegrias vividas neste ano de 2014 sejam renovadas em 2015 e que todas as lutas e tristezas sejam apenas uma leve lembrança, sem dor ou angústia, trazendo a certeza de que a vitória é certa quando não desistimos.
                 Feliz e próspero 2015!
                 "Posso todas as coisas Naquele que me fortalece!"
                                                                    Filipenses 4:13


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


23 de dez de 2014

Bolo coberto com pasta americana de amendoim


Bolo coberto com pasta americana de amendoim 1

                 Este eu fiz para presentear a nossa amiga Val, que cuida de minha mãe e de mim com tanto carinho.
                 Ela é muito competente e muito amiga.
                 Feliz Natal, Val!
                 E para todos os que nos acompanham todos os dias, desde que nos conhecemos: Feliz Natal!!!!
                 E para todos que nos descobriram hoje: Feliz Natal!!!!!
                 E para aqueles que ainda chegarão:  Feliz Natal!!!!
                 E para todo o mundo: que o Amor que Ele encarnou nasça em cada coração, com delicadeza e força, transformando a cada um e, a partir dai, transformando o mundo.
                 E que possamos crer que o natal existe porque Ele existe. Que ninguém é triste e que no mundo há sempre amor!
                 Muito amor e paz para você(s)!!!!!

Feliz Natal!!!!


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


15 de dez de 2014

Lar, doce lar - casinha de açúcar


Casinha de açúcar 1

                Sempre quis fazer estas lindas casinhas de doces, mas este projeto acabava sempre sendo adiado.
                A ideia inicial era fazer de biscoito, mas acabei optando pela pastilhagem porque ela não leva fermento o que, em tese, me daria peças com a mesma espessura em toda a extensão.
                A pastilhagem é uma massa muito boa.
                O único problema é que em cidades como a que moro, com a umidade do ar muito alta, as peças ficam levemente úmidas também e demoram um pouquinho mais a secar.
                Graças a Deus as peças ficaram firmes e colaram muito bem.
                E como coloquei-a longe das áreas mais úmidas da casa, a casinha está seca e perfeita.
                Agora que você já conhece a minha casinha, sempre que quiser entrar p'rá dois dedinhos de prosa é só chegar.
                Sejam sempre bem-vindos!


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


10 de dez de 2014

Árvore de natal de casquinha de sorvete



Árvore de natal de casquinha de sorvete 1

                Hoje preparei dois pinheirinhos para completar uma decoração natalina feita em açúcar.
                Não trabalho com frequência com glacês, mas gosto de fazer uma coisinha ou outra, para decoração, principalmente em épocas festivas.
                Trabalhar com glacês é como qualquer outra arte: precisa de prática diária.
                Mas até que não me sai mal, não.
                E o bico que escolhi para fazer as árvores facilitou meu trabalho.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


4 de dez de 2014

Sorvete de merengue com calda de maracujá e morangos



Sorvete de merengue 1

                Um sorvete prático e rápido.
                Uma sobremesa simples que certamente vai encantar.
                Apesar de levar suspiro na massa, surpreendentemente o sorvete não é tão doce.
                Sirva com a calda de maracujá e gengibre e frutas frescas à escolha.
                Uma ótima escolha para as ceias de fim de ano.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


27 de nov de 2014

Brevidade da Martinha



Brevidade 1

               Uma especialidade da minha cunhada Martinha.
               Minha filha, que não é muito chegada em bolos, muffins e bolinhos, simplesmente ama estas brevidades, que são rápidas de fazer e combinam muito bem com um cafezinho.
               Nas férias ou na correria rotineira, nada mais gostoso, mais simples e mais prático do que estas brevidades.
               E por não levar farinha podem ser consumidas por quem tem restrição ao glúten.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


