20/06/2018

Sagu com vinho


Arraste a setinha abaixo e use-a como marcador durante a leitura da receita ou das listas de índice.     

Sagu com vinho 1

               Já a alguns tenho feito muitas receitas que na minha infância eu não gostava.
               Descobri que meu paladar realmente mudou e descobri o sabor onde antes eu não o achava.
               Com o sagu foi mais ou menos assim.


13/06/2018

Bolo de milho


Arraste a setinha abaixo e use-a como marcador durante a leitura da receita ou das listas de índice.     


Bolo de milho 1

                Esse bolo é especial.
                Os grãos de milho batidos conferem uma umidade muito especial à massa.
                Servido quente ou frio, sem dúvida vai fazer a alegria dos que gostam de receitas com milho verde.


06/06/2018

Folhado Romeu e Julieta


Arraste a setinha abaixo e use-a como marcador durante a leitura da receita ou das listas de índice.     


Folhado Romeu e Julieta 1

               Que tal uma sobremesa simples e que certamente agrada e muito?
               Nada simboliza melhor o amor romântico do que o casal Romeu e Julieta.
               Nada agrada mais do que a simples união da goiaba com requeijão ou outro queijo branco, o nosso tradicional Romeu e Julieta.
               E que tal envolvê-los em uma deliciosa massa folhada?


30/05/2018

Bolo simples de baunilha


Arraste a setinha abaixo e use-a como marcador durante a leitura da receita ou das listas de índice.     


Bolo simples 1

             Mais uma receitinha simples para a coleção de bolos para acompanhar o chá, o café ou o suco nas tardes especialmente dos fins de semana.
             Quebrando a rotina, sem a sobrecarga de recheios e coberturas, que têm a sua hora, sim, com menos frequência.


23/05/2018

Refrigerante caseiro de laranja


Arraste a setinha abaixo e use-a como marcador durante a leitura da receita ou das listas de índice.     


Refrigerante caseiro de laranja 1

                Toda mãe que ama muito seus filhos eventualmente pode viver um dilema entre oferecer produtos saudáveis, mas nem sempre agradáveis ao paladar infantil, e as guloseimas oferecidas pela indústria.
                Quando meus filhos eram pequenos fiz um acordo com eles: eu deixaria que eles escolhessem todo o cardápio dos fins de semana, se eles comessem tudo o que eu oferecesse durante a semana. Não precisariam comer demais, mas deveriam comer de tudo o que eu pusesse na mesa.
                Funcionou muito bem.


17/05/2018

Cookies tradicionais


Arraste a setinha abaixo e use-a como marcador durante a leitura da receita ou das listas de índice.     


Cookies 1

               Imperdível esta receita.
               Rende muito e dura muito tempo, se as formiguinhas de plantão deixarem.


16/05/2018

Bolinho de apresuntado


Arraste a setinha abaixo e use-a como marcador durante a leitura da receita ou das listas de índice.     


Bolinho de apresuntado 1

               Vejam só como são as coisas.
               Há mais de 40 anos minha mãe ouviu uma vizinha contar que havia feito bolinhos de apresuntado enlatado.
               Não se sabe o porquê, minha mãe não pediu a receita, mas aquele fato tão simples não saiu da memória dela.


08/05/2018

Biscoito amaretto


Arraste a setinha abaixo e use-a como marcador durante a leitura da receita ou das listas de índice.     


Receitas de todos nós

                Biscoito amaretto é um biscoito tradicional italiano, feito com farinha de amêndoas e claras de ovos e como acontece com qualquer receita, há várias versões, com a adição de aromatizantes.
                A principal característica do biscoito amaretto é ser crocante por fora e macio e úmido por dentro.


02/05/2018

Licor tipo amaretto e licor de damasco


Arraste a setinha abaixo e use-a como marcador durante a leitura da receita ou das listas de índice.     


Licor amaretto 1

                Em 1525, a igreja Saronno contratou o artista Bernardino Luini para pintar o seu santuário com afrescos.
               Como a igreja foi dedicada à Virgem Maria, o pintor encontrou a sua inspiração em uma jovem viúva na cidade, que usou como modelo.


30/04/2018

Frango com creme ao forno


Arraste a setinha abaixo e use-a como marcador durante a leitura da receita ou das listas de índice.     


Frango com creme ao forno 1

                Esta receita minha cunhada Fernanda preparou para minha mãe em uma das suas visitas.
                Minha mãe gostou tanto que ao chegar em casa já me deu todas as indicações para preparar o prato.


18/04/2018

Bolo de chocolate sem glúten


Arraste a setinha abaixo e use-a como marcador durante a leitura da receita ou das listas de índice.     

Bolo de chocolate sem glúten 1


               Essa receita eu vi no Facebook e amei de imediato.
               Sou de uma família assumidamente chocólatra e este bolo é "tudibom"!!!!!!!


11/04/2018

Bolo de laranja com licor


Arraste a setinha abaixo e use-a como marcador durante a leitura da receita ou das listas de índice.     


Bolo de laranja com licor 1

                Bolos de laranja são clássicos que agradam sempre.
                Desde os mais simples, apenas com a raspa da casca de laranja, até os mais elaborados, com baba de moça e cobertura cremosa, são fofinhos e perfumados.


03/04/2018

Goiabada em barra e goiabada cascão


Arraste a setinha abaixo e use-a como marcador durante a leitura da receita ou das listas de índice.     


Goiabada em barra e goiabada cascão 1

                Ainda aproveitando a safra de goiabas, incluindo ai a minha goiabeira que deu muitos frutos este ano, preparei mais 2 doces, o mais simples e a goiabada cascão.
                Doces de todos os tipos fizeram parte da minha infância.


29/03/2018

Farinha de camarão para tempero e para empanar


Arraste a setinha abaixo e use-a como marcador durante a leitura da receita ou das listas de índice.     


Farinha de camarão 1

                Gosto de ter temperinhos caseiros e sempre usei as cascas e cabeças de camarão para enriquecer minhas preparações.
                Mas eu simplesmente limpava as cascas e cabeças e utilizava o caldo para preparar cozidos e cozinhar arroz.
                Vendo alguns programas de culinária descobri a farinha de casca de camarão.


23/03/2018

O feijão e arroz nosso de cada dia


Arraste a setinha abaixo e use-a como marcador durante a leitura da receita ou das listas de índice.     


O feijão e arroz nosso de cada dia 1
           
               Gosto muito de assistir a programas culinários mesmo que eu já conheça a receita anunciada e até mesmo quando é uma receita que faço com frequência.
                Sempre há um segredinho, um pulo do gato a ser aprendido, um detalhezinho que vai fazer toda a diferença na receita.
                Com o feijão com arroz de todo dia não é diferente.
                Mesmo preparando um feijãozinho preto que sempre agradou a todos que o provaram, ao longo dos anos aprendi uns truques que o deixaram muito mais saboroso e atraindo a atenção de quem passava na minha porta.
                É o caso das folhinhas de manjericão que minha cunhada Martinha me ensinou e do suco de maçã que minha mãe aprendeu e repassou para mim.
                A inspiração para o suco de laranja veio de minha prima Aline, que costumava espremer uma laranja no seu prato. Suco de laranja, além de ser adstringente, ajuda na absorção do ferro contido no feijão.
                Então aqui vão algumas dicas para melhorar o feijão com arroz de todo dia.
                É claro que quem é vegetariano/vegano vai ignorar as carnes, mas pode aproveitar muito bem as outras dicas.


17/03/2018

Drumet de frango ao molho barbecue


Arraste a setinha abaixo e use-a como marcador durante a leitura da receita ou das listas de índice.     


Receitas de todos nós

                Já publiquei uma receita de drumet de frango aqui, recheada e frita.
                Uma delícia, mas trabalhosa, já que é preciso soltar a carne de grande parte do osso.
                Esta receita aqui é muito mais simples e tão deliciosa, quanto.
                Temperada apenas com molho barbecue e molho de soja, é ideal para os dias em que queremos qualidade e praticidade.
                O molho barbecue pode ser o pronto ou feito em casa. Já publiquei receitas aqui e aqui.
                Não abra mão do sabor. Ele é mais simples do que se imagina.