20 de nov de 2014

Bolo bem casado sem glúten



Bolo bem casado sem glúten 1 


                Ando testando algumas receitas de bolo com fécula de batata.
                Algo entre o pão de ló e o bolo comum.
                Achei, em um dos cadernos de minha mãe, uma receita de bem casado com fécula de batata, mas era o pão de ló clássico, sem manteiga.
                Então resolvi acrescentar manteiga e fazer, além do bolo bem casado, bem casados em 2 tamanhos diferentes.
                De quebra, assei parte da massa em uma forma de pudim de ± 14 cm Ø para a hora do lanche.
                A massa ficou maravilhosa para os bem casados e deve ficar ótima para bolos embrulhados gelados, aqueles em que mergulhamos as fatias em uma bela calda, passamos em coco ralado, embrulhamos em alumínio e levamos para gelar.
               Ou para servir com geleia.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


13 de nov de 2014

Bala de goma azedinha


Bala de goma azedinha 1

                Gosto muito de fazer balas e bombons em casa, embora não o faça tão frequentemente.
                Minha família e principalmente meus filhos valorizam muito tudo o que preparamos em casa.
                Acreditamos mesmo que cozinhar é muito mais do que preparar refeições, cozinhar é um ato de amor.
                É realmente perceptível a diferença entre um prato preparado com amor e carinho e um daqueles que costumamos chamar de "embrulha e manda".
                "Embrulha e manda" é aquele prato que fazemos porque temos que fazer ou fazemos com pressa, sem muita atenção. O sabor fica diferente e as pessoas sentem.
                Estas balinhas são rápidas de fazer.
                O mais difícil é desenformar e lavar as forminhas depois...
                E são deliciosas e um encanto para os olhos.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


6 de nov de 2014

Frango empanado à moda do Márion



Frango empanado à moda do Márion 1


               Depois que saiu de casa meu filho Márion costuma ir para o fogão de vez em "nunca".
               É claro que ele prefere a comida preparada pela vó, pela mãe, pela irmã, pelo lancheiro ou restaurante da esquina...
                Mas quando está sozinho e a fim de uma comidinha caseira até que ele se sai bem na cozinha.
                Este franguinho é simples e delicioso!!!
                E com as batatinhas coradas no forno com queijo ralado... imperdível!!!!


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


30 de out de 2014

Torta de carne seca com mandioquinha


Torta de carne seca com mandioquinha 1

                Essa receita é completa e vale por uma refeição.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


23 de out de 2014

Bolo de chocolate com miçangas de açúcar



Bolo de chocolate com miçangas de açúcar 1


                Existem cheiros, sons e imagens que são mágicos.
                Assim que estes cheiros, sons e imagens aparecem logo somos transportados para outros tempos ou outros lugares.
                Essas lembranças podem ser boas ou más.
                Recentemente um aroma me encheu de felicidade. Mas eu não consegui identificar nem o aroma, nem o motivo de tanta felicidade e paz.
                Então recorri à quem sempre me socorre nestas horas: Deus.
                Pedi à Ele que me fizesse lembrar que aroma era aquele e porque me trouxe tanta paz.
                Bom, queridos, o aroma era de bolo de achocolatado com miçangas de açúcar.
                Por que aquele aroma me trouxe tanta paz?
                Sabe aqueles dias perfeitos de nossa infância/adolescência em que o sol brilha na medida certa, a alegria enche a nossa casa e a mãe da gente de repente, não mais do que de repente resolve fazer um lanche diferente?
                Pois é, este foi um destes momentos mágicos, sem brigas entre irmãos, só brincadeiras, céu azul, sem nuvens, mas sem calor intenso. Dia perfeito!
                Nem mesmo a falta do chocolate preferido atrapalhou.
                Não tem chocolate? Façamos o bolo de achocolatado!
                E para compensar, vamos cobri-lo com brigadeiro cremoso e lindas miçangas de açúcar.
                Será que o aroma era mágico por me levar de volta ao passado ou mágico era o momento que eternizou o aroma na memória?????
                Que tal responder à esta questão criando a sua própria mágica????