15/03/2018

Picadinho de carne com caroço de jaca cozido


Arraste a setinha abaixo e use-a como marcador durante a leitura da receita ou das listas de índice.     


Picadinho de carne com caroço de jaca 2

               Esta é uma receita que surgiu da oportunidade, ou seja, já que eu tinha caroços de jaca cozidos na geladeira, por que não acrescentá-los no picadinho de carne?
               Na adolescência eu gostava mais de consumir os caroços apenas cozidos em água e sal, embora minha vó Anaíde fizesse compota de caroços de jaca.
               Hoje já os coloco em várias receitas.
               Da teoria à prática, eis o resultado.


09/03/2018

Doce de jaca cristalizada


Arraste a setinha abaixo e use-a como marcador durante a leitura da receita ou das listas de índice.     


Doce de jaca cristalizada 1

               Gosto de doces cristalizados, especialmente daqueles que têm uma casquinha durinha, com açúcar cristal, e por dentro são cremosos e macios.
               Não costumo ter jaca em casa, não.
               Apesar de gostar e muito, muitos na família não gostam e o cheiro pode ser inconveniente, às vezes. Além disso, nem sempre é fácil encontrá-la em mercados ou hortifrutis pelos mesmos motivos.
                Amo cozinhar os caroços tanto em pratos salgados, quanto em doces e até consumi-los como castanhas portuguesas, apenas cozidos em água e sal.
               Além do sabor, da textura da jaca mole (a jaca dura já não me apetece tanto), da versatilidade também há o lado emocional, lembranças da casa de minha vó, onde sempre tinha jaca, e das viagens onde avistávamos esta árvore tão frondosa.
               Ô, saudades...
               E ainda planejo me aventurar no preparo de outros pratos com a jaca verde, além da receita de coxinha que já publiquei aqui.


02/03/2018

Torta de arroz e frango


Arraste a setinha abaixo e use-a como marcador durante a leitura da receita ou das listas de índice.     


Torta de arroz e frango 1

                Já publiquei uma receita bem parecida aqui e agora resolvi modificá-la um pouquinho.
                Esta é uma torta para aproveitar sobras de arroz e de frango, mas nem por isso menos deliciosa e nutritiva.
                Aqui em casa gostamos muito de arroz feito na hora e sempre sobra um pouquinho que vai ficando em potinhos na geladeira.
                De vez em quando faço muffins, canjas ou tortas para reaproveitar este arroz.
                Também aproveito para utilizar a carne de carcaças de frango que costumo congelar.
                Minha mãe morou muitos anos sozinha, em uma cidade diferente de onde moro, e costumava comprar apenas determinados cortes de frango.
                Uma vez fui passar uma temporada com ela e fomos à feira.
                Naturalmente ela comprou seus cortes favoritos: peito de frango com osso e sem osso e sobrecoxa.
                O feirante, muito simpático, nos ofereceu carcaça de frango.
                Nós ficamos meio surpresas, já que outros feirantes vendiam as carcaças e elas não tinham nada a ver com nossa escolha para a compra, mas aceitamos a gentileza dele, que nos explicou que preferia doar as carcaças a vendê-las.
                Na época eu ainda não preparava habitualmente caldos em casa. Minha mãe foi criada a base de cubinhos industrializados de caldo, apesar da minha vó, minhas tias e até minha mãe cozinharem muito bem, e o apelo afetivo, especialmente quando moramos sozinhos, é muito grande.
                Não preciso dizer (mas vou dizer mesmo assim) que fizemos uma bela canja e a partir dai eu passei a comprar o frango inteiro, porcionando-o de acordo com nossa necessidade e guardando a carcaça para fazer caldos, molhos de massas e recheios de tortas, pasteis e omeletes.
                Anos depois, mamãe veio morar comigo, e éramos só nós duas, ela me pedia para preparar o caldo, coar e congelar em porções, que ela descongelava ao longo da semana acrescentando macarrão e este era o seu jantar.
                Então, no final da postagem, vou incluir o meu modo de cortar e guardar o frango, para um aproveitamento completo, inclusive do tempo na cozinha.
                Hoje moro com meus dois filhos, continuo porcionando não só o frango, como também carnes vermelhas e peixes.
                Mesmo comprando carnes já cortadas, porciono e guardo de acordo com o consumo.
                Tudo em prol da praticidade, da economia de tempo e dinheiro e até ajuda no caso de uma reeducação alimentar, já que porcionamos apenas o necessário para cada refeição.