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


16 de out de 2014

Ferradurinha de aveia e chocolate



Ferradurinha de aveia e chocolate 1

                Sempre achei prazeroso preparar biscoitos em casa.
                Amassar a massa, modelar e principalmente compartilhar o prazer de fazer e comer biscoitos quentinhos, com os filhos, acompanhados de café, mate ou um belo suco.
                E quando são macios e gostosos como os feitos com aveia e banhados em chocolate na medida certa... UHM!!!!!
                O prazer é inenarrável!!!!!


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


8 de out de 2014

Marshmallow de gengibre e maracujá


Marshmallow de gengibre e maracujá 1


                Sempre fiz marshmallow simples, com apenas uma calda de açúcar e claras.
                As variações que eu fazia eram apenas a calda de açúcar, que podia ser caramelada ou não.
                De repente aprendi uma receita de sorvete que tem como base um marshmallow de limão siciliano e gengibre.
                Ao testar a receita, resolvi fazer também de maracujá com gengibre e me surpreendi com o sabor bem menos adocicado do que os marshmallows tradicionais, portanto menos enjoativo, mais saudável e compatível com muitos outros recheios e massas de bolo.
               Eis aqui a receita.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


Gengibre cristalizado



Gengibre cristalizado  1


                Esses dias vi uma receita de sorvete de gengibre com limão siciliano e, ao ler os ingredientes, vi que a receita pedia gengibre cristalizado.
                Comecei a incluir gengibre em receitas salgadas a pouco mais de 1 ano, então não conhecia o gengibre cristalizado.
                A solução foi pesquisar.
                Não é tão difícil assim fazer. Um pouquinho trabalhoso, mas vale a pena.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


1 de out de 2014

Bolo e biscoitinho de fécula de batata da Joaquina


Bolo de fécula de batata da Joaquina 1

                Mais uma receita aprovadíssima por minha mãe e suas colegas de trabalho.
                Sempre que a equipe responsável pela alimentação dos funcionários preparava algo muito bom, elas imediatamente pediam as receitas.
                Afinal, se uma receita conseguia agradar a dezenas de pessoas, com certeza valia a pena aprendê-la.
                E essa é uma delas.
                A minha avó materna costumava fatiar pão de ló e torrar, fazendo uns biscoitinhos muito crocantes e deliciosos.
               Então, se sobrar bolo ou se quiser um biscoitinho prático e rápido de fazer, fica ai a sugestão.
                Ah! E para quem tem intolerância ao glúten, basta retirar a farinha de trigo, substituindo-a por fécula de batata.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


25 de set de 2014

Lavínia - fatias mineiras



Lavínia 1

               Minha mãe recebeu esta receita de uma amiga muito querida.
               Confesso que nunca havia ouvido falar deste doce e fiquei encantada.
               Pesquisando em livros antigos descobri que esta receita também é conhecida como fatias mineiras.
               O doce é um tipo de bombocado feito com queijo parmesão, que dá um sabor e textura muito especiais.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


17 de set de 2014

3 variantes do bolo de amendoim com ganache

Bolo de amendoim com marshmallow

               Bolo de amendoim é unanimidade aqui em casa.
               Recentemente minha filha me pediu para fazer um para ela.
               Em casa, o mais preparado é o bolo de amendoim com marshmallow, mas quando morávamos no Rio de Janeiro, costumávamos comprar um bolo de amendoim com ganache de chocolate.
               Então resolvi preparar 3 variações do bolo de amendoim:
               - com massa branca de amendoim, recheio cremoso de amendoim e cobertura de ganache de chocolate;
               - com massa de amendoim e chocolate, recheio cremoso de amendoim e cobertura de ganache de chocolate branco e ao leite misturados;
               - com massa de amendoim e chocolate, recheio de ganache de cacau em pó e cobertura de ganache ao leite.
               Sempre tenho massa de bolo congelada e dependendo do recheio, também é possível congelar o bolo recheado e decorado.
               Escolha a sua combinação preferida e monte seu bolo.
               Qualquer das opções é imperdível!


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


10 de set de 2014

Cozinhando leite condensado em caixinha


Cozinhando leite condensado em caixinha 1

               Sempre que eu via a propaganda de uma determinada marca de leite condensado mostrando o doce de leite desenformado, eu achava bastante interessante poder servir o doce fatiado.
               É inegável a qualidade de um doce de leite feito com leite condensado cozido, de uma boa marca.
               Mas sempre achei inviável desenformar o doce da latinha. O risco de acidentes com a borda da lata não compensava o trabalho.
               Ai conheci esta forma de cozinhar o leite condensado de caixinha e pensei: "Por que não pensei nisso antes? É tão simples!"
               Hoje em dia já existem até sacos plásticos próprios para cozinhar alimentos em alta temperatura.
               Por que não usar o bem papel alumínio para o mesmo fim?


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


3 de set de 2014

Buttermilk e manteiga caseira


Buttermilk e manteiga caseira 1


                Quem já fez cupcake ou pesquisou receitas em sites americanos já se deparou com um ingrediente um tanto diferente e desconhecido por aqui: o buttermilk.
                 Eu já conhecia o dito cujo, mas não com este nome e não dava o menor valor à ele.
                 Explico: quando me ensinaram a fazer manteiga, há tantos anos atrás, me ensinaram que o soro formado durante o processo deveria ser desprezado e a manteiga lavada para não sobrar vestígio.
                 E o soro é o buttermilk, tão conhecido de quem mora ou morou nos EUA.
                 Quanto desperdício!!!!!!!!!!!
                 Recentemente descobri não só que ele é um ingrediente precioso, como também que eu já uso, há anos, dois excelentes substitutos para o buttermilk.
                 Quem já viu as minhas receitas de bolo de limão e de bolo de chocolate sabe que eu sempre talho o leite com limão.
                 E quem já viu algumas das minhas receitas de pães sabe que uso muito o soro da coalhada seca para enriquecer as massas.
                 Então resolvi fazer manteiga em casa e apresentar oficialmente o buttermilk à quem ainda não teve este prazer.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


Cursor coração brasileiro



                Recentemente me pediram informações sobre o cursor que uso no blog.
                Como eu simplesmente adicionei uma imagem gif à um código próprio para blogs, fui atrás de um programinha que transformasse uma imagem gif em arquivo .ani (cursor animado, este em que o coração fica pulsando) e .cur (o coração fica fixo).
                Gostei tanto do resultado que resolvi disponibilizar aqui para quem quiser baixar.
                Basta clicar no botão abaixo do cursor desejado.
                Vou colocar os links em um gadget também.



Coração brasileiro 2

Coração brasileiro 1



Coração brasileiro

Coração brasileiro


Para ver outras dicas, curiosidades e técnicas acesse o Índice 1.






Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


27 de ago de 2014

Sobremesa de morangos com creme de limão siciliano


Sobremesa de morangos com creme de limão siciliano 1

                 Esta é uma variação da sobremesa conhecida pelo nome de "Sobremesa paulistinha".
                 Pelo menos foi assim que nos apresentaram a receita quando minha mãe mudou-se para São Paulo.
                 3 discos de suspiro, creme de leite e morangos.
                 Tão simples, quanto deliciosa.
                 Dia desses, assistindo ao programa "Cozinha caseira de Annabel", no GNT, vi uma receita que me pareceu maravilhosa: um creme de limão siciliano, que a autora sugeriu ter sempre em casa para incrementar os mais variados recheios.
                 Fiz o creme de limão siciliano.
                 Foi a primeira vez que comprei e provei o limão siciliano e fiquei encantada com a ausência do amargor que as frutas cítricas geralmente apresentam.
                 Como eu tinha morangos na geladeira e alguns potinhos de clara congeladas, resolvi incrementar a sobremesa paulistinha com o creme de limão.
                 Simplesmente imperdível!