23/02/2018

Goiaba em calda e goiabada cremosa


Arraste a setinha abaixo e use-a como marcador durante a leitura da receita ou das listas de índice.     


Goiaba em calda e goiabada cremosa 1

                É tempo de goiabas e a minha goiabeira está carregadinha.
                Minha avó materna sempre fazia compotas de frutas e doces cremosos ou em barra.
                Certo ano, fomos passar nossas férias de verão em um sítio onde havia inúmeras goiabeiras e, é claro, estavam todas carregadinhas também.
                 Além de nos deliciarmos com as frutas em natura, colhemos muitas sacas que, naturalmente, viraram muitos potes de doces.
                 Levamos as goiabadas para a casa da vovó e logo se formaram alguns grupinhos de irmãos e primos descascando as goiabas e/ou picando.
                 Longe de ser um trabalho enfadonho, aqueles momentos se transformaram em uma doce e grata lembrança.
                 Éramos muito felizes e sabíamos!!!!!!!


14/02/2018

Manjar de coco quase verde


Arraste a setinha abaixo e use-a como marcador durante a leitura da receita ou das listas de índice.     


Manjar de coco quase verde 1

                Como eu já disse ao publicar a receita de sorvete de coco quase verde, estou aproveitando os cocos que o vento me fez o favor de derrubar.
                Aliás, a ideia de fazer o manjar foi a primeira que surgiu, já que a polpa saiu tão cremosa do liquidificador, que parecia um mingau.
                Ficou delicioso, o manjar, e foi aprovadíssimo aqui em casa.


08/02/2018

Filhós da vó Anaide, filhós de Recife


Arraste a setinha abaixo e use-a como marcador durante a leitura da receita ou das listas de índice.     


Filhós de Recife 1

               De vez em quando minha mãe lembrava de alguma receita que sua mãe costumava fazer.
               Nada mais gostoso do uma receitinha temperada com sabor saudade.
               O problema é que minha mãe nunca se preocupou em aprender as receitas da mãe, embora seja uma excelente cozinheira.
               Então precisei pesquisar muito e fazer algumas receitas até chegar em uma bem parecida com a da vovó.
               No nordeste do Brasil e em Portugal, filhós são friturinhas feitas na época do carnaval e servidas com calda de especiarias.
               Embora o carnaval não fizesse parte das nossas tradições, preparar os filhós nesta época fazia parte das tradições da vovó. Pelo menos enquanto seus filhos eram solteiros.
               Minha mãe acabou recebendo a receita de uma colega de trabalho.
               A massa é a massa choux, com a qual se faz bombas e Carolinas e uma série de outras receitas doces e salgadas. A massa é neutra.
               Eu já havia publicado a receita aqui, junto com a receita de filhós de Caicó, mas não tinha fotografado a receita da vovó ainda.
               Por isso resolvi desmembrar aquele post em 2, dando o destaque merecido à receita de minha querida e saudosa avó.
               Mãos ao trabalho!!!!


02/02/2018

Sorvete de coco quase verde


Arraste a setinha abaixo e use-a como marcador durante a leitura da receita ou das listas de índice.     