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


21 de ago de 2014

Carne louca


Carne louca 1

               Um lanche bem tradicional, que também pode ser servido como prato principal, acompanhado de arroz branco e purê de batatas.
               A carne louca pode ser servida em fatias inteiras ou carne desfiada.
               Quando for servi-la como prato principal, corte em fatias e coloque para marinar no vinagrete.
               Quando for servi-la no pão, desfie a carne antes e acrescente o vinagrete ou os temperos e refogue. É mais prático consumir desfiada, se for no pão.
               Mas é claro que isso é apenas uma sugestão.
               A louca é sua e como servi-la também é sua escolha.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


14 de ago de 2014

Toucinho do céu


Toucinho do ceu 1

               Há tempos eu queria fazer este doce, mas a quantidade de gemas e de açúcar sempre me bloqueou.
               Só de ver a espessura da camada de açúcar que cobre este doce, em fotos achadas na internet, eu já desistia de prepará-lo.
               Mas resolvi atualizar as fotos da minha postagem Doces de abóbora e, embora as nossas abóboras mais comuns não tenham nada a ver com a abóbora gila, resolvi aproveitar meu doce de abóbora pastoso para fazer esta receita.
               Fiz apenas 1/4 da receita para não estourar os níveis de glicemia.
               E haja chá de folhas de amora, de pitangas e de melão de São Caetano para rebater tanto açúcar.
               A propósito, vi muitas receitas de toucinho do céu com coco ralado no lugar da abóbora.
               E a ideia de assar em forminhas individuais, nesse caso de pão de mel, eu vi no blog Cozinha da Pri, mas a receita dela é diferente dessa.
               Deve ficar muito bom também.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


7 de ago de 2014

Pães de iogurte recheados


Folhadão de iogurte 1 

               Esta é mais uma das maravilhosas receitas de pães que aprendi com a culinarista Laka Brandão.
               Sempre faz muito sucesso
               Massa leve e deliciosa, ressalta qualquer recheio, seja ele doce ou salgado.
               E até mesmo sem recheio o pão fica maravilhoso, o iogurte dá um sabor todo especial à massa.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


1 de ago de 2014

Creme e sorvete de abacate

Creme de abacate


                Creme de abacate é uma receita tão simples, quanto saborosa.
                Abacate eu gosto de todo o jeito: sorvete, vitamina, amassadinho com açúcar, este creme com limão, guacamole e até mesmo de comê-lo na própria casca, polvilhado com açúcar.
                Aliás, abacate na própria casca com açúcar rendia algumas disputas em casa, quando eu era criança.
                Sendo 5 irmãos, era preciso de pelo menos 3 abacates pequenos para que todos tivessem a sua casquinha.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


31 de jul de 2014

Sopa de ervilha com calabresa e croutons


Sopa de ervilha 1
             
                     Friozinho batendo à porta, tempo de caldinhos e de sopinhas.
                     E de muiiiiiiiita preguiça.
                     Nada melhor do que uma sopinha de ervilhas bem básica.
                     É claro que uma sopa bem caprichada, com vários tipos de carne também é muito bom, mas quando o frio é intenso e a vontade de ficar embaixo das cobertas idem, e as sopas industrializadas não são muito atrativas, nada como uma sopa de ervilhas básica, com linguiça calabresa e servida com croutons.
                      Esquenta corpo, alma e coração!


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


E a vida se renova


Muda de amora 1

                A cerca de 12 anos, resolvi plantar algumas árvores frutíferas no quintal da casa de minha mãe.
                Foi algo sem planejamento e como não tinha computador na época, nem pesquisa eu fiz. Simplesmente ia fazendo mudas com as sementes de todas as frutas que comprávamos nos mercados.
                Cheguei a ter 120 mudas de árvores diferentes, sempre plantadas em sacos plásticos. Eu apenas trocava para sacos plásticos maiores sempre que a muda crescia demais.
                Afinal, o espaço que eu tinha para plantar era de mais ou menos 7 x 8 metros. Mesmo assim, neste espaço eu tenho uma goiabeira, uma aceroleira, uma amoreira, um coqueiro anão, um limoeiro cravo e uma laranjeira.
                A amoreira da foto acima minha filha ganhou de um conhecido e no inicio do ano meu irmão e minha mãe, pesquisando preços de mudas, viram uma muda de amora a R$ 1 000, 00 em uma flora aqui perto.
                Um abuso total, já que para se fazer mudas de amoreira basta cortar alguns galhos de cerca de 40 cm e plantar em qualquer balde. Eu mesma já fiz mais de 10 mudas e já presenteei 2 ou 3 pessoas com estas mudas.
Muda de amora 2

                Aliás, olhem que maravilha de muda de amora. O cachorrinho aqui de casa, Bacureba, em protesto por ficar preso na coleira no dia de faxina, roeu a muda até deixá-la com quase 15 cm. Mas vejam como a mudinha retribuiu: várias folhinhas e até alguns frutos.
               É impressionante a força da natureza!!!
               E me disseram, logo que viemos para esta casa, que não conseguiríamos plantar nada, já que o terreno era gramado.
               Imagine se fosse "fértil"!!!!!!!!!
               A propósito, as 120 mudas que plantei também tive que presentear.
               Afinal, com tão pouco terreno livre, não há espaço para mais nada aqui em casa.
               Só plantando em vasos.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


24 de jul de 2014

Bolos floresta branca e floresta negra


Bolo floresta branca 1

                Bolo floresta negra é um bolo com massa de pão de ló, regado com sherry brandy (licor de cerejas) recheado e coberto com chantilly e cerejas em calda.
                Mas aqui em casa preferimos massa de bolo comum, por isso e como é aniversário de minha mãe, d Edna, resolvi fazer um floresta branca com massa de bolo comum.
                A decoração é inspirada em um bolo que a Isamara Amâncio criou há tempos para uma aula na tv. Digo inspirada porque ela completou a decoração com chantilly e fez um bolo maior, o que dá um resultado visual diferente.
               Além de colocar a receita e o passo a passo deste bolo, aproveito para passar as receitas das massas de pão de ló do floresta branca e do floresta negra.
               Vai uma fatia ai????


Bolo floresta branca 2



Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


17 de jul de 2014

Pizza estrela


Pizza estrela 1

                "E a primeira estrela que amava o viajante jogou sua imagem na água sem pensar.
                E o que conta a lenda é que justo nesse instante nasceu a primeira estrela do mar."
                                                                        Oswaldo Montenegro,
                                                                        "A primeira estrela".

                Pois é, gentem!!!!
                Tal qual a estrela da canção do Oswaldo Montenegro, a minha estrela também despencou...
                Dia desses, procurando uma receita de pizza que leve farinha de milho na massa, achei uns vídeos interessantes sobre bordas artísticas e logo me vi tentada a fazer uma.
                Como as únicas pizzas que já fiz são aquelas de massa muito grossa, que mais parecem um bolo salgado, resolvi fazer a mais simples: a estrela e confesso que quase desisto.
                É preciso treino para modelar a borda. E muitos discos de pizza.
                Aff! Só reunindo a família para não brigar com a balança!!!!!!
                Mas a massa ficou maravilhosa.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


10 de jul de 2014

Rabada com agrião e polenta


Rabada com agrião e polenta 1

               Esse foi um dos pratos que aprendi com minha sogra, d Iracema.
               Não o faço regularmente, principalmente por causa da quantidade de gordura.
               Mas resolvi testar a dica que usei na feijoada: uma laranja para desengordurar a receita.
               Muitos dizem que é mito, mas posso afirmar que a sobra que foi para a geladeira não tinha aquela camada tão desagradável de gordura.
               E o sabor ficou bem delicado, em parte pela laranja, em parte pela raiz de gengibre que acrescentei.



Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


3 de jul de 2014

Fricassé de frango


Fricassé de frango 1

                Fricassé é um prato preparado com carnes (carne seca, peito de frango, peixes...) cozidas e desfiadas, envolvidas em um molho espesso, cremoso e que pode receber outros complementos e ir ou não ao forno para gratinar.
                Este aqui, de frango, não levou nenhum outro espessante a não ser o milho, o creme de leite e o requeijão, mas as receitas mais tradicionais são espessadas com ovos e limão e até maisena.
                Experimente todos os modos e crie o seu próprio fricassé.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


26 de jun de 2014

Torrone


Torrone 1

               Existem receitas que eu desejo fazer pelo menos uma vez na vida, seja porque são complicadas demais e as industrializadas são muito boas, seja porque são curiosas e exóticas para mim e, portanto, tentadoras e desafiadoras.
               O torrone é uma dessas receitas.
               Amo qualquer doce com amendoim e já que estamos em junho... festas escolares... friozinho... por que não?
               Como eu faço muito marshmallow, achei a receita muito fácil de fazer.
               Mas além do prazer de, finalmente, fazer a receita, o fato de levar tanto açúcar com certeza vai me impedir de fazê-la com regularidade.
               De qualquer forma, esta também é uma receita para se fazer junto com a criançada.
               Eles vão amar!!!!!


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


19 de jun de 2014

Canjica com amendoim



Canjica com amendoim 1

                 Quando eu era criança eu não gostava de canjica, não.
                 Naquela época, leite só tinha sabor, para mim pelo menos, bem gelado e sem açúcar.
                 O sabor do leite adoçado, frio ou quente e puro, que é o sabor que sobressai na canjica, nunca me atraiu.
                 Com achocolatado ou café bem forte fica perfeito.
                 Hoje eu já consigo sentir o sabor do leite adoçado, mas tem que ter algo que quebre o doce, como amendoim moído ou cravo ou chocolate amargo.
                 Então não preciso nem dizer que, quando faço canjica (geralmente uma vez por ano) carrego no amendoim.
                 De qualquer forma ai estão duas receitas: uma bem temperada e outra mais simples.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


12 de jun de 2014

Pé de moleque e amendoim açucarado



Pé de moleque 1

                Pé de moleque sempre foi meu doce de cantina preferido.
                E dos dois mais comuns em cantinas de escola o que eu mais pedia era o redondo (nem tão redondo assim) que era mais macio e a calda de açúcar era fosca.
                O quadradinho, por ser feito com calda de açúcar e/ou mel ou glucose, era mais durinho e um tantinho mais amargo.

Pé de moleque 2

                Anos mais tarde, conheci a Ana Maria, que viria se casar com meu primo e trouxe com ela receitas deliciosas, uma delas a de um pé de moleque muito macio, quase um nougat e que leva leite condensado na receita.
                Mês de junho, friozinho já apontando, festas juninas... época para se soltar um pouco mais nas calorias, sem exageros.
                Por isso, vamos aos amendoins.
                Aqui estão as 3 receitas de pé de moleque e mais uma de amendoim açucarado.
                Já publiquei aqui, a receita de amendoim açucarado que é vendida em  muitas cidades brasileiras por ambulantes.
                A que vai aqui é mais simples, já que não leva nem chocolate, nem especiarias.
                Na dúvida, faça as duas de amendoim açucarado e as três de pé de moleque!!!!!


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


5 de jun de 2014

Medalhão de mignon ao molho madeira com arroz à piamontese do Auli Neto

Medalhão ao molho madeira 1

               Gosto de ter e divulgar as receitas feitas por minha família.
               Sempre achei uma delícia como meus pais cozinhavam rodeados por seus filhos.
               Naturalmente meus filhos e sobrinhos eventualmente também vão para cozinha.
               Hoje a receita é de meu sobrinho Auli Neto, que fez um medalhão acompanhado de arroz à piamontese.
               Mas vamos deixar que ele conte a história.