Sorvete de coco quase verde 1

                Coco quase verde????????
                Sim, quase verde.
                Tenho um coqueiro anão em casa e este já é o quarto ano que colhemos cocos. Por ser anão, acabamos colhendo 3 ou 4 de cada vez, para ter água sempre fresquinha e polpa bem molinha.
                Mas este ano, o coqueiro deu muito mais coco do que nos anos anteriores, então eu estava evitando colher cocos na esperança que amadurecessem e eu pudesse fazer cocadas que há tanto tempo planejo fazer. Quase nunca dou sorte com os cocos maduros que compro por aqui.
                O último coco que comprei estava aparentemente maravilhoso! Polpa branquinha, muita água, mas... ao bater no liquidificador para preparar um pudim o sabor estava que era sabão puro.
                 Desisti de comprar coco maduro por aqui.
                 Mas uma ventania na semana passada, derrubou um belo cacho com cerca de 20 cocos.
                 A solução foi aproveitar a polpa, que nem estava madura, nem estava verde e translúcida como as dos cocos vendidos em quiosques nas praias, para fazer este sorvete e um manjar, que ficaram deliciosos.
                 Minha intenção ao ver a polpa branquinha, era retirar o leite para fazer bolo e  aproveitar o bagaço para as cocadas, mas a polpa ainda estava molinha demais e, ao bater no liquidificador, resultou em um creme bem parecido com um mingau.
                 Então nada de bagaço ou de leite e, em troca, um belo sorvete e um belo manjar, que publicarei na semana do carnaval.


25/01/2018

Sonho de banana versão elaborada


Arraste a setinha abaixo e use-a como marcador durante a leitura da receita ou das listas de índice.     


Sonho de banana versão elaborada 1

                Na verdade o complemento "versão elaborada" tem a ver somente com o fato desta receita ser preparada com fermento para pão, que faz com que a massa precise de 2 períodos de descanso, em contraponto à outra "versão bolinho de chuva", que leva fermento em pó químico e, por isso, não precisa de um tempo de descanso.
               Mas como verão a seguir, o preparo é bem simples, já que a batedeira faz o trabalho mais pesado.


18/01/2018

Fogazza frita


Arraste a setinha abaixo e use-a como marcador durante a leitura da receita ou das listas de índice.     


Fogazza 1

                Fogazza é um pastelão de massa de pizza que pode ser frito ou assado.
                E como a maioria das massas de pão ou pizza, esta massa é neutra e pode ser recheada com recheios doces ou salgados.
                Solte a imaginação e delicie-se.



10/01/2018

Bolo de ameixa e leite condensado


Arraste a setinha abaixo e use-a como marcador durante a leitura da receita ou das listas de índice.     


Bolo de ameixa 1

                Essa massa é deliciosa.
                Geralmente prefiro massas de pão de ló para bolos gelados e embrulhados, muito bem regados com caldas.
                Mas os ovos muito bem batidos, o leite condensado e o purê de ameixas deixam esta massa perfeita.
                E o creme de ameixas usados na cobertura também é perfeito.


03/01/2018

Galette de frios


Arraste a setinha abaixo e use-a como marcador durante a leitura da receita ou das listas de índice.     


Galette de frios 1

                Galette é o termo francês para tortas rústicas achatadas e redondas.
                Por ser rústica naturalmente não há uma preocupação com a estética final, o que não quer dizer dizer que estas tortas não sejam bem atraentes. E são perfeitas para os lanches das férias.
                A borda deste tipo de torta é sobreposta ao recheio deixando o miolo aparente.
                A massa pode ser uma massa simples com farinha, água, azeite e sal ou pode ser massa de pizza.
                A minha foi feita com massa de pizza, que fiz usando a planetária, o que me poupou muito trabalho.


Congelando ovos


Arraste a setinha abaixo e use-a como marcador durante a leitura da receita ou das listas de índice.     


Congelando ovos 1

                A postagem de hoje é uma das mais simples.
                Mas é uma dica preciosa.
                Muitas vezes, ao prepararmos receitas, sobram claras ou gemas e não sabemos o que fazer com elas.
                Ao fazermos marshmallow sempre sobram gemas, que algumas vezes podemos usar na massa ou recheio de bolos. Mas se estamos fazendo marshmallow de corte ou para servir com sorvete, as gemas sobram.
               Ou ao prepararmos quindão ou ovos moles de canequinha ou baba de moça, são as claras que sobram e muita gente joga fora.
               O que é um desperdício e tanto, já que as claras mesmo que tenham sido congeladas, podem resultar em belos suspiros, macarrons, torrones e até omeletes só de claras.
               E as gemas também podem ser congeladas e usadas posteriormente.
               Veja como.