               "História:
               Sempre fui observador de meus parentes que sempre tiveram talento para a culinária, porém nunca me interessei em praticá-la.
               Durante um namoro passado, percebi que meninas realmente se impressionam com homens que sabem cozinhar e isso se torna uma potente arma de sedução.
               Para impressionar minha amada, decidi fazer um almoço num sábado qualquer e pedi ajuda de um colega formado em culinária para preparar algo diferenciado que não fosse tão difícil.
               Modestia à parte, deu muito certo, todos gostaram e eu tomei gosto por essa arte.
               Seguem as receitas:"


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


29 de mai de 2014

Pão italiano



Pão italiano 1

               Gosto muito de pães italianos.
               Esta receita é do saudoso Benjamim Abraão, mas ao anotar em meu caderninho, acabei resumindo tanto que já peço perdão à sua família se o passo a passo ficou muito diferente.
               Aliás, aqui tem 2 passo a passo diferentes, já que o primeiro, que foi feito por último, eu modelei os pães assim que sovei a massa e deixei os pães crescerem, na geladeira por 24 h. Foi o que me deu pães mais bonitos, apesar de ainda não tão perfeitos.
              E o segundo passo a passo, deixei a massa crescer 2 vezes antes de modelar e depois deixei os pães crescerem fora da geladeira. Nesse caso, os pães cresceram mais para os lados do que para cima.
              Mas nos dois casos a massa ficou D E L I C I O S A!!!!!!!!!!!!
              E não sobrou nada.
              Vou continuar tentando, misturando os 2 passo a passo e depois posto só as fotos.
              Por hora, vamos experimentar estes?????

              E esses aqui desta foto eu fiz em março de 2013, mas não publiquei porque também não saíram como eu queria.

Pão italiano

              Sabe que até que ficaram bonitinhos?!?!?!?!?!?!?!?!


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


22 de mai de 2014

Patinho recheado com farofa da tia Teka


Patinho recheado com farofa 1

               Esta receita era uma das especialidades da minha tia Teka e foi sua filha Marisa quem me deu.
               Ficou uma delicia!
               O mais trabalhoso foi fazer a manta de carne em casa, mas nada impede que se encomende uma manta ao açougueiro.
               Eu fiz com patinho, farofa de linguiça calabresa e milho e, como guarnição, ervilhas frescas salteadas no azeite.
               Imperdível!!!


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


15 de mai de 2014

Pizza enrolada



Pizza enrolada 1

                 Geralmente faço pizzas de massa grossa, talvez herança do tempo de colégio, já que as pizzas servidas na cantina eram aquelas que mais parecem bolos.
                 Pizzas de massa mais fina quase nunca fiz, talvez por saber que nossos fornos caseiros não são os mais indicados para assá-las.
                 Mas esses dias, procurando uma receita de massa que leve fubá ou farinha de milho granulada, achei uns vídeos com modelos de pizzas com bordas muito criativas e me deu vontade de fazê-las.
                 Realmente a prática é tudo, né?
                 Os pizzaiolos abrem a redonda com uma facilidade!!!!!!!
                 Então, depois de muita luta, a minha primeira tentativa resultou em uma simples pizza enrolada...
                 Tá, com o restante da massa eu fiz uma pizza estrela (que não ficou tão mal assim) e. quando eu me recuperar destas pizzas, tentarei fazer outras bordas.
                 Por hora deliciem-se com esta pizza enrolada.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


10 de mai de 2014

Tulipa de tomate



Flor de tomate 1

                Que tal decorar a salada de domingo com uma tulipa de tomate?
                Tão simples, quanto linda e fácil de fazer.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